Menu

Coluna / Tempo Esportivo / Atlético perde mais uma no Horto e segue como segundo pior mandante

O futebol é algo bastante simples e até óbvio em alguns momentos. Há determinadas situações, criadas dentro dos clubes de futebol profissional, na maioria das vezes, por quem os dirige, que são inconcebíveis, cujos resultados já são do conhecimento de todos, antes mesmo da bola rolar! Foi assim no Atlético, após a demissão do contestado Roger Machado, em junho.

Quando todos esperavam um fato novo, um treinador de ponta, quem sabe até mesmo oriundo do futebol internacional, eis que o presidente do clube, Daniel Nepomuceno, quis reinventar a roda e contratou Rogério Micale, que andava pela Ásia, exercendo a atividade de palestrante. 

Foto: Pedro Vale / Estadão Foto: Pedro Vale / Estadão

O resultado não poderia ter sido mais desastroso: O time, que já andava mal nas mãos de Roger, chegou ao fundo do poço com Micale. Além das eliminações patéticas na Copa do Brasil e Copa Libertadores da América, a equipe vai entrar no mês de outubro correndo riscos de ser rebaixada para a Série B do futebol brasileiro (está apenas três pontos à frente do primeiro time do Z4).

Quanto ao jogo de domingo, no Estádio Independência, de um lado o Atlético, dono da segunda pior campanha como mandante do Campeonato Brasileiro, do outro o Vitória, segundo melhor visitante. O futebol nem sempre segue uma lógica exata, mas no domingo, seguiu. Pior para o Galo, que tropeçou nos seus próprios erros e viu o Leão vencer por 3 a 1.

Efetivamente, o atleticano pode dizer que não sabe o que é uma grande crise desde a temporada 2011, quando o time passou várias rodadas dentro da zona de rebaixamento e só garantiu a permanência na elite do futebol nacional na 37ª rodada. Desde então, o Galo consegue um título grande ou pelo menos um vice-campeonato numa competição importante.

Foi assim de 2012 até 2016. Nesse período, o torcedor passou por frustrações, como eliminações em Copa Libertadores, vice-campeonatos estaduais, perda de títulos nacionais, seja o Brasileirão ou Copa do Brasil, além da eliminação na semifinal do Mundial de Clubes, para o Raja Casablanca. Mesmo com trocas de treinadores, uma grande crise, o Atlético não sabe o que é desde 2011. Entre 2012 e 2016 o Galo jamais deixou de se classificar para Libertadores, não brigou contra o rebaixamento ou sequer ficou fora de uma decisão do Campeonato Mineiro.

Agora, além de estar praticamente sem chances de sonhar com uma vaga na Copa Libertadores de 2018, o clube ainda precisa conviver com o risco de queda à Serie B, a menos que consiga vencer 5 jogos dos 13 que ainda restam no Campeonato Brasileiro. A missão seria simples, se não fosse o Atlético de hoje, o time que pratica o pior futebol dentre todos os 20 participantes da competição!

Mas, o que já está ruim poderia ter ficado pior: Segundo algumas pessoas ligadas a dirigentes do Atlético, existia a possibilidade do auxiliar, Diogo Giacomini, ser efetivado como técnico até o fim do ano. Se isso acontecesse, seria outro erro garrafal da diretoria, algo que, definitivamente, colocaria o clube no caminho da Segunda Divisão do futebol brasileiro em 2018. Giacomini é fraco ou despreparado? Não se trata disso! É que o momento exige a chegada de alguém que possa mexer com o grupo, uma espécie de choque de gestão. Com Giacomini, sabe-se que isso não iria acontecer!

Oswaldo de Oliveira foi apresentado na terça-feira (26), assinou contrato curto, em função do período eleitoral que o clube irá atravessar no fim do ano e da eminente mudança de presidente, já que o atual mandatário, Daniel Nepomuceno, não é candidato à reeleição.

Se Oswaldo vai resolver o problema do Atlético, não se sabe. Que não vem referendado por bons trabalhos nos últimos anos, é fato! Contudo, por mais desconfiado que esteja, o torcedor espera dias melhores do que os vividos nos últimos dois meses, quando o grupo esteve sob o comando de Rogério Micale!


26ª edição da Copa Eldorado terá equipes de várias cidades da região  
Após uma semana de inscrições abertas para a 26ª edição da Copa Eldorado, praticamente a metade das 24 vagas disponíveis já foram preenchidas. Para esta edição uma grande novidade é o número alto de equipes de cidades adjacentes a Sete Lagoas, o que mostra a transformação do torneio para uma competição, de fato, regionalizada. 


Foto: Reprodução / Facebook / Copa Eldorado Foto: Reprodução / Facebook / Copa Eldorado

Para repetir o sucesso da temporada 2016/2017, os organizadores começaram a trabalhar para a realização do maior campeonato de futebol amador da região com maior antecedência. No dia 13 de setembro foi realizada a primeira reunião com membros da diretoria da Rádio Eldorado, equipe de coordenação (comandada por James Carlos Costa, o Caroba), funcionários da Rádio Eldorado, promotora do evento, funcionários e colaboradores.

Assim como na edição anterior, 24 vagas serão disponibilizadas aos times de Sete Lagoas e região. Algumas cidades, além de Sete Lagoas, já estão confirmadas no campeonato: Prudente de Morais, Paraopeba, Cordisburgo, Jequitibá, Funilândia, Caetanópolis, Curvelo, possivelmente Corinto e outras cidades vizinhas.

Os interessados ainda podem se inscrever. Desde o início da semana passada as fichas estão sendo entregues. O prazo máximo para as inscrições é 22 de novembro, data em que as fichas deverão ser entregues devidamente preenchidas. Na ocasião também acontecerá o arbitral, às 18h30,na unidade sede das Faculdades Promove, localizadaà rua Dr. Pena, 35, Centro, onde também fica situada a Rádio Eldorado. Cada equipe poderá assinar até 28 atletas.

No ato da inscrição, o pagamento deverá ser feito à vista ou no cheque pré-datado. Sensibilizada com a crise econômica nacional, a diretoria decidiu manter o valor de R$450,00. A disputa terá início no dia 9 de dezembro e a grande final acontecerá no dia 3 de fevereiro de 2018, um sábado à tarde. Os jogos acontecerão aos sábados e domingos podendo acontecer também durante a semana, em rodadas a serem definidas pela coordenação.

Aproximadamente 9 campos irão receber os confrontos em diferentes cantos da cidade, envolvendo as comunidades de todas as regiões e valorizando a essência do futebol amador:

CAP (Progresso)
BANGU (Vapabuçu)
CURITIBA (São Francisco)
SERRINHA (Carmo)
IDEAL (São Geraldo)
MONTREAL (Montreal)
BELA VISTA (Santa Luzia)
EUCALIPAL (Olinto Alvim)
ARENA DO JACARÉ (Morro do Claro)

Nos finais de semana de Natal e Ano Novo, não haverá jogos.
Ao todo serão distribuídos R$ 7.000,00 em prêmios, além de troféus e medalhas.

A premiação será a seguinte:
1º lugar: R$ 4.000,00
2º lugar: R$ 2.000,00
3º lugar: R$1.000,00

As equipes confirmadas até o momento são as seguintes: Bom Jesus de Curvelo, América de Prudente de Morais, CAP, Expresso Progresso, Borússia, Ideal, Industrial, Santa Helena, Curitiba e River. Além destas equipes, outras já sinalizaram que deverão pegar a ficha de inscrição ainda nesta semana: Guarani de Corinto, Pedro Leopoldo, Jeito Moleque de Prudente de Morais, River de Caetanópolis, Hermanos de Paraopeba, Cordisburgo e Funilândia.

Invicta, equipe de Sete Lagoas está classificada para a próxima fase da Seletiva do Campeonato Mineiro de Fut 7
A Prefeitura Municipal de Sete Lagoas, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL), faz uma campanha impecável na Seletiva do Campeonato Mineiro de Fut 7.

No último sábado a SMEL / Prefeitura de Sete Lagoas / Arena TH 44 enfrentou o Privilégio de BH e empatou em 2 x 2. Com este resultado o time de Sete Lagoas está matematicamente classificado para a próxima fase do certame.

A equipe de Sete Lagoas faz grande campanha na Seletiva do Campeonato Mineiro de Fut 7 / Foto: Divulgação A equipe de Sete Lagoas faz grande campanha na Seletiva do Campeonato Mineiro de Fut 7 / Foto: Divulgação

A equipe que entrou em quadra e que conseguiu o empate foi a seguinte: Jonathan (goleiro), Hugo (ala direita), Pelé (fixo), Amarelo (ala esquerdo), Lú (meia), Thales (meia) e Cascata (pivô). Também entraram durante o jogo: Pitoco (goleiro), Vinição (fixo), PC (meia e ala) e Flavinho (ala). Desta feita o time foi comandado por Vamberto Teixeira e Genésio Ribeiro. O treinador João Paulo, em viagem para Aparecida do Norte, não compareceu. 

Na primeira fase, as equipes foram divididas em grupos. Ao todo foram 08 chaves de 05 equipes, classificando-se as 04 primeiras colocadas de cada grupo. Na segunda etapa, já em sistema eliminatório, estarão envolvidos os 32 melhores times do certame.

Das 40 agremiações que iniciaram a disputa, somente as 16 primeiras terão vaga garantida no Campeonato Mineiro de Fut 7, que tem previsão de início para o mês de janeiro de 2018. O torneio é organizado pela Federação Mineira de Fut 7 e tem a chancela da Confederação Brasileira de Fut 7. A realização é da Asseshop Assessoria e Marketing Esportivo.

O fut 7, ou futebol society, foi criado no Brasil e é jogado entre dois times de 7 jogadores cada um. Normalmente é disputado numa quadra retangular com grama sintética. A principal competição internacional de futebol 7 é o Mundialito de Seleções, realizado anualmente.
Os próximos jogos, datas e horários da Seletiva Mineira serão definidosdurante esta semana, de acordo com as informações dos coordenadores do evento.

Copa do Futuro já tem finalistas definidos 
Uma rodada emocionante no último sábado definiu os classificados para a decisão da Copa do Futuro, edição 2017, em suas três categorias.

O torneio é tradicional e envolve mais de 1.000 crianças e adolescentes, mas em 2016 não foi realizado, embora faça parte do calendário de eventos esportivos oficiais de Sete Lagoas.A última edição, realizada em 2015, teve como campeões o Democrata (categoria 2003-2004) e América (categorias 2001-2002 e 2005-2006).

A competição é uma realização da Prefeitura de Sete Lagoas, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, com a coordenação da Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana. As centenas de crianças e adolescentes envolvidas na disputa foram divididas em três categorias, de acordo com a data de nascimento: 2003-2004; 2005-2006; 2007-2008.

Nesta edição, o grande destaque é o América do Bairro das Graças, que obteve classificação para as três finais. Outra grata surpresa foi o Bola Verde de Caetanópolis, que conseguiu chegar em duas finais. Os resultados das semifinais foram os seguintes:

Categoria 2007/2008:
Bola Verde 1 x 1 Funilândia (nos pênaltis, vitória do Bola Verde por 4 x 3)
América 2 x 0 Instituto Trilhar

Categoria 2005/2006:
Bola Verde 1 x 0 Instituto Trilhar
América 4 x 0 Vasco

Categoria 2003/2004:
Montreal / Curitiba 0 x 0 Instituto Trilhar (nos pênaltis, vitória do Instituto Trilhar por 4 x 3)
América 1 x 1 Democrata (nos pênaltis, vitória do América por 8 x 7)

A Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana, em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, irá definir, ao longo da semana, as datas, locais e horários dos confrontos da decisão da Copa do Futuro.Os jogos já estão definidos:
Categoria 2007/2008: América x Bola Verde
Categoria 2005/2006: América x Bola Verde
Categoria 2003/2004: Américax Instituto Trilhar

Jogos escolares de Sete Lagoas são encerrados com chave de ouro
A Prefeitura Municipal de Sete Lagoas, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, promoveu uma das edições de maior sucesso na história do JESEL! Os Jogos Escolares de Sete Lagoas foram abertos no dia 19 de agosto, no ginásio poliesportivo da UNIFEMM.

O Jesel 2017 contou com a presença de alunos de 26 escolas públicas e particulares / Foto: Divulgação O Jesel 2017 contou com a presença de alunos de 26 escolas públicas e particulares / Foto: Divulgação

Na ocasião, foram apresentadas várias novidades ao público: Além da cerimônia de abertura, em que a pira olímpica foi acesa, hasteamento da bandeira e execução do Hino Nacional, houve também a apresentação da banda de música Vitalina Correa, dança (fit dance) e desfile de todas as escolas participantes, devidamente uniformizadas e com placa de identificação.

Centenas de alunos de escolas públicas municipais e estaduais e de instituições particulares participaram da competição que neste ano envolveu um número recorde de modalidades: Atletismo, basquete, futsal, handebol, peteca, tênis de mesa, vôlei de praia, voleibol e xadrez estiveram presentes ao longo destas quase cinco semanas.

O Prefeito Leone Maciel, em diversas oportunidades comentou sobre a importância do evento: “Eu disse que o JESEL deveria ser um grande presente para todos os nossos alunos, algo que atraísse o interesse das pessoas. Disse que o Prefeito precisa apoiar eventos como esse. São ações desse nível que ajudam na formação do cidadão. Estamos diante de uma das melhores edições de todos os tempos! ” De fato, a edição 2017 teve recorde de escolas participantes, das mais variadas regiões de Sete Lagoas. 

As escolas que participaram da edição deste ano foram as seguintes:
E.M. Alípio Maciel de Oliveira
E.M. Dalva Ferreira Diniz
E.M. Doutor Marcio Paulino
E.M. Francisca Ferreira de Avelar
E.M. Hilário Pereira Fonseca
E.M. Monsenhor Messias
E.M. Édson Abreu
E.M. Marilza Fleury C. Figueiredo
E.M. Professor Vasco Damião
E.E. Mauro Faccio Gonçalves
E.E. ÁpioSolon Cardoso
E.E. Bernardo Valadares Vasconcelos
E.E. Doutor Arthur Bernardes
E.E. Doutor Olinto Satyro Alvim
E.E. Edith Furst
E.E. Júlio César Reis Oliveira
E.E. Modestino Andrade Sobrinho
E.E. João Fernandino Júnior
E.E. Professor Rousset
E.E. Professora Elza Moreira
E.E. Deputado Renato Azeredo
E.E. Ruth Brandão de Azevedo
E.E. Prefeito Zico Paiva
Colégio Franciscano Regina Pacis
Colégio Impulso
Colégio Alice Maciel

Veja os resultados finais de cada modalidade esportiva do Jesel 2017:
- Basquete Masculino Módulo I: E. E. Professor Rousset (1º lugar).
- Basquete Masculino Módulo II: E.E. Professor Rousset (1º lugar), E. E. Bernardo Valadares Vasconcelos (2º lugar).
- Basquete Feminino Módulo I: E. E. Professor Rousset(1º lugar).
- Basquete Feminino Modulo II:E. E. Professor Rousset (1º lugar).
- Vôlei Feminino Módulo I: E. E. Professor Rousset (1º lugar).
- Vôlei Masculino Módulo I:E. E. Professor Rousset (1º lugar).
- Vôlei Feminino Módulo II: E. E. Edite Furst (1º lugar), E. E. Bernardo Valadares Vasconcelos (2º lugar).
- Vôlei Masculino Módulo II: E. E. Edite Furst (1º lugar), Bernardo Valadares, E. E. Professor Rousset (2º lugar).
- Fustsal Feminino Módulo I: E. E. Professor Rousset (1º lugar), E. M. Dr. Márcio Paulino (2º lugar), E. E. Júlio César (3º lugar).
- Futsal Feminino Módulo II: E. E. Professor Rousset (1º lugar), Colégio Regina Pacis (2º lugar), E. E. Mauro Faccio Zacarias (3º lugar).
- Futsal Masculino Módulo I: Colégio Regina Pacis(1º lugar), E. E. Professor João Fernandino Junior (2º lugar), E. E. Doutor Arthur Bernardes(3º lugar).
- Futsal Masculino Módulo II: E. E. ProfessorRousset(1º lugar), E. E. Edite Furst (2º lugar), E. E. Professor João Fernandino Junior (3º lugar).
- Handebol Feminino Módulo I: Colégio Regina Pacis (1º lugar), E. E. Professor Rousset (2º lugar).
- Handebol Masculino Módulo I: E. E. Edite Furst (1º lugar), E. E. Professor Rousset (2º lugar) e E. M. Hilário Pereira Fonseca (3º lugar).
- Handebol Feminino Módulo II:Colégio Regina Pacis (1º lugar), E. E. Bernardo Vasconcelos Valadares (2º lugar), E. E. Professor Rousset (3º lugar).
- Handebol Masculino Módulo II: E. E. Edite Furst (1º lugar), E. E. Bernardo Vasconcelos Valadares (2º lugar), E. E. Professor Rousset (3º lugar).
- Vôlei de praia Masculino Módulo II: E. E. Edite Furst (1º lugar), E. E. Professor Rousset (2º lugar), E. E. Bernardo Valadares Vasconcelos (3º lugar).
- Tênis de Mesa Masculino Módulo I: Colégio Regina Pacis (1º lugar), E. E. Prefeito Zico Paiva (2º lugar).
- Tênis de Mesa Masculino Módulo II: E. E. Prefeito Zico Paiva (1º lugar), Colégio Regina Pacis (2º lugar), E. E. Edite Furst (3º lugar).
- Xadrez Feminino Módulo I: E. E. Prefeito Zico Paiva (1º lugar), E. E. Edite Furst (2º lugar), E. E. Prefeito Zico Paiva (3º lugar), Colégio Regina Pacis (4º lugar).
- Xadrez Feminino Módulo II: E. E. Professor Rousset (1º lugar), E. M. Dr. Márcio Paulino (2º lugar), E. E. Dr. Arthur Bernardes (3º lugar).
- Xadrez Masculino Módulo I: Colégio Regina Pacis (1º lugar), Regina Pacis (2º lugar), E. E. Edite Furst (3º lugar).
- Xadrez Masculino Módulo II: Colégio Regina Pacis (1º lugar), E. E. Dr. Arthur Bernardes (2º lugar), Colégio Regina Pacis (3º lugar).
- Peteca Feminino Módulo II: Colégio Regina Pacis (1º lugar), E. E. Edite Furst (2º lugar).
- Peteca Feminino Módulo I: E. E. Dr. Arthur Bernardes (1º lugar).
- Peteca Masculino Módulo I: E. E. Professor Rousset (1º lugar).
- Peteca Masculino Módulo II: Colégio Regina Paics (1º lugar), E. E. Edite Furst (2º lugar), Colégio Alípio Maciel (3º lugar).

Os destaques do atletismo foram os seguintes:
- Salto a distância – Feminino – Módulo I: Bianca Souza – Colégio Regina Pacis
- Salto a distância – Feminino – Módulo II: Maíra Eduarda – Colégio Regina Pacis
- Salto a distância – Masculino – Módulo II: Ryan Vieira Barbosa – E. E. Edite Furst
- Salto a distância – Masculino – Módulo I: Gabriel Henrique Barbosa – Colégio Regina Pacis
- Corrida 400 metros – Masculino – Módulo II: Pedro Henrique Moreira – E. E. Edite Furst
- Corrida 250 metros – Feminino – Módulo I: Ana Carolina – E. E. Bernardo Valadares Vasconcelos
- Corrida 250 metros – Masculino – Módulo I: Ítalo Ryan Santos – E. E. Deputado Renato Azeredo
- Corrida 200 metros – Masculino – Módulo I: Isaque da Silva Costa – E. E. Deputado Renato Azeredo
- Corrida 100 metros – Feminino – Módulo II: Maria Fernanda – E. E. Edite Furst
- Corrida 100 metros – Masculino – Módulo II: Clayver Samuel Paulino – E. E. Professor Rousset
- Corrida 75 metros – Feminino – Módulo I: Ana Luiza Pereira – E. E. Professor Rousset






Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, narrador e repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing

 




Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar