Menu

Coluna / Tempo Esportivo / Atlético continua desapontando o torcedor dentro de campo

Primeiro Tempo

Com a derrota em Chapecó, no sábado passado, o Atlético segue com 45 pontos, na sexta colocação, fechando a zona de classificação à Libertadores do próximo ano. A Chapecoense briga contra o rebaixamento. Apesar da situação delicada do adversário, o Galo pouco fez para tentar vencer e o técnico Thiago Larghi não poupou palavras para criticar a equipe. Disse que faltaram ambição e vontade de vencer e que a atuação do grupo foi abaixo do que ele esperava.

Enquanto o time continua desapontando o torcedor dentro de campo, a diretoria já pode contabilizar os erros da temporada 2018. Uma infinidade de decisões amadoras e equivocadas que deixam a temporada atual como favorita para ser a mais frustrante da década para o clube. Dentre os erros absurdos estão: Contratos de Denílson e David Terans com cinco anos de duração, vindas sem qualquer critério de Eric e Arouca do Palmeiras, Samuel Xavier do Sport Recife, Martin Rea do futebol uruguaio, Leandrinho do Napoli da Itália (que está treinando desde julho e nunca entra em forma), efetivação de um profissional que nunca treinou uma equipe do futebol brasileiro, numa alusão óbvia à opção de redução de custos, mas sem qualquer parâmetro para validação de capacidade para exercer a função.

Denílson tem contrato assinado por cinco anos com o Atlético / Foto: reprodução internetDenílson tem contrato assinado por cinco anos com o Atlético / Foto: reprodução internet

Sem dúvidas, a efetivação de Thiago Larghi já é, de longe, o maior erro desta diretoria, que acertadamente pensa em pagar dívidas e colocar o clube nos trilhos, mas que mostra, a cada nova decisão, um total despreparo para lidar com as coisas do departamento de futebol. Uma lástima, dentro e fora de campo!

Restam 10 rodadas para o término do Brasileirão. Neste domingo, às 19h (de Brasília), o Atlético vai encarar outro time que luta na parte de baixo da classificação, o América, goleada sábado passado em Curitiba (4 x 0 para o Atlético-PR) e que corre risco de rebaixamento para a Série B de 2019.

Segundo Tempo

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou que, a partir de 2019, os jogos de suas competições começarão às 21h30, no máximo. A decisão era um desejo antigo da entidade e só foi possível após conversas de meses com a emissora de tv que detém dos direitos de transmissão.

Em 2019, pela primeira vez em anos, não haverá exclusividade nos direitos de transmissão de partidas do Campeonato Brasileiro da Série A na plataforma de canais fechados. A Turner, empresa norte-americana que detinha os canais Esporte Interativo no Brasil, acertou com 16 clubes contratos para passar as partidas dessas equipes em TV fechada, ou seja, concorrendo com o SporTV. Dessas 16, sete estão atualmente na Série A do futebol nacional.

Enquanto isso, a CBF também já definiu o calendário do próximo ano, que começa no dia 2 de janeiro, com a abertura da pré-temporada, que terá 18 dias, quatro dias a mais do que em 2018. Os campeonatos estaduais serão disputados de 20 de janeiro a 21 de abril. Já o Campeonato Brasileiro da Série A tem início previsto para 28 de abril e encerramento em 08 de dezembro. A Série B vai de 27 de abril a 30 de novembro.

A Copa do Brasil vai de 06 de fevereiro a 11 de setembro, terminando bem antes do que em 2018, quando a última partida será disputada em 17 de outubro.

Assim como aconteceu em 2018 com o Mundial da Rússia, as principais competições brasileiras terão uma pausa no período de disputa da Copa América, que será realizada no país entre 14 de junho e 7 de julho.

A Confederação Sul-Americana de Futebol ainda vai ajustar as datas de seus torneios para a próxima temporada.

Com clássicos em Pompeu, Campeonato Regional será decidido a partir de sábado

Em função das eleições que aconteceram em todo o país, no último final de semana, a primeira partida da final do Campeonato Regional de futebol amador foi transferida para esta semana. CAP e Cristalino, ambos de Pompeu, farão a final em dois jogos, sendo o primeiro neste sábado, dia 13, no Campo do CAP e o segundo, no dia 21, no Campo do Cristalino, já que a equipe alviverde fez a melhor campanha na primeira fase da competição.

O único representante de Sete Lagoas nesta 37ª edição do Campeonato Regional, o Ideal, teve o seu sonho de conquistar o bicampeonato interrompido na fase semifinal da competição. Os confrontos diante do Cristalino foram muito complicados e a equipe sete-lagoana não conseguiu avançar, perdendo as duas partidas.

Após ter perdido o primeiro jogo em Pompeu, por 2 x 0, o Galo da Gamela precisava vencer o segundo confronto por três gols de diferença, mas, as dificuldades foram grandes e a equipe pompeana voltou a vencer por 2 x 1.

Na outra semifinal o CAP confirmou o favoritismo e jogando em casa, diante do Vargem Grande, venceu por 3 x 0, após ter empatado a primeira partida em 2 x 2, em papagaios.

Apesar da eliminação no Regional, a diretoria do Ideal segue empenhada em participar de outras disputas na temporada. Agindo rapidamente, o Presidente Toninho Jardim já confirmou a participação da equipe na 27ª da Copa Eldorado, com início previsto para 08 de dezembro.

Restam apenas três vagas para a disputa da 27ª edição da Copa Eldorado

A 27ª edição da Copa Eldorado de futebol amador promete ser uma das mais equilibradas de todos os tempos, com grande participação de equipes da cidade, num percentual maior do que nas edições anteriores.

Até o momento, 13 equipes confirmaram participação e dessas, apenas uma não é de Sete Lagoas.

A relação atualizada é a seguinte: Expresso Progresso, Corinthians / União Alvorada, União Progresso, NF Amigos /Montreal, Santo Helena, Bela Vista (do bairro Bela Vista), Ideal, Industrial, Unidos do Brejo / Asa Comunicação, CAP do Progresso, Unidos do Morro (Itapuã), AFP / Reitran e Sete de Setembro de Caetanópolis.

Portanto, até agora, 12 times de Sete Lagoas e um de Caetanópolis vão lutar pelo título.

Times como River, Samba Gol, Operário, Curitiba, São Sebastião de Jequitibá, América e Independente de Prudente de Morais ainda podem oficializar as participações ao longo das próximas semanas.

Os casos que mais chamam a atenção são o River, maior campeão da Copa Eldorado, com 04 títulos e o Curitiba, campeão na edição passada. Ambos ainda não definiram se vão ou não disputar o certame 2018/2019.

O prazo máximo para as inscrições é 8 de novembro. Nesse dia as fichas de inscrição deverão ser entregues devidamente preenchidas à Coordenação. Na ocasião também acontecerá o arbitral (reunião da coordenação com os dirigentes dos clubes), às 18h30, na unidade sede das Faculdades Promove, localizada à rua Dr. Pena, 35 – sala 100, Centro, onde fica situada a Rádio Eldorado. Cada equipe poderá assinar até 28 atletas, mas no dia da reunião, obrigatoriamente, a lista de cada time deverá constar pelo menos 15 nomes. Os outros atletas poderão ser inscritos até o encerramento da primeira fase, em dezembro.

A grande final da Copa Eldorado, a princípio, acontecerá no dia 26 de janeiro de 2019, na Arena do Jacaré. Os jogos acontecerão aos sábados à tarde, aos domingos pela manhã e também às segundas-feiras à noite, podendo acontecer também durante a semana, em rodadas a serem definidas pela coordenação, sobretudo, se houver necessidade de adiamento de alguma rodada.

Ao todo serão distribuídos R$ 7.000,00 em prêmios, além de troféus e medalhas. A premiação será a seguinte:

1º lugar: R$ 4.000,00
2º lugar: R$ 2.000,00
3º lugar: R$ 1.000,00

Demais informações podem ser obtidas na sede da Rádio Eldorado ou pelo telefone: (31) 3772-0244.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados