Menu

Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo / Libertadores terá premiações milionárias a partir da fase de grupos

1º Tempo
Os clubes da Série A aprovaram de maneira unânime a implantação do árbitro de vídeo (VAR) para o Campeonato Brasileiro de 2019. Em compensação, rejeitaram a limitação de troca de técnicos. Essa foi uma das propostas da CBF com a intenção de permitir que os times pudessem demitir apenas um treinador por campeonato. Foi decisivo para a aprovação do VAR que a CBF pagasse a maior parte dos custos (tecnologia), enquanto os clubes ficam com as despesas de pessoal de arbitragem.

 Foto: Reprodução Globo EsporteFoto: Reprodução Globo Esporte

Além disso, os clubes aumentaram a limitação para jogadores no elenco. A CBF tinha proposta que fosse de 40 atletas. Os times aprovaram com 45 jogadores com possibilidade de trocas de cinco jogadores até 27 de setembro.

Essas propostas foram feitas pela CBF com intenção de fazer as modificações no Brasileiro. A Confederação já tinha proposto em anos anteriores essa restrição à troca de técnicos, mas os times sempre se mostraram contrários a essa ideia. Isso se confirmou novamente na reunião de semana passada.

O futebol não poderia se dar ao luxo de ser a única modalidade esportiva de massa a não ter suporte tecnológico para lances duvidosos. Já havia passado da hora. Que as injustiças cometidas contra vários clubes no passado não se repitam mais a partir deste ano!

2º Tempo
O torcedor do Atlético já está acostumado com o formato da equipe quando Levir Culpi está à frente da comissão técnica. A característica mais marcante do treinador é o estilo ofensivo. Com Levir Culpi, o Galo tem conseguido criar diversas chances por partida e, como consequência, marcar muitos gols na temporada. Reflexo disso é que o time alvinegro é dono do ataque mais positivo entre os 20 clubes integrantes da elite do Campeonato Brasileiro. Disputando Libertadores e Campeonato Mineiro, o Galo já marcou 25 gols em 11 jogos disputados em 2019, que dá uma média superior a dois gols por partida no ano.

O ataque do Atlético só passou em branco em uma partida neste ano. Foi na derrota por 1x0 para o Tombense, em Tombos, quando Levir Culpi mandou a campo o "time C", recheado de garotos da base e jogadores que não são utilizados com frequência.

Para a sequência da temporada o que se espera é que a diretoria consiga viabilizar recursos para trazer mais alguns jogadores. Além da eminente chegada de um lateral esquerdo, o Atlético precisa de um jogador de qualidade que jogue do meio pra frente, com velocidade e capacidade de criação de jogadas. Se esse atleta chegar e se juntar aos que já estão aqui, o Galo poderá subir de patamar e sonhar com perspectivas melhores ao longo do ano!

Democrata empata mais uma em casa e segue sem vencer no Módulo II
A terceira rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II foi realizada no último final de semana e teve um total de cinco jogos realizados.

Terminou empatado o derby entre CAP Uberlândia e Uberlândia Esporte Clube, que se enfrentaram na tarde de sábado no Estádio Parque do Sabiá. Em um jogo muito disputado e de baixo de um forte calor, as equipes ficaram no 2 a 2.

A maior surpresa da terceira rodada foi a vitória do América de Teófilo Otoni em cima do Ipatinga, em Ipatinga, por 1 a 0, gol de Rodrigo José. O América está invicto na competição e avança com sete pontos, enquanto que o Ipatinga ainda não venceu e tem apenas um ponto. A crise no Vale do Aço é grande e a diretoria do Tigre optou pela demissão de toda a comissão técnica do clube.

Em Uberaba, o Uberaba decepcionou sua torcida e perdeu para o Nacional de Muriaé por 4 a 3. A partida marcou a estreia, no Uberaba, do veterano atacante Rodrigo Tiuí, que jogou em grandes equipes do futebol brasileiro, como Fluminense (RJ), Santos (SP), Athletic (PR) e vários times do exterior.

Em Sete Lagoas, Democrata e Athletic de São João Del Rey empataram em 1 a 1, num jogo que marcou a conquista do segundo ponto a favor do Democrata no Módulo II. O tropeço em casa manteve o Democrata sem vitórias em 2019. A equipe agora soma dois pontos e ocupa a 9ª colocação na tabela de classificação.

Depois de sair em desvantagem, o Jacaré empatou nos minutos finais através de Juninho em cobrança de pênalti e salvou a equipe de mais uma derrota.

Após um primeiro tempo muito disputado, porém sem muita criatividade pelo lado do Democrata, o técnico Thiago Mancha fez modificações para deixar seu time mais agressivo no segundo tempo, mas quem esteve melhor no jogo foi o Athletic, que teve o controle da partida, mas pecou nas finalizações.

O Democrata volta a jogar neste sábado de carnaval, às 16h. Desta vez o adversário será o Serranense, em Nova Serrana.

A terceira rodada foi concluída com um jogo isolado no domingo à tarde em Sete lagoas. Coimbra e Serranense não saíram do 0 x 0.

A quarta rodada tem os seguintes jogos agendados para esta semana:

Quinta-feira (28/02):
19h30 – Ipatinga x CAP de Uberlândia, em Ipatinga
20h – América TO x Democrata de Governador Valadares, em Teófilo Otoni

Sábado (02/03):
10h30 – Athletic x Uberaba, em São João Del Rey
16h – Serranense x Democrata de Sete Lagoas, em Nova Serrana
16h – Uberlândia x Nacional de Muriaé, em Uberlândia

O jogo entre Coimbra e Tricordiano foi cancelado em função da desistência do Tricordiano em disputar a competição.

No momento, a classificação do Campeonato Mineiro do Módulo II é a seguinte:

Reprodução InternetReprodução Internet

O Módulo II do Campeonato Mineiro apresenta uma grande novidade em 2019: todos os jogos estão sendo transmitidos ao vivo, via streaming, com links disponibilizados no facebook da Federação Mineira de Futebol (FMF).

Copa Libertadores da América terá premiações milionárias a partir da fase de grupos
A Copa Libertadores 2019 teve um grande aumento em premiação para os clubes participantes e será equiparada aos valores milionários pagos pela Copa do Brasil. A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) fechou uma tabela para aumento dos prêmios que agora vai alcançar aproximadamente US$ 160 milhões (R$ 600 milhões) — um reajuste entre 50% e 60% em relação a 2018.

O campeão da Libertadores 2019, por exemplo, vai receber US$ 12 milhões de dólares (cerca de R$ 47 milhões), o dobro do que recebeu o River Plate, campeão na temporada passada. O total que um time que levantar a taça da competição pode levar em prêmios, contando as fases anteriores, pode chegar a 20 milhões de dólares (R$ 78 milhões).

A fase de grupos também vai praticamente duplicar os valores pagos em 2018. No ano passado, os times receberam US$ 1,8 milhões (R$ 7 milhões) — US$ 600 mil dólares (R$ 2,3 milhões) por partida como mandante — e agora vão passar a receber US$ 3 milhões (R$ 11,7 milhões) — US$ 1 milhão (R$ 3,9 milhões) por partida em casa (cada time faz três partidas como mandante na fase de grupos).

Os times que avançarem para as oitavas de final vão garantir a premiação de US$1,05 milhões (R$ 4 milhões), enquanto quem chegar às quartas de final vai embolsar mais US$ 1,2 milhões (R$ 4,6 milhões) e as quatro equipes que se classificarem para as semifinais terão direito ainda a mais US$ 1,75 milhões (R$ 6,8 milhões) para engordar seus cofres.

Como se vê, a presença na fase de grupos da Copa Libertadores faz toda a diferença no planejamento orçamentário das equipes para o restante da temporada.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados