Menu

Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo / Final do Mineiro é mais equilibrada do que o esperado

Como acontece há quase um século em Minas Gerais, a final do Campeonato Mineiro foi cercada de muita rivalidade, provocações e polêmicas.

Cruzeiro é campeão do Campeonato Mineiro 2019. - Foto: Gustavo Rabelo/Photopress/Gazeta PressCruzeiro é campeão do Campeonato Mineiro 2019. - Foto: Gustavo Rabelo/Photopress/Gazeta Press

As previsões sobre a final da competição, em maioria esmagadora, apontavam para uma vitória com sobras do Cruzeiro sobre o Atlético. Acertaram pela metade. A taça ficou com o clube celeste, mas a final foi mais equilibrada do que o esperado. Atravessando um momento conturbado, sem treinador, com mudanças no time e sob desconfiança de grande parte da torcida, o Galo encarou o maior rival e fez dois bons jogos na finalíssima. Perdeu o título nos detalhes, mas isso precisa fazer parte do passado o quanto antes.

No primeiro jogo, a arbitragem prejudicou o Atlético. Na volta, no Horto, um lance ocasional gerou o pênalti que deu o título ao Cruzeiro. A taça, que ficou para um lado, poderia ficar com o outro. O triunfo foi do rival, mas saber digerir as derrotas o mais rápido possível é essencial para o Galo.

Pelo lado do Cruzeiro, mais uma conquista que serviu para mostrar a força do elenco. Essa história recente de sucessos nasceu há quase três anos: Anunciado pelo Cruzeiro para tirá-lo da situação complicada no Campeonato Brasileiro o treinador emplacou uma sequência vitoriosa em seu trabalho na Toca da Raposa. Muitos frutos foram colhidos de uma passagem vitoriosa na equipe cruzeirense, com quatro títulos e uma das mais duradouras de um técnico na história vitoriosa e quase centenária da Raposa.

O Cruzeiro segue firme com o propósito de conquistar mais títulos nesta temporada. Tem elenco e treinador para isso. As perspectivas são muito animadoras.

No Atlético, falhas foram observadas nas finais do Mineiro, é evidente, mas pontos positivos também apareceram. O time, sob o comando do interino Rodrigo Santana, mostrou mais organização. O elenco mostrou comprometimento, e não faltou entrega. Peças importantes, especialmente no ataque, fizeram bom trabalho, casos de Chará e Geuvânio, por exemplo. O Mineiro está perdido. O ano, não!

Vida longa e sucesso para os nossos clubes na temporada que está apenas na primeira metade!

 

Semifinalistas da Copa João da Cunha serão apontados no final de semana

A fase classificatória da 19ª edição da Copa João da Cunha de futebol amador foi uma das mais acirradas da história do torneio. As 20 equipes participantes praticaram um futebol de alto nível e muitas vagas para a sequência do torneio só foram definidas na última rodada.

Nesta edição, 20 equipes foram inscritas e divididas em quatro grupos de cinco agremiações:

Chave A: Bela Vista, Dallas Gollo, Serra Verde, Lanchonete do Ponto e Progresso Promec
Chave B: Grêmio Alkaeda, Abc Celulares, Chape, Paraíso e São Sebastião
Chave C: Lagoinha, Amigos CDD, Montreal, Bosque e Garimpeiro
Chave D: Inter União Juventude, PSI, União Alvorada e Santa Cruz/Santa Helena

Os últimos campeões da Copa João da Cunha foram o Garimpeiro em 2017 e o Montreal no ano passado.

Pelas oitavas-de-final, mais equilíbrio e boa presença de público no Campo do Eucalipal. Os resultados foram os seguintes:

Grêmio Alkaeda 6x0 União Juventude
Garimpeiro 3x0 Expresso Progresso
Santa Cruz/Santa Helena 1x2 ABC Celulares
Montreal 0x0 Serra Verde (nos pênaltis, vitória do Serra Verde por 4 x 3).
São Sebastião das Pindaíbas 7x0 Inter
Lagoinha 3x0 Bela Vista
União Alvorada 3x2 Chape

Com esses resultados, os confrontos da fase de quartas-de-final, marcados para o Campo do Eucalipal, ficaram assim:

Sábado:
14h – Dallas Gollo x Montreal
16h – Grêmio Alkaeda x São Sebastião de pindaíbas

Domingo:
08h45 – Garimpeiro x Lagoinha
10h45 – ABC Celulares x União Alvorada

 

Com grande participação dos Sete-lagoanos, Corrida de Tiradentes foi um sucesso

A Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, promoveu no último domingo (21) a Primeira Corrida Cívica de Tiradentes. Mais de 200 atletas amadores percorreram 6km nos arredores do Shopping Sete Lagoas. A procura foi grande, mas devido ao tempo não foi possível reabrir as inscrições na última semana que antecedeu o evento.

O Secretário de Esportes, Fabrício Fonseca, premiou os primeiros colocados após a Corrida de Tiradentes. - Foto: Reprodução InternetO Secretário de Esportes, Fabrício Fonseca, premiou os primeiros colocados após a Corrida de Tiradentes. - Foto: Reprodução Internet

Em parceria com empresas dos ramos acadêmico, hoteleiro, cultural e da saúde, o secretário de Esportes Fabrício Fonseca explicou que a corrida onerou minimamente os cofres públicos e que a expectativa é que o evento entre para o calendário oficial de eventos esportivos da cidade: "A corrida vai sempre acontecer no dia 21 de abril, independente do dia da semana, justamente por causa disso, estará no nosso calendário, os esportistas gostam mesmo de estar aqui, e eles aproveitam o feriado e fazem do evento um programa”.

Pouco mais de 20 minutos após a largada, a competição já conhecia seu vencedor: Daniel Trindade Fonseca, da cidade de Curvelo, foi o primeiro a cruzar a faixa. Feliz pela conquista o atleta agradeceu: "Queria agradecer primeiramente a Deus pela força e à organização pela oportunidade de correr com essa galera, feliz demais por ter vencido", afirmou. Daniel faz parte da equipe "No Limite", liderada por Fernando Teodoro que também esteve em Sete Lagoas.

Com o intuito de promover a inclusão social, todos os corredores receberam medalhas. Componente da Assessoria de Comunicação do evento, Juliano Oliveira exaltou a equipe esportiva: "A Secretaria de Esportes se sobressaiu mais uma vez. Tem sido impecável a gestão do Fabrício, porque talvez seja uma das únicas que promoveram eventos na cidade todo final de semana e o melhor, sem investir dinheiro público".

Parceira do evento, a Premium Academia ofereceu planos especiais aos corredores para treinarem na academia. A Personal Trainer, Letícia Abreu, destacou a iniciativa da corrida: "É fundamental promover a prática esportiva no maior número de segmentos possíveis, pois isso aumenta a quantidade de pessoas praticando esportes na cidade".

O secretário Fabrício Fonseca informou ainda que em junho estão previstas mais festividades em Sete Lagoas: "Vem aí o Engenharíadas! Serão oito mil universitários na cidade, teremos shows, quadras lotadas, vários campos de futebol sediando jogos, ginásios sendo utilizados, piscina do Corpo de Bombeiro, então a cidade vai receber universitários em todos os cantos, coisa boa a gente tem que divulgar!".

Democrata vence em casa e se mantém no Módulo II

Está encerrada a primeira fase do Campeonato Mineiro do Módulo II. Após dois meses de disputas, viagens, treinos e muitas dificuldades dentro e fora de campo, o Democrata de Sete Lagoas conseguiu se manter na Série B do futebol estadual, renovando a esperança dos torcedores de dias melhores em 2020.

Paulinho Guará atuou como técnico e atleta do Democrata ao longo do Módulo II do Campeonato Mineiro. - Foto: Luísa GonçalvesPaulinho Guará atuou como técnico e atleta do Democrata ao longo do Módulo II do Campeonato Mineiro. - Foto: Luísa Gonçalves

A última rodada da primeira fase foi disputada no sábado passado, com todos os jogos no mesmo horário. Ciente de que só dependia de suas forças para se manter no Módulo II, o Democrata jogou com o coração, superou todas as dificuldades possíveis e, de forma brilhante e dramática, venceu o CAP de Uberlândia por 1x0 na Arena do Jacaré. O único gol da partida foi marcado por Felipe Benassi, aos 29 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta. O gol, de fato, foi salvador, porque os outros resultados da rodada não ajudaram e se o Jacaré não tivesse triunfado, teria amargado o rebaixamento para a Série C. Paulinho Guará, que atuou como técnico e atleta, foi um dos grandes destaques desta campanha reabilitadora do Jacaré. Pelo segundo ano seguido ele contribuiu de maneira decisiva para salvar o clube da degola para a Terceira Divisão!

Os outros resultados da 11ª rodada foram os seguintes:

Serranense 2x4 Ipatinga
Uberlândia 0x0 Uberaba
Nacional de Muriaé 3x4 Athletic de São João Del Rey
Democrata-GV 2x2 Coimbra
América-TO 3x0 Tricordiano (jogo cancelado: W.O.)

O tradicional time do Uberaba vai disputar a Terceira Divisão Mineira em 2020. O outro rebaixado foi o Tricordiano, que sequer entrou em campo nesta edição do Módulo II.

Veja a classificação final da primeira fase do Campeonato Mineiro do Módulo II:

Fonte: FMFFonte: FMF

Agora restam apenas quatro equipes na competição. Os dois finalistas estarão garantidos na Série A do Campeonato Mineiro no ano que vem. Veja os confrontos das semifinais:

Nacional x Coimbra
Serranense x Uberlândia

Por terem feito melhores campanhas na primeira fase, Coimbra e Uberlândia jogam por dois resultados iguais nas semifinais.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados