Menu

Cruzeiro tem 63% de chance de disputar Série B / Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo

A dança dos números vai norteando os objetivos dos times mineiros na reta final do Campeonato Brasileiro da Série A. Vários sites estatísticos e diversos profissionais da área de cálculos fazem as projeções e colocam as metas de nossos clubes num cenário distante de ser alcançado.

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Em relação ao rebaixamento, as projeções apontam para uma missão nada fácil do Cruzeiro daqui até a rodada final da competição. Segundo a maioria dos cálculos, a chance de a Raposa disputar a Série B em 2020 é de 63%.

Quando o assunto é a vaga na próxima edição da Libertadores, os sites colocam o Cruzeiro fora da briga, com probabilidade que não passa de 0,02%.

Se conseguir melhorar o desempenho neste mês, o Cruzeiro terá mais tranquilidade para encarar adversários agendados para novembro, quando disputará seis partidas, incluindo o clássico contra o Atlético e os duelos diretos diante de Avaí e CSA (todos no Mineirão). Vai ser o momento crucial para o clube garantir permanência na elite do futebol brasileiro.

O alento pode vir justamente dos números: Nunca, desde 2006, quando o Brasileirão passou a ser disputado por pontos corridos com 20 equipes, o 17º colocado - primeiro dentro da zona de rebaixamento - teve uma pontuação tão ruim. Posição hoje ocupada pelo CSA, com 22 pontos. O Cruzeiro está em 18º lugar com 20 pontos.

Neste momento, a projeção indica que o 16º colocado poderá se salvar até com 39 pontos. Se isso acontecer, será o menor índice de aproveitamento de um clube não rebaixado na história do Campeonato Brasileiro por pontos corridos.

No ano passado, por exemplo, neste mesmo momento do campeonato, quem abria o Z4 era o Sport Recife, com 23 pontos. Mesma pontuação do Inter em 2016, Náutico em 2009 e Flamengo em 2006. Em 2017 a Chapecoense era 17ª com 25 — a maior nestes anos —, cinco a mais que a Raposa atualmente.

No caso do Atlético, os números também não são nada animadores.A probabilidade de o Galo chegar à Libertadores é de 5,8%. A projeção é de que o time que somar 63 pontos no campeonato tem 99% de chance de participar da principal competição do futebol sul-americano.

A comparação mostra com clareza como o Atlético complicou sua briga pela vaga na Libertadores. Mas não permite comemoração cruzeirense. Muito pelo contrário, pois o time de Abel Braga tem desempenho estarrecedor na temporada 2019, grande parte, em função dos intermináveis problemas administrativos, políticos e jurídicos pelos quais o clube tem atravessado ao longo do ano.

Nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, tanto o Cruzeiro quanto o Atlético farão sete partidas como mandante e outras sete fora de casa.


Copa Eldorado terá quatro campeões nesta edição

A 28ª edição da Copa Eldorado promete ser uma das mais disputadas da história da competição. Vinte e quatro equipes se inscreveram, sendo 19 delas de Sete Lagoas:Líder Automóveis e Seguros / Lontra, Industrial, ABC Celulares, Expresso Progresso, União Progresso, CAP, NF Amigos / União Alvorada, Dallas Golo, Reitran Transportes, AFP / Cooperlíder, Ideal, Operário, Santa Helena, Garimpeiros, Inter Eldorado, União do Morro, Curiango / Maguinho Vidros, N.Sports / Sidão e Montreal. Outras cinco equipes, de cidades adjacentes, completam a lista dos 24 clubes:São Sebastião de Pindaíbas, Sertanejo de Prudente de Morais, Paraopeba, Independente de Pompeu e Cordisburgo.

Dentre os 24 participantes, o maior campeão é o Santa Helena, que já levantou a taça em três oportunidades e pode, em caso de nova conquista, se igual ao River, maior campeão com 04 títulos e que estará ausente nesta edição. Além do Santa Helena, os outros campeões presentes nesta 28ª edição são os seguintes: Cap do Progresso, Ideal e NF Amigos (em parceria com o União Alvorada).

A lista completa dos campeões da Copa Eldorado é a seguinte:

– 1987 / 1988 – Municipal
– 1988 / 1989 – Goitacazes
– 1989 / 1990 – Boa Vista
– 1990 / 1991 – Boa Vista
– 1991 / 1992 – Galícia
– 1992 / 1993 – Esperança
– 1993 / 1994 – Galícia
– 1994 / 1995 – Bangu
– 1995 / 1996 – Bangu
– 1996 / 1997 – Santa Helena
– 1997 / 1998 – River
– 1998 / 1999 – Bangu
– 1999 / 2000 – River
– 2000 / 2001 – Lokal de Santana de Pirapama
– 2001 / 2002 – Embrapa
– 2007 / 2008 – Uberlândia
– 2008 / 2009 – Samba Gol
– 2009 / 2010 – Ideal
– 2010 / 2011 – Curitiba
– 2011 / 2012 – CAP
– 2012 / 2013 – Pró-Minas
– 2013 / 2014 – Santa Helena
– 2014 / 2015 – River
– 2015 / 2016 – River
– 2016 / 2017 - NF Amigos /Borussia
– 2017 / 2018 – Curitiba
– 2018 / 2019 – Santa Helena

A primeira rodada da 28ª Copa Eldorado será desmembrada e irá coincidir com a última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, em dezembro. Os jogos serão realizados nas seguintes datas: 06/12, 07/12, 09/12 e 10/12. Já a finalíssima vai acontecer em 24 ou 25 de janeiro.

A premiação dos finalistas será a seguinte: Troféu, medalhas e R$ 4.000,00 (quatro mil reais) para o campeão e troféu, medalhas e R$ 2.000,00 (dois mil reais) para o vice-campeão. A taxa de arbitragem para cada time está mantida em R$ 200,00 (duzentos reais) por jogo.

Como de costume, todos os jogos da 28ª Copa Eldorado serão transmitidos, ao vivo, pela Rede Eldorado de Comunicação. O público poderá acompanhar essas transmissões pelo AM 1300 KHZ, pelo site www.eldorado1300.com.br, ou ainda pelo aplicativo da emissora, já disponível (pode ser baixado acessando o site da Rádio Eldorado).

 

Ideal e Paraopeba decidem o CampeonatoRegional na Arena do Jacaré

Deu a lógica no Campeonato Regional de Futebol Amador, em sua 38ª edição! Ideal e Paraopeba vão decidir o torneio no próximo final de semana. Ao longo da primeira fase, mesmo com alguns tropeços surpreendentes, o Galo da Gamela e o Tatu já eram apontados como os dois prováveis finalistas. No confronto entre eles, na fase classificatória, em Paraopeba, o resultado de 0 x 0 serviu para mostrar que haveria muito equilíbrio e que uma eventual decisão envolvendo as duas agremiações seria um caminho quase que natural dentro da competição.

Jogando na Arena do Jacaré, no sábado passado, o Ideal venceu o Inhaumense por 2 x 1 e garantiu a primeira vaga na decisão. O lateral direito Mateus e o atacante Tuca fizeram os gols da equipe de Sete Lagoas. Luquinha foi o autor do tento do time de Inhaúma.

Semifinalista em 2018, o Ideal é um dos finalistas do Campeonato Regional nesta temporada — Foto: ReproduçãoSemifinalista em 2018, o Ideal é um dos finalistas do Campeonato Regional nesta temporada — Foto: Reprodução

No domingo, em outra partida bastante equilibrada, o Paraopeba foi a Fortuna de Minas e bateu o Canários / Panelinha por 1 x 0.
A competição contou com apenas cinco participantes: Ideal, Paraopeba, Canários / Panelinha de Fortuna de Minas, Inhaumense e Paraíso de Araçai.

O Paraopeba estará em campo, na Arena do Jacaré, para disputar a final do Regional contra o Ideal — Foto: ReproduçãoO Paraopeba estará em campo, na Arena do Jacaré, para disputar a final do Regional contra o Ideal — Foto: Reprodução

A classificação finalda primeira fase ficou assim:

1º Ideal: 07 pontos, 02 vitórias, saldo de 12 gols e 15 gols marcados
2º Canários / Panelinha: 07 pontos, 02 vitórias, saldo de 03 gols e 07 gols marcados
3º Paraopeba: 07 pontos, 02 vitórias, saldo de 02 gols e 04 gols marcados
4º Inhaumense: 07 pontos, 02 vitórias, saldo de 00 gols e 04 gols marcados
5º Paraíso de Araçaí: 00 ponto

A grande final do Campeonato Regional Amador, em partida única, estava prevista para o próximo final de semana, na Arena do Jacaré, mas em função do feriado nacional de 12 de outubro foi remanejada para o outro final de semana, em dia e horário a serem definidos pela Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana. Pelo regulamento, nenhuma das duas equipes terá vantagem no jogo final. Quem vencer será campeão e em caso de empate no tempo normal a decisão do título acontecerá através da cobrança de pênaltis.

O campeão representará a Liga de Sete Lagoas no Campeonato Mineiro Amador de 2020.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.

 / Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados