Logo

Coluna / Breno Borges / Recursos Humanos / O balanço de 2018 tem que ser profissional e pessoal

Sempre em todos os dezembros dos últimos cinco anos, faço um texto com referência ao balanço profissional do ano que encerra, seguindo a tradição das publicações, faço um novo convite do balanço profissional.

O proposito deste novo balanço e ir além do perfil profissional, encontrando os resultados de como está o individuo, a pessoa, o cidadão que carrega consigo todo o profissionalismo e seus desafios.

Estamos próximos de encerrar mais um ano, que não foi fácil para diversos setores profissionais, muitos encerrarão insatisfeitos com os resultados do plano de carreira, salários e benefícios, outros desempregados e tentando acreditar nas próximas perspectivas que começam a sinalizar para o novo ano de 2019.

Foto: ilustrativa / reprodução internetFoto: ilustrativa / reprodução internet

A regra do balanço profissional sempre foi simples de se fazer, bastando traçar mês a mês, como foi seu desempenho profissional do ano, descrevendo o que ouve de ganhos, perdas, evolução técnica e profissional, conquistas, novas propostas e expectativas para o próximo ano. Isto tem que ser anotado e que possibilite uma comparação do ano anterior, com base no que esta encerrando e com propostas para o novo ano de 2019.

Por trás de cada profissional há um ser humano, um indivíduo carregado de sentimentos, desejos, sonhos e também com suas limitações, decepções, angustias e fracassos.

O convite para o balanço pessoal é para que você dê importância tanto quanto como você dá para as conquistas profissionais, cuidando do seu bem-estar psicológico e que de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a definição de saúde mental é: Um estado completo de bem-estar físico, mental e social.

Independente das suas conquistas ou se você não atingiu todas as suas metas profissionais em 2018, faça também um balanço de como foi/e/ou está seu bem-estar psicológico, fazendo um mês-a-mês do ano de 2018 considerando, seu estado de felicidade, superações, resignação, bem estar e satisfação consigo mesmo e faça um planejamento de como cuidar mais de você no próximo ano.

São inúmeros os profissionais no ápice da carreira que adoecem emocionalmente por deixarem em segundo plano o seu bem-estar pessoal.

O convite para 2019 é: Busque o equilíbrio entre o pessoal e profissional. Cuide-se! Goste mais de você!

Bacharel em Administração – Psicólogo Clínico e Organizacional MBA em Gestão Estratégica de Pessoas – Consultor RH – Analista Profiler Consultor em Sete Lagoas e região da Rede de Recrutadores do Brasil – Psicólogo clínico na MED & CO – Diretor CDL – Membro do CODECON/SL-MG – Administrador da agência de empregos APOLO –  www.apolo.srv.br 




Publicidade
Publicidade

© Copyright 2008 - 2019 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks