Menu

Coluna / Carol Vasconcelos / Papo de Mãe / O que não te contaram sobre o resguardo?

O grande dia chegou!

Você esperou por longos nove meses e enfim vai conhecer o seu bebê!

Dai pensamos, depois que nascer minha coluna vai parar de doer, vou voltar a usar minhas roupas, vou andar normalmente, sentar e dormir de bruços sem incomodo!

kkkkkkkkkkkk você foi enganada!

Foto: ilustrativa / reprodução internetFoto: ilustrativa / reprodução internet

Ficamos os nove meses com medo do parto. quando na verdade devíamos temer o resguardo!

Por isso tantas mulheres sofrem de depressão pós parto.

Meu Deus como é difícil!

Meus partos foram normais, e eu pensei: Como o parto é normal no outro dia já vou estar andando e podendo cuidar da minha filha sem problemas! Sempre tive pavor de cesárea!

Minha amiga, depois do parto eu conheci o maldito períneo Jesus na cruz ! Eu não conseguia me sentar, sentia dor ao tossir, para ir ao banheiro, para amamentar, enfim, pra tudo.

Eu senti mais dor no resguardo do que no parto!

Fora as dores na coluna que não passam nunca mais, as dores nos seios cheios de leite, dor de cabeça, seus órgãos parecem estar dançando no seu corpo.

Tudo dói até sua alma!

E aí você se descobre mãe. Tem um pedacinho de gente que precisa de cuidados e temos que esquecer a dor e sangramentos incessantes para cuidar deles!

E quando você acha que não pode piorar, eis que a realidade bate a sua porta.

As dez piores coisas do resguardo:

1. Você vai sentir muita dor! Muuuuuuuuita dor!
2. Você não vai dormir, não terá tempo para descansar!
3. Seus hormônios vão ficar loucos! De muito feliz para muito irritada em 2 segundos!
4. Você não vai gostar de tantas visitas!
5. Ir ao banheiro é uma tortura!
6. o sangramento parece o mar vermelho!! Eu usei fraldas do bebê pra não sujar tudo!
7. Todo mundo vai dar palpites!
8. Você vai sentir muito ciúme do seu filho, até com o pai dele!
9. Se sentar nem sempre é uma boa escolha!
10. Você vai chorar muito! Às vezes sem querer!

Porém, você vai encontrar forças toda vez que olhar pro seu pedacinho de gente!

E você o que achou do seu resguardo? Passou por algo engraçado?

Conte pra gente, quero contar sua história!

Sobre a colunista:
Mulher, Mãe, Divorciada, Graduada em Logística e Pós Graduada em Gestão de Projetos, Coach Life and Business. Criadora do Blog Terapia de mães.

Visite o blog desta colunista: terapiademaes.blogspot.com/