;
Menu

Coluna / Distopia / Abstração

Há certa melancolia na arte, certa solidão. Alguns costumam dizer que a arte existe porque a vida, por si só, não é o suficiente.

É tudo o que jamais seremos: intangível, enquanto tentamos, incessantemente, alcançar a perfeita abstração para pertencer a algum lugar, o encaixe em algum mundo do qual jamais faremos parte, simplesmente porque ele é real apenas em nossas mentes.

Foto: Nuno KaramFoto: Nuno Karam

Nossas mentes, ávidas para escaparem do que temos, da realidade entediante, maldosa, sólida, imutável, apenas porque não conseguimos suportar a diferença entre nosso reflexo e nosso interior: inexistente, apenas um invólucro contendo uma estrela cuja luz se perde na imensidão do universo.



Paula Kilesse cursa Sistemas de Informação e escreve contos e poesias. A coluna Distopia tem como objetivo expandir seu universo, levar suas histórias para a população da cidade e indicar trabalhos similares ao seu; que destoam do usual.




Comentários   

Guilherme Ferreira
+1 #1 Guilherme Ferreira 25-05-2017 13:37
Parabéns Paula Kilesse, por mais esta tão brilhante competência de além de ser uma escritora, compartilhar conosco destes temas sobremaneira relevantes ao nosso cotiadiano.
Sinceras Felicitações!!!
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar