;
Menu

Vanessa Stehling

Coluna / Cultura Pop / Como maratonar séries em grande estilo

Olá amigos maratonistas! Depois de um final de semana inteiro assistindo a quinta temporada de Orange is the New Black (e quando eu digo final de semana, refiro a somente 2 dias com mais de 12 horas de episódios), resolvi abordar esse tema aqui.

Convenhamos que é um vício, claro, ficar horas a fio com os olhos grudados na tela sem parar não é coisa de gente sã. Mas não dá! O episódio termina de um jeito que aguça a curiosidade em ver o próximo, a cama está gostosa e confortável, o relógio não está por perto.... E quando percebe, anos se passaram! 

Assistindo uma maratona de séries / Foto Ilustrativa: ligadoemserie.com.brAssistindo uma maratona de séries / Foto Ilustrativa: ligadoemserie.com.br

O que as pesquisas dizem sobre o que acontece quando você fica muito tempo na TV:


Quando você liga a TV: Seu quarto recebe padrões de luz e som novos e em constante mudança. Para o seu cérebro, esse tipo de estimulação sensorial é impossível de ignorar. Passar horas sentado no sofá assistindo séries equivale a uma viagem de avião, e exige alongamentos e movimentos aeróbicos pelo menos a cada uma hora. Ou seja, entre um episódio e outro, faça um exercício, um polichinelo que seja. Caso contrário, as chances de você morrer de embolia pulmonar, devido a falta de circulação do sangue serão grandes.

Depois de 30 minutos: Maior parte de sua atividade cerebral mudou das áreas envolvidas com pensamento lógico para aqueles envolvidos com emoção. Com isso, as endorfinas também desencadeiam um estado de relaxamento. Sua frequência cardíaca e sua respiração ficam calmas e, com o passar do tempo, sua atividade neurológica muda cada vez mais para o um estado puramente reativo. 

Quando você desliga a TV: Como qualquer droga viciante, cortar o seu suprimento desencadeia uma queda repentina na liberação de químicos cerebrais que produzem sensações boas, o que pode deixar você com efeito de tristeza e falta de energia. Experimentos da década de 1970 descobriram que pedir às pessoas que abandonassem a TV por um mês realmente desencadeou depressão e a sensação de que os participantes "perderam um amigo". E isso foi antes da Netflix!

Foto Ilustrativa: resby.eduFoto Ilustrativa: resby.edu

Mas Vanessa, quanta notícia ruim! Depois desses apontamentos catastróficos, você vai deixar de “maratonar” e montar a “Igreja Pentecostal do Reino dos Viciantes de Série Contínua?” Claro que não! E ainda dou uma super dica para quem quer assistir mais em menos tempo: no navegador Chrome, baixe e instale a extensão “Speed Vídeo”. É um controlador de velocidade de vídeos. Com o aumento da velocidade, o tempo da série fica menor e você consegue assistir mais episódios em menos tempo!



Graduada em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em Rádio e TV. Ilustradora, designer, metida a sinuqueira e telespectadora assídua de séries e filmes em alta velocidade.