Menu

Tião Macalé...

Morador da Vila Vicentina há 35 anos, Sebastião Correa Amorim é figura muito conhecida na cidade. Nascido em 20 de janeiro de 1920, em Lagoa Bonita/MG, Tião Macalé foi levado para a instituição após perambular pelas ruas da cidade, em situação de abandono e sem moradia. Famoso pela risada e pelo inseparável capacete de mestre de obras, Macalé gostava de frequentar a região do Santa Luzia e sempre era visto nos campos de futebol e nos botecos do bairro.

Desfilava no bloco carnavalesco “As virgens do Peitudo”, onde homens se fantasiavam de mulher e saíam às ruas da cidade. Tem uma irmã, chamada Jovita, que também é moradora da Vila Vicentina.

Hoje, aos 93 anos, não circula muito pela cidade e passa a maior parte de seu tempo na Vila onde ajuda nos serviços laborais. Dono de uma alegria contagiante Tião Macalé não gosta das “moças de branco”. Como não precisa de nenhum medicamento, diferente da maioria, fica chateado com as enfermeiras, querendo mais atenção.

Quando perguntado se está feliz na Vila Vicentina, Macalé balança forte a cabeça, abre um sorriso e enfatiza: “estou aqui há mais tempo que todo mundo, gosto muito!”.

Quer saber mais sobre os trabalhos do studio? acesse www.kalablu.com.br



Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar