Menu

Lula anula leilão de arroz e secretário pede demissão, enquanto a CPI do 'arroz do Lula' já tem quase 100 assinaturas

O governo federal decidiu anular o leilão para a compra de arroz, que estava sob suspeitas de irregularidades, e realizar um novo processo em data ainda não definida. O secretário de Política Agrícola, Neri Geller, envolvido no processo, pediu demissão pela manhã. A decisão foi tomada em reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com ministros e autoridades ligadas ao setor agrícola. O texto do novo leilão será produzido em parceria com a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Controladoria Geral da União (CGU). A decisão de anular o leilão foi motivada pela repercussão negativa e pelas suspeitas levantadas em relação às empresas vencedoras. O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto, afirmou que é necessário revisitar os mecanismos estabelecidos para realizar o leilão.

Foto: Reprodução InternetFoto: Reprodução Internet

No leilão realizado na semana passada, o preço médio de um saco de 5 kg de arroz atingiu R$ 25. No entanto, empresas sem histórico no mercado de cereais participaram do certame e arremataram lotes significativos — das quatro vencedoras, apenas uma tinha know-how. Poucos dias após as enchentes no Rio Grande do Sul, Estado que responde por 70% da produção nacional de arroz, o governo federal decidiu importar o cereal. Embora o Estado já tivesse colhido 80% do grão antes das inundações, a logística de transporte foi severamente afetada. Em 7 de maio, o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, anunciou a decisão para evitar aumentos de preços, mencionando que nenhum atacadista possuía estoques suficientes para mais de 15 dias.

No entanto, o leilão apresentou irregularidades significativas. Segundo Fávaro, a maioria das empresas participantes mostrou fragilidades operacionais e financeiras para lidar com grandes volumes de arroz e dinheiro. Ele ressaltou que não houve pagamento pelo produto do leilão anulado e garantiu que “ninguém vai pagar sem que o arroz esteja aqui, entregue”. Para evitar novos problemas, o próximo leilão será organizado com o apoio da CGU, da AGU e da Receita Federal, e contará com critérios mais rigorosos para a seleção das empresas participantes. “Pretendemos fazer um novo leilão, quem sabe em outros modelos, para ter as garantias de que vamos contratar empresas que tenham capacidade técnica e financeira”, destacou Edegar Pretto.

O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, pediu demissão do cargo na manhã desta terça-feira (11) e foi exonerado. Ele comunicou que seu filho estabeleceu sociedade com uma corretora envolvida no leilão, mas ressaltou que a empresa não participou da operação. A situação gerou transtorno e levou Geller a colocar o cargo à disposição. Duas empresas intermediaram a venda do arroz no leilão e representaram três das quatro arrematantes. O perfil das empresas gerou suspeitas por não trabalharem com arroz.

CPI já conta com quase 100 assinaturas

De acordo com o deputado Zucco, aproximadamente 100 parlamentares já assinaram o requerimento para a CPI. Para que a comissão seja instalada, são necessárias 171 assinaturas, e a expectativa é alcançar esse número ao longo desta semana. A oposição ao governo Lula não se limita à CPI.

Na semana passada, parlamentares protocolaram uma representação junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) para investigar possíveis fraudes no processo de compra. O deputado Ubiratan Sanderson (PL-RS) argumenta que, dos 28 lotes de arroz disponíveis, apenas 17 foram arrematados, e destacou que várias empresas envolvidas possuem baixo capital social.

A compra de arroz importado foi uma medida do governo federal para regular o mercado interno, embora produtores nacionais tenham reiterado que não há risco de desabastecimento do produto no Brasil.

Da Redação com TBN



Publicidade

+ Brasil

Debate sobre volta dos cassinos ganha força e avança no Senado

Debate sobre volta dos cassinos ganha força e avança no Senado

Talvez muitas pessoas não saibam, mas os cassinos já foram muito populares no Brasil. Alguns dos principais, como o do...

Mulher tenta vender filhos para comprar bebidas é presa pela PM

Mulher tenta vender filhos para comprar bebidas é presa pela PM

Uma mulher de 31 anos foi presa na cidade de Medeiros Neto, no sul da Bahia, por suspeita de tentar vender os próprios ...

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2739, e prêmio vai a R$ 86 milhões; veja números sorteados

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2739, e prêmio vai a R$ 86 milhões; veja números sorteados

O resultado da Mega-Sena 2739 com prêmio de R$ 58.978.258,80 milhões foi divulgado nesta quinta-feira (20) em São Pau...

IRPF 2024: Receita abre consulta ao 2º lote de restituições nesta sexta, com pagamento de R$ 8,5 bilhões

IRPF 2024: Receita abre consulta ao 2º lote de restituições nesta sexta, com pagamento de R$ 8,5 bilhões

A Receita Federal informou que a partir das 10h desta sexta-feira (21) estarão abertas as consultas ao 2º lote de rest...

Cantor Chrystian, ex-dupla de Ralf, morre aos 67 anos

Cantor Chrystian, ex-dupla de Ralf, morre aos 67 anos

O cantor Chrystian, da famosa dupla sertaneja "Chrystian e Ralf" faleceu aos 67 anos na noite de quarta-feira, 19 de jun...

Solstício de inverno: entenda porquê o dia fica mais curto nesta data

Solstício de inverno: entenda porquê o dia fica mais curto nesta data

O solstício de inverno começa às 17h51 desta quinta-feira (20), um evento astronômico que marca o início da estaç...

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2738, e prêmio vai a R$ 60 milhões; veja números sorteados

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2738, e prêmio vai a R$ 60 milhões; veja números sorteados

O resultado da Mega-Sena 2738, com um prêmio de R$ 53.023.186,22 milhões, foi divulgado nesta terça-feira (18) em Sã...

CNBB defende aprovação de projeto de lei que equipara aborto a homicídio: “Permitamos viver a mulher e o bebê”

CNBB defende aprovação de projeto de lei que equipara aborto a homicídio: “Permitamos viver a mulher e o bebê”

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifestou seu apoio ao projeto de lei em discussão na Câmara dos ...

Copa América 2024 nos EUA — O Brasil é o favorito para o torneio?

Copa América 2024 nos EUA — O Brasil é o favorito para o torneio?

Os próximos meses serão dominados por grandes torneios de futebol. Enquanto o continente europeu aguarda o início do ...

Profissões em alta demanda no mercado de jogos de azar online no Brasil

Profissões em alta demanda no mercado de jogos de azar online no Brasil

A tendência dos cassinos online no Brasil parece ter chegado para ficar. Cada vez mais internautas procuram esse tipo d...