Logo

Padre é preso em flagrante acusado de estuprar menino de 14 anos

Um padre, identificado como Anderson Moraes Domingues, de 43 anos, foi preso em flagrante, acusado de estuprar um adolescente de 14 anos. De acordo com a polícia, a prisão foi feita por volta das 9h em um shopping center no Guarujá, a 86km de São Paulo. A defesa trabalha para reverter a prisão preventiva do acusado.

Foto Ilustrativa/Reprodução: InternetFoto Ilustrativa/Reprodução: Internet

De acordo com o testemunho da vítima, ele trabalhava vendendo balas na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, quando foi abordado pelo padre, que o convidou junto com um amigo para tomar um milk shake no shopping.

No local, o amigo do adolescente teria alertado à segurança do shopping sua desconfiança de que o padre teria “segundas intenções” com eles. O vigia afirmou que passou a observar o religioso e constatou que ele estava sendo carinhoso demais com o menino.

O segurança teria perdido o trio de vista e, por isso, acionou por rádio dois colegas que disseram ter visto o padre entrando com os garotos no banheiro. Ao entrar no local, o segurança disse em depoimento que flagrou o padre e o garoto dentro de uma cabine e que o menino fugiu em seguida.

O religioso foi imobilizado até a chegada da polícia. O padre foi indiciado por “estupro e favorecimento de prostituição”. O acusado é padre desde 2007 e é pároco na região do Campo Limpo, Zona Sul de São Paulo. No dia do crime, ele estava de folga.

A Diocese de Campo Limpo disse em nota que foi informalmente notificada sobre a acusação contra o religioso e que desde então acompanha o caso. "Prosseguimos comprometidos em seguir as determinações da Igreja para tais casos, além de estar, através de seus membros, unida em oração pelos que sofrem", diz trecho de nota.

Com Estado de Minas




Publicidade
Publicidade

© Copyright 2008 - 2020 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks