Menu

Última sexta-feira 13 do ano será de lua cheia, fenômeno propício aos rituais de busca do amor

Se você é do tipo que crê em forças cósmicas e manifestações do além, atenção para este recado do universo: hoje é sexta-feira 13 – a última do ano –, dia de lua cheia. Trata-se da segunda ocorrência do fenômeno em 2019, já que a primeira foi em setembro. Antes disso, apenas duas décadas atrás, em outubro de 2000.

(foto: Ramon Lisboa/EM )(foto: Ramon Lisboa/EM )

A fama desta combinação não costuma ser das melhores. Sextas-feiras que caem no dia 13 já são, por si só, associadas ao azar e a coincidência com a noite de lua cheia, símbolo carregado de misticismo, contribui para reforçar a aura de superstição em torno da data. O sacerdote de matriz africana Márcio de Dandalunda, no entanto, garante que há outra maneira de interpretar o episódio esotérico.

“Sexta-feira 13 é dia de bruxaria, que pode ser boa ou ruim. Aí, vai depender de cada ser humano. Para quem quer fazer o bem, posso dizer que a combinação com a lua cheia é bastante positiva, pois o astro nessa fase traz paz, harmonia, entre outras energias que podem ser canalizadas para atrair conquistas, proteção, reconciliação, uma série de benefícios”, explica o religioso.

O amor, garante Márcio, é a questão mais frequentemente abordada em seus atendimentos, realizados em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. “Especialmente, na sexta-feira 13. Muita gente me procura querendo ajuda para abrir seus caminhos amorosos”, conta o sacerdote, que joga búzios, oferece aconselhamentos, além de consultas com divindades do afro-brasileiras.

Para quem busca ter mais sorte no amor, ele ensina uma simpatia. Veja o passo a passo do ritual.

Simpatia para atrair o “crush”
Você vai precisar de:
01 folha de papel em branco
01 lápis
01 prato branco virgem
02 ovos
02 velas brancas
mel

Como fazer: Escreva o nome do seu amado ou amada cinco vezes na folha e coloque-a sobre o prato. Quebre os dois ovos por cima do papel, sem estourar a gema e regue tudo com bastante mel. Acenda as duas velas brancas e acrescente no prato. Depois, é só pedir a Oxum para abençoar o casal. Os objetos devem ser mantidos por três dias. O descarte deve ser feito ao pé de uma árvore.

Com Estado de Minas




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados