Menu

Inovação: PIX já permite validar assinatura eletrônica em documentos digitais

O PIX, sistema eletrônico de transações bancárias instantâneas criado pelo Banco Central, está sendo cada vez mais usado pelos brasileiros. Com isso, já é possível transferir dinheiro de sua conta instantaneamente sem pagar nenhuma taxa. Isso só acontece graças a Clicksign.

Foto: Marcelo CasalFoto: Marcelo Casal

Agora, a Clicksign, que é uma startup pioneira de assinaturas eletrônicas, lançou uma funcionalidade em que é possível fazer a autenticação digital pelo PIX. O nome dessa nova função é chamada de “Autenticação por PIX”.

O procedimento já está no ar desde o dia 26 de abril, e ele torna mais simples e rápida a validação de documentos digitais. A Clicksign afirma ter feito um estudo detalhado para aplicar essa nova função. Surge então uma parceria feita junto ao Banco Central do Brasil (BCB).

No que se refere a segurança, a empresa garante proteção na realização de operações de empresas de atividades diversas, entre as quais podemos incluir:

- Seguradoras;
- Locadoras de carros;
- Empréstimos financeiros;
- Meio jurídico.

Além disso, a Clicksign conta com um alto grau de confiança no Sistema Financeiro Nacional. A autenticação da assinatura eletrônica pelo PIX é uma alternativa aos processos já fornecidos previamente pela própria Clicksign. Antes de tudo, a autenticação era apenas possível através do SMS, e-mail, WhatsApp ou até mesmo por foto.

Como usar a “Autenticação por PIX”?

Para validar a assinatura eletrônica pelo PIX, o usuário deve entrar na plataforma da Clicksign e acessar o documento a ser validado. Após isso, o cliente deve acessar a opção “Autenticação por Pix”.

Em seguida, aparecerá um QR Code para realizar o processo, e basta enviar um PIX no valor de R$ 0,01 para confirmar a transação. A autenticação também pode ser feita pelo PIX copia e cola. Mas antes disso, deve-se estar com o aplicativo bancário aberto.

Marcelo Kramer, CEO e fundador da Clicksign, expõe a simplificação do uso do PIX, que resulta justamente nesta assinatura eletrônica com grau de confiança harmônico com instituições renomadas do Brasil. Kramer explica ainda que “o uso do PIX traz toda confiabilidade da segurança bancária juntamente com a rapidez que as empresas precisam”.

As novidades do sistema de transferências imediatas

Com as barreiras físicas impostas pela pandemia do coronavírus, empresas como a Clicksign são muito importantes para a digitalização de processos burocráticos. Nesse momento, é visível a presença de uma fase crítica em que não se pode arriscar muito em utilizar os meios presenciais para tal serviço, é aí que entra a importância dessa empresa.

O PIX segue nessa mesma linha, trazendo uma tecnologia digital que veio para revolucionar os meios de pagamentos convencionais, como o próprio boleto, TED e DOC. Para tanto, a evolução do sistema criado pelo Banco Central está com sua agenda a todo vapor. Através disso, surgirão diversas novas funções em breve.

Essa novidade mostra como o PIX tem um grande potencial para muitas outras aplicações, inclusive para virar identidade digital no futuro. Desse modo, a ferramenta está cada vez mais presente na vida dos brasileiros. É importante ficar atento para as novidades da ferramenta, com funções novas como o saque PIX, o PIX Agendado e em breve possibilitando transferências para o exterior em tempo real.

Da Redação com Notícias Concursos





Publicidade

Links patrocinados