Menu

Homem atira em funcionário do McDonald's porque batatas fritas estavam frias

Um homem de 20 anos atirou contra um atendente do McDonald's, de 23 anos, porque as batatas fritas da mãe dele estavam frias. O trabalhador está em estado crítico. O caso foi registrado na última segunda-feira (1º), no Brooklyn, em Nova York, nos Estados Unidos, e foi relatado pela CBS New York.

Cliente reclamou após batata frita ser servida fria — Foto: Pexels/divulgaçãoCliente reclamou após batata frita ser servida fria — Foto: Pexels/divulgação

De acordo com informações das autoridades, uma mulher reclamou que as batatas fritas dela estavam frias. Então, ela começou a discutir com o atendente e, em seguida, chamou o filho para “cuidar do problema.”

O homem se aproximou da vítima, sacou uma arma e atirou no pescoço dela. O atendente foi levado às pressas para um hospital, enquanto o atirador foi preso e ficou sob custódia.

Recentemente, um caso semelhante foi registrado em uma rede de fast-food. Uma funcionária de 26 anos de uma lanchonete da Subway morreu e outra, de 24, ficou ferida após um homem de 36 anos atirar contra elas porque o sanduíche que ele havia pedido chegou com "muita maionese", segundo informou o site norte-americano NBC News.

De acordo com o vice-chefe da polícia de Atlanta, Charles Hampton, o homem entrou no restaurante, pediu um sanduíche e, não contente com o resultado, resolveu atirar contra as duas trabalhadoras.

Um dos proprietários da lanchonete, Willie Glenn afirmou ao canal de notícias FOX5 que o suspeito estava com raiva porque havia "muita maionese em um sanduíche". Ele ainda disse que as duas vítimas eram funcionárias de referência e que estavam no trabalho há menos de um mês.

Com O Tempo 



Publicidade

Links patrocinados MGID