Menu

Manifestações Pró-Lula têm baixa adesão no Brasil e no exterior após evento de Bolsonaro em SP; eventos tornam-se alvo de piadas na internet; VÍDEOS

O governo tentou se desvincular dos protestos, porém o PT convocou filiados e apoiadores para o que denominou como Dia de Mobilização Nacional em Defesa da Democracia. As reivindicações abrangiam uma variedade de temas, desde protestos contra o genocídio na Palestina até pedidos de prisão para Bolsonaro.

Foto: Reprodução InternetFoto: Reprodução Internet

Grupos alinhados à esquerda e apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) marcharam pelas ruas de várias cidades brasileiras e do exterior neste sábado, 23. Convocados por entidades após o presidente anterior, Jair Bolsonaro (PL), reunir uma multidão na Avenida Paulista no mês passado, os protestos foram notavelmente esvaziados.

As convocações divulgadas pela militância do PT para o que chamaram de Dia de Mobilização Nacional em Defesa da Democracia incluíam horário e local de concentração em pelo menos 19 cidades, incluindo Barcelona, na Espanha, e Lisboa, Portugal. No entanto, em várias capitais brasileiras, apenas algumas dezenas de pessoas compareceram.

No Rio de Janeiro, o evento foi cancelado devido ao mau tempo. A maior concentração ocorreu em Salvador, com a presença da presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), mas mesmo assim o evento foi esvaziado. Veja vídeos:

 

O deputado estadual Rosemberg (BA), o presidente do PT na Bahia, Eden Valadares, e o vice-governador do estado, Geraldo Junior (MDB), estiveram presentes.

De acordo com o Monitor do Debate Político no Meio Digital da Universidade de São Paulo (USP), o evento em Salvador atraiu 1,7 mil pessoas por volta das 16h30, considerado o horário de pico. Este número foi calculado com base em 33 fotos aéreas tiradas em diferentes momentos. No evento de Bolsonaro no mês anterior, também monitorado pelo grupo, estima-se que 185 mil pessoas estiveram presentes.

A cúpula do governo de Lula procurou se distanciar da organização dos protestos desde o início. O presidente e os ministros não compareceram a nenhum dos eventos, mas o PT convocou oficialmente os apoiadores à participação.

Em uma nota oficial divulgada no site do partido e enviada aos diretórios estaduais e municipais, o PT pediu aos filiados e apoiadores que saíssem às ruas para defender pautas como "a defesa da democracia" e "a punição daqueles que atentaram contra o Estado Democrático de Direito", sem mencionar o nome de Bolsonaro.

Apesar de a mobilização ter ganhado força após o evento de Bolsonaro na Paulista, os organizadores dos protestos afirmaram que não se tratava de uma resposta direta ao ex-presidente. Bolsonaro atraiu uma multidão na Paulista em 25 de fevereiro. Em São Paulo, o evento do PT foi marcado para o Largo de São Francisco.

O ex-deputado José Genoíno e o ex-ministro José Dirceu estiveram presentes. Dirceu foi condenado e preso três vezes em decorrência dos processos do mensalão e do petrolão. Ele tem ressurgido no cenário político nacional, e parte de seus correligionários defende seu retorno ao comando do PT em 2025, quando Gleisi deixará o cargo.

As pautas dos protestos eram variadas, incluindo faixas, discursos e publicações nas redes sociais pela "memória dos 60 anos do golpe militar", "contra o genocídio na Palestina" e em defesa da "prisão de Bolsonaro".

Também houve relatos de protestos em cidades como Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Campo Grande, Belo Horizonte, Fortaleza e Recife, com a presença de deputados petistas como Maria do Rosário (PT-RS) e o vice-líder do governo no Congresso, deputado federal Bohn Gass (PT-RS), na capital do Rio Grande do Sul, e Rogério Correia, na capital mineira.

Os movimentos de esquerda como Frente Povo Sem Medo (FPSM), Frente Brasil Popular e Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), juntamente com líderes de partidos como PSOL e PCdoB, estavam à frente da organização desses protestos.

Líderes de movimentos sociais que organizaram os protestos criticaram a decisão do governo de não participar do evento. "É inegável que a presença de Lula em qualquer evento aumenta a capacidade de mobilização, mas, na nossa avaliação, a convocação para os eventos de hoje (sábado) já demonstrou sua força", disse Rud Rafael, coordenador-geral do MTST.

A oposição a Lula ridicularizou a baixa adesão em publicações nas redes sociais.

Da Redação com Terra Brasil

Clique e siga as redes sociais do SeteLagoas.com.br para ficar bem informado: InstagramTwitterThreadsYouTubeTikTok e Facebook

Receba as notícias do SeteLagoas.com.br via Whatsapp AQUI



Publicidade

+ Brasil

Justiça mantém prisão de mulher que tentou obter empréstimo com cadáver do tio

Justiça mantém prisão de mulher que tentou obter empréstimo com cadáver do tio

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu, em uma audiência de custódia realizada na quinta-feira (18), que Érika ...

André Marques revela batalha pessoal contra vício em tabaco

André Marques revela batalha pessoal contra vício em tabaco

O ex-apresentador da Globo, André Marques, expressou em suas redes sociais a luta que enfrenta contra o vício em cigarro...

Dicas de viagem: 8 aplicativos que todo viajante deveria conhecer

Dicas de viagem: 8 aplicativos que todo viajante deveria conhecer

É fato: a tecnologia continua facilitando a vida dos viajantes aqui no Brasil e ao redor do mundo. Com o surgimento de n...

Número de mortes por dengue em 2024 bate novo recorde e já é o maior do século no Brasil

Número de mortes por dengue em 2024 bate novo recorde e já é o maior do século no Brasil

Apenas neste ano, a dengue foi responsável pela morte de 1,5 mil indivíduos. A diminuição dos recursos do Ministério da ...

STF vai julgar novamente bloqueio do Telegram no Brasil; entenda o caso

STF vai julgar novamente bloqueio do Telegram no Brasil; entenda o caso

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai reavaliar uma decisão liminar de 2016 que suspendeu o bloqu...

Confira agora os documentos confidenciais de Moraes divulgados pelo congresso dos EUA

Confira agora os documentos confidenciais de Moraes divulgados pelo congresso dos EUA

A ala republicana da Comissão de Justiça da Câmara dos Representantes dos EUA publicou um relatório acusando o Brasil de...

FMI piora projeção fiscal do Brasil e estima superávit somente após o final do Governo Lula

FMI piora projeção fiscal do Brasil e estima superávit somente após o final do Governo Lula

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou para baixo suas estimativas fiscais para o Brasil, prevendo déficits primá...

Embarcação encontrada no Pará tinha como destino Ilhas Canárias, diz PF

Embarcação encontrada no Pará tinha como destino Ilhas Canárias, diz PF

Nove corpos foram encontrados em uma embarcação artesanal à deriva no litoral do Pará no último sábado (13). A Polícia F...

Começa hoje (17) o pagamento do Bolsa Família e Auxílio Gás de abril pela Caixa Econômica Federal

Começa hoje (17) o pagamento do Bolsa Família e Auxílio Gás de abril pela Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal inicia o pagamento da parcela de abril do Bolsa Família. Nesta quarta-feira (17), os beneficiá...

VÍDEO: mulher leva morto em cadeira de rodas para sacar empréstimo de R$ 17 mil e pede a ele: 'Assina'

VÍDEO: mulher leva morto em cadeira de rodas para sacar empréstimo de R$ 17 mil e pede a ele: 'Assina'

Em um episódio perturbador ocorrido nesta terça-feira (16), na Zona Oeste do Rio de Janeiro, uma mulher foi detida após ...

O SeteLagoas.com.br utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência!
Termos