Menu

Embarcação encontrada no Pará tinha como destino Ilhas Canárias, diz PF

Nove corpos foram encontrados em uma embarcação artesanal à deriva no litoral do Pará no último sábado (13). A Polícia Federal (PF) acredita que o barco, sem leme, motor ou sistema de direção, partiu da Mauritânia, na África, com destino às Ilhas Canárias, no arquipélago espanhol, rota migratória comum para entrada no continente europeu. Estima-se que pelo menos 25 pessoas estavam a bordo, e as causas da tragédia ainda estão sendo investigadas.

Imagem: ItatiaiaImagem: Itatiaia

Indícios apontam para rota migratória conhecida por perigos e mortes. Segundo a PF, documentos e objetos encontrados junto aos corpos indicam que as vítimas eram migrantes da região da Mauritânia e Mali, mas outras nacionalidades não são descartadas. A perícia inicial foi realizada em conjunto com a Polícia Científica do Pará.

Mortes durante travessias migratórias são alarmantes. A Organização Internacional das Migrações no Brasil (OIM) lamentou as mortes e se solidarizou com as famílias. Entre 2014 e 2023, mais de 64 mil pessoas morreram ou desapareceram em rotas migratórias, com afogamentos sendo a principal causa documentada (quase 60%). A OIM defende medidas urgentes como fortalecimento de busca e resgate, facilitação de vias migratórias seguras e regulares, e ações baseadas em evidências para prevenir mortes.

Relatório da OIM revela aumento de mortes na rota do Atlântico. Em 2023, 1.866 mortes de migrantes africanos foram registradas, um aumento em relação às 1.031 de 2022. A rota do Deserto do Saara para o norte da África e a rota do Atlântico para as Ilhas Canárias são as mais utilizadas. O relatório aponta o aumento de migrantes do Senegal e da Mauritânia como um dos fatores para o crescimento no número de mortes na rota do Atlântico (959 em 2023 contra 559 em 2022).

Contexto de origem dos migrantes revela instabilidade e violência. Um em cada três migrantes vem de países em conflito, como o Mali, um dos prováveis países de origem das vítimas no Pará. O Alto-Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) também lamentou as mortes e reforçou a necessidade de uma abordagem compartilhada e integrada entre os países, com ações que apoiem pessoas deslocadas por violações de direitos humanos, perseguições, desastres climáticos e violência.

Brasil reconhece situação de violações no Mali e facilita refúgio para populações afetadas. Em julho de 2022, o país reconheceu a grave situação no Mali e Burkina Faso, facilitando o processo de solicitação de refúgio para pessoas desses países. Procedimentos similares também se aplicam a solicitantes do Afeganistão, Iraque, Venezuela e Síria.

Combate ao tráfico de pessoas e apoio aos refugiados são medidas cruciais. O Acnur destaca a necessidade de combater o tráfico de pessoas, que se aproveita da vulnerabilidade dos migrantes, e de fortalecer os sistemas de asilo nos países de destino. A organização reitera a importância de abordar os desafios do deslocamento forçado em todos os níveis para garantir a proteção internacional e a segurança dos refugiados.

A tragédia no litoral paraense serve como um lembrete dos perigos enfrentados por milhares de pessoas que fogem de seus países em busca de uma vida melhor. É urgente que medidas sejam tomadas para garantir a segurança dos migrantes e combater as redes de tráfico que exploram sua vulnerabilidade.

Da redação com Agência Brasil 



Publicidade

+ Brasil

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2730, e prêmio vai a R$ 80 milhões; veja números sorteados

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2730, e prêmio vai a R$ 80 milhões; veja números sorteados

O resultado da Mega-Sena 2730 foi divulgado nesta terça-feira (28) em São Paulo, com um prêmio de R$ 71.942.539,55. N...

Corpus Christi: entenda origem da data

Corpus Christi: entenda origem da data

Muitos brasileiros aproveitam o dia de Corpus Christi, celebrado nesta quinta-feira (30/5), para viajar ou descansar. O...

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2729, e prêmio vai a R$ 75 milhões; veja números sorteados

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2729, e prêmio vai a R$ 75 milhões; veja números sorteados

O resultado da Mega-Sena 2729, com prêmio de R$ 47.628.974,41, foi divulgado neste sábado (25), em São Paulo, e ningu...

Mais de 30 milhões de contribuintes já entregaram declaração do Imposto de Renda

Mais de 30 milhões de contribuintes já entregaram declaração do Imposto de Renda

A oito dias do fim do prazo, o número de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física entregues ao Fisco superou a ...

Mais de 50 mil bloqueios de celulares registrados no programa Celular Seguro

Mais de 50 mil bloqueios de celulares registrados no programa Celular Seguro

Mais de 50 mil bloqueios de celulares foram registrados no programa Celular Seguro, até a manhã desta quarta-feira (22...

Governo libera R$ 9,5 bilhões em restituição do IR para 5,6 milhões; veja se você está na lista

Governo libera R$ 9,5 bilhões em restituição do IR para 5,6 milhões; veja se você está na lista

Cerca de 5,6 milhões de brasileiros receberão a restituição do Imposto de Renda no dia 31 de maio, o maior lote de p...

Desenrola Brasil tem adesão prorrogada; confira novo prazo e quem pode participar

Desenrola Brasil tem adesão prorrogada; confira novo prazo e quem pode participar

Pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Fede...

Lugares para surfar? Conheça 4 excelentes opções aqui no Brasil

Lugares para surfar? Conheça 4 excelentes opções aqui no Brasil

Ultrapassando os limites do esporte e assumindo o papel de um modo de vida, o surfe proporciona uma experiência que tra...

Caixa paga parcela de maio do novo Bolsa Família para beneficiários com NIS final 2

Caixa paga parcela de maio do novo Bolsa Família para beneficiários com NIS final 2

Nesta segunda-feira (20), a Caixa Econômica Federal inicia o pagamento da parcela de maio do novo Bolsa Família aos be...

Prazo final para renegociação de dívidas no Desenrola Brasil termina hoje (20)

Prazo final para renegociação de dívidas no Desenrola Brasil termina hoje (20)

Pessoas com dívidas de até R$ 20 mil que ganham até dois salários mínimos ou estão inscritos no Cadastro Único pa...