Menu

Sete Lagoas > Notícias > Cidades

Sem aglomeração: Prefeitura de Pedro Leopoldo volta atrás e fecha comércio não essencial

  • Categoria: Cidades

 

A Prefeitura de Pedro Leopoldo, que fica na Grande BH, anunciou, nesse sábado, que o comércio não essencial voltará a ser fechado para "avaliação de isolamento intermitente". Reabertura parcial começou no início de maio.

Foto: Divulgação Prefeitura de Pedro LeopoldoFoto: Divulgação Prefeitura de Pedro Leopoldo

A partir de segunda, funcionará sem aglomeração, meia porta e/ou agendamento: supermercados, padarias, sacolões, açougues, postos de combustíveis, casas de ração, hospitais, farmácias, mecânicas, borracharias, lojas de consertos de celulares, materiais de construção, distribuidoras de gás e água, óticas, chaveiros e lojas de alvenaria.

Bares, restaurantes e lanchonetes podem funcionar por meio de entrega a domicílio ou retirada no local.

Em regime de urgência, funcionará clínicas médicas e odontológicas. E instituições financeiras e casas lotéricas abrem com restrição e controle de público.

Número de casos

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, Pedro Leopoldo tem 336 casos notificados, sendo 54 descartados e 275 suspeitos. O município tem sete casos confirmados de coronavírus. Todos os óbitos suspeitos foram descartados.

Sobre o sétimo caso confirmado nesse sábado, a administração municipal informa que se trata de um homem, com 38 anos, profissional de saúde, que apresentou sintomas leves e já está recuperado.

"Reafirmamos que a maneira de evitar o contágio é mantendo as medidas de prevenção e isolamento social. Portanto, fique em casa e saia de sua residência somente se for necessário fazendo sempre o uso de máscaras", informa a nota da prefeitura divulgada em rede social.

Da redação com EM

Sanitização de ambientes é importante para evitar a proliferação do coronavírus em empresas

  • Categoria: Cidades

A sanitização de ruas e empresas ganhou destaque na mídia nacional quando começou a ser adotada pela China como ferramenta de combate ao covid-19. Aqui em Minas, prefeituras como a de Paraopeba e algumas empresas de Sete Lagoas também já adotaram o método para evitar a proliferação do vírus.

A empresa Dedetizar desenvolve grande trabalho na área de sanitização de ambientes/Foto: DivulgaçãoA empresa Dedetizar desenvolve grande trabalho na área de sanitização de ambientes/Foto: Divulgação

Segundo recomendação do Ministério da Saúde, para desinfetar os ambientes que podem estar contaminados pelo coronavírus, é importante aplicar o saneantes com registro no Ministério da Saúde conforme especificações da ANVISA. “Neste momento, o serviço de sanitização tem como objetivo reduzir microrganismos críticos à saúde em níveis considerados seguros, com base em parâmetros estabelecidos.Com a flexibilização dos negócios e a retomada dos setores comerciais, quanto mais medidas preventivas o empresário seguir, mais resguardado estará sua empresa, seus clientes e os seus colaboradores.”, afirma Cezar Tameirão, responsável técnico da Dedetizar Controle Ambiental.

Desde o mês de março, a empresa vem qualificando seus funcionários para prestar esse tipo de serviço e atender a demanda dos seus clientes e região. “Já atuo com várias empresas e como o trâmite das pessoas tanto em um supermercado quanto em uma indústria bastante alto, este tipo de medida juntamente com as demais são essenciais para evitar o contágio da doença”, afirma Cezar.

Assim que a Dedetizar começou a oferecer o serviço, foi feito de forma voluntária um trabalho de sanitização no laboratório montado em Sete Lagoas para a realização de testes da Covid-19. Quando feito, a aplicação ocorre em todas as áreas, mas enfatiza superfícies que tendem a serem mais tocadas como maçaneta, equipamentos, bancadas, corrimãos, dentre outros lugares. A frequência que deve ocorrer o processo deve ser analisada caso a caso. “Fazemos a higienização em um dia, contudo se posteriormente uma pessoa infectada estiver no espaço, o ambiente estará sujeito a uma nova contaminação.”, conta Cézar.

A sanitização de ambientes de trabalho é essencial nestes tempos de pandemia/Foto: Ascom Dedetizar

Segue a lista de algumas empresas que já tem adotado a medida:

- Hotel Real;

- Hotel Atlas;

- Clínica IPEME;

- IVECO;

- MONTICH;

- Prefeitura de Paraopeba;

- Laboratório UNIFEMM;

- Residências.

Conteúdo de responsabilidade do anunciante

Por Bruna Aguiar

Links patrocinados