Menu

Governo de Minas abre seleção para vagas com salários de até R$ 6.600

O Governo de Minas Gerais está com novas vagas abertas meio do programa Transforma Minas. As oportunidades são para cargo de provimento em Comissão que responderá pela Coordenadoria de Políticas para Mulheres - na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) - e para superintendente Central de Análise e Supervisão Correcional, chefe do Núcleo Técnico e assessor(a) Estratégico e de Gestão de Riscos - esses três, para atuação na Controladoria-Geral do Estado (CGE).

 Foto: Reprodução/InternetFoto: Reprodução/Internet

Na Sedese, a coordenadoria é responsável por planejar, coordenar, supervisionar, orientar, articular e avaliar ações de promoção e defesa de direitos das mulheres. A jornada é de 40 horas semanais e o profissional será lotado na Cidade Administrativa do Governo do Estado, em Belo Horizonte.

Alguns dos principais desafios: fomentar e implementar o fluxo de atendimento das mulheres em situação de violência doméstica familiar; fomentar e implementar ações que visem à autonomia econômica das mulheres, à ampliação da participação política, à construção de relações igualitárias de gênero e à saúde integral, bem como à garantia dos direitos sexuais e reprodutivo das mulheres.

Os pretendentes ao cargo passarão por testes de habilidades técnicas, análise de currículo, além de outras metodologias com foco em competências.

Os pré-requisitos da vaga e demais detalhes estão disponíveis em www.transformaminas.mg.gov.br.

Vagas na CGE

Para se inscrever nas oportunidades da Controladoria-Geral do Estado, o candidato deve ser servidor efetivo de órgão/instituição do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais, ter ensino superior completo e conhecimento teórico e/ou prático nas áreas. O processo seletivo é composto por duas etapas: análise curricular e entrevista.

O assessor (a) Estratégico e de Gestão de Riscos terá, entre outras atribuições, o planejamento estratégico, gestão de riscos do órgão, elaboração e gestão de acordos de cooperação técnica, mapeamento de processos, criação de fluxos internos e monitoramento do Plano de Integridade. O profissional cumprirá jornada de trabalho de 40 horas semanais. A remuneração mensal é de R$ 3.300 mais auxílio refeição de R$ 47 por dia trabalhado. Os interessados devem se inscrever até o próximo domingo (8/12), no máximo até às 11h59, horário de Brasília.

Já a Superintendência Central de Análise e Supervisão Correcional tem como competência planejar, coordenar, supervisionar e orientar ações correcionais dos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual. O profissional deverá cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais. A remuneração mensal é de R$ 6.600 mais auxílio refeição de R$ 47 por dia trabalhado. As inscrições para o cargo ficam abertas até às 11h59 (horário de Brasília) da próxima quarta-feira (11/12).

A terceira vaga da CGE é para o Núcleo Técnico, que tem como competência apoiar diretamente o corregedor-geral do Estado e realizar a análise técnica de procedimentos administrativos disciplinares e processos administrativos de responsabilização. O profissional deverá cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais. A remuneração mensal é de R$ 3.300 mais auxílio refeição de R$ 47 por dia trabalhado. As inscrições também vão até quarta-feira (11/12), às 11h59 (horário de Brasília).

Transforma Minas

O Transforma Minas é um programa do Governo de Minas, coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), inspirado em modelos internacionais de boas práticas em gestão de pessoas. que seleciona profissionais para posições de lideranças na administração pública.

Durante o processo, os interessados passam por criterioso processo seletivo, focado no conhecimento técnico dos cargos pleiteados, e no perfil de competência necessário para cada cargo.

Com Hoje em Dia




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados