Menu

Cruzeiro anuncia redução de 25% nos salários do elenco e comissão técnica

O Cruzeiro confirmou na última quinta-feira a redução de 25% no salário dos atletas e da comissão técnica. A medida, que passou a valer a partir dessa sexta, 1º de maio, já era estudada pelo conselho gestor, que vem buscando maneiras para enfrentar as dificuldades financeiras, agora as provocadas pela pandemia do novo coronavírus. Recentemente, a Raposa já tinha anunciando a suspensão de contratos da maioria dos funcionários (cerca de 70%), conforme autorização da MP do governo federal.

Foto: Bruno Haddad/CruzeiroFoto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Não há previsão para que os vencimentos voltem a ser pagos de forma integral. A informação foi inicialmente divulgada pelo Globoesporte.com e confirmada pela reportagem do Super.FC em contato com o clube celeste.

Uma reunião por videoconferência com as lideranças do grupo de atletas estava agendada para a quinta-feira, mas foi remarcada. No início da temporada, os principais nomes do clube tiveram os vencimentos reajustados devido à crise financeira deixada pela gestão anterior. Alguns, como o lateral Edilson, apontaram um reajuste de superior a 70%.

O pagamento do mês de abril se encontra em atraso, e a diretoria aponta que está em contato com apoiadores para tentar sanar a dívida com o elenco estrelado. O Cruzeiro não entra em campo desde o dia 15 de março, quando foi derrotado pelo Coimbra por 1 a 0, no Independência, pela nona rodada do Campeonato Mineiro.

Com Super.FC




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados