Menu

Rubens Menin diz que Atlético economizou R$100 mi com demissões

O empresário Rubens Menin (MRV e Banco Inter) disse que o Atlético economizou R$ 100 milhões com as demissões de funcionários que tinham altos salários e corte de 'disperdícios'. Ele ainda aproveitou para 'alfinetar' o Cruzeiro ao dizer que o clube vai enfrentar problemas por 'não ter patrimônio'. As declarações foram dadas ao portal 'Fala Galo'.

Rubens Menin criticou desperdícios no Atlético (Foto: Divulgação / MRV)Rubens Menin criticou desperdícios no Atlético (Foto: Divulgação / MRV)

"Não falamos que ia ser fácil, nunca é. Vocês sabem das dificuldades para construir o estádio, mas estão vendo a maravilha que está acontecendo. O Atlético precisa se profissionalizar e está começando a fazer isso. Estamos enxugando desde o ano passado mais de R$ 100 milhões em excessos com cargos, altos salários e desperdícios", disse.

"Enxugamos desde esse novo período mais de R$ 100 milhões com super salários e estamos ajustando o clube aos valores e práticas do mercado. Não é possível sanear um clube com desperdícios. Teve não sei quando, uma viagem, acho que para Uberlândia, que foi cheia de excessos, não pode fazer isso com os recursos do clube", acrescentou.

Nos últimos meses, o Atlético demitiu o diretor de futebol, Alexandre Mattos, o diretor das categorias de base, Júnior Chávare, e o diretor de comunicação, Domênico Bhering, entre outros.

Dívida total

Apesar do alto investimento no futebol graças a parceiros, não é novidade para ninguém que o Atlético vive grave crise financeira, como admitiu o presidente Sérgio Coelho em entrevista ao Superesportes.

Na última sexta-feira, o colunista do Estado de Minas, Jaeci Carvalho, afirmou que a dívida geral do alvinegro ultrapassará a marca de R$ 1 bilhão no balanço que será divulgado oficialmente em abril.

Segundo a coluna, o valor da dívida aumentou em cerca de R$ 300 milhões em 2020, último ano de gestão do presidente Sérgio Sette Câmara. Além dos valores investidos em contratações e pagamentos de salários - o clube contou com ajuda dos 4 R’s (Renato Salvador, Ricardo Guimarães, Rafael Menin e Rubens Menin), a arrecadação foi bem menor em função da pandemia do coronavírus, que afastou os torcedores dos estádios desde março passado.

Rubens Menin disse que o Atlético tem patrimônio e, assim, possui formas de pagar suas dívidas. Na resposta, ele alfinetou o Cruzeiro.

“O Atlético está construindo um estádio, tem metade de um shopping, tem um plantel avaliado em cerca de R$ 600 milhões. Ué! Com todo respeito, mas quem tem problemas é o Botafogo e o Cruzeiro que não têm patrimônio, o Atlético tem patrimônio e tem como pagar suas contas. Eles se incomodam é porque sabem que o Galo vai fazer bonito”.

Com Super Esportes





Publicidade

Links patrocinados