Menu

Atlético vence o Remo no Mineirão e avança às oitavas da Copa do Brasil

O Atlético está classificado para as oitavas de final da Copa do brasil. Na noite desta quinta-feira, no Mineirão, o Galo não teve dificuldades para vencer o Remo por 2 a 1. Réver e Hulk marcaram pelo alvinegro, enquanto Romércio balançou as redes pelos visitantes.

Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A PressFoto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

O alvinegro já havia conquistado o resultado positivo na última semana, no estádio Baenão, em Belém, no Pará. O jogo de ida foi vencido pelo Galo por 2 a 0. Nesta noite, o time apenas confirmou o favoritismo e avançou no torneio.

Pela classificação às oitavas de final, o Atlético garantiu mais R$ 2,7 milhões em premiação. Antes, o Galo já havia somado R$ 1,7 milhão por disputar a terceira fase da Copa do Brasil.

O próximo rival do Atlético na competição será definido por sorteio. A CBF ainda não definiu quando realizará o novo chaveamento.

Enquanto isso, o Galo volta o foco para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, às 16h, no Mineirão, o Atlético recebe o São Paulo, pela 3ª rodada da competição.

O jogo

O técnico Cuca utilizou as principais peças disponíveis para o duelo contra o Remo. O único jogador poupado foi o zagueiro Igor Rabello, que ficou no banco de reservas.

O Atlético dominou a etapa inicial. A equipe alvinegra, bem postada em campo, não deu muitas chances ao Remo. Ofensivamente, o Galo conseguiu encontrar espaços entre as linhas dos adversários e criou diversas oportunidades.

Na primeira, aos 10’, o Galo abriu o placar. Hyoran cobrou escanteio na primeira trave, Réver desviou com uma ‘casquinha’ e encobriu o goleiro Vinícius para balançar as redes: 1 a 0.

Depois, o Atlético se aproveitou dos erros defensivos do Remo para criar chances. Dodô e Hyoran pararam no goleiro adversário. A trave também salvou os visitantes em três oportunidades: Keno, livre e cara a cara com o goleiro, Nacho Fernández, de cabeça, e Thiago Ennes, que tentou cortar passe e quase marcou contra.

Mas, valeu a ‘velha máxima’ do futebol: quem não faz, leva. No último lance do primeiro tempo, Keno cortou mal um lançamento e bola foi na direção de Romércio. O zagueiro antecipou Hulk, ajeitou o corpo e soltou uma pancada, no ângulo de Everson, para fazer um golaço: 1 a 1.

O gol poderia deixar o Remo mais empolgado para buscar a reação no segundo tempo, mas a equipe visitante sofreu um balde de água fria logo aos 4’. Após falta cobrada na área, Rafael Jensen derrubou Réver. Pênalti marcado para o Galo e convertido por Hulk, que deslocou o goleiro Vinícius: 2 a 1.

Depois do gol, o jogo ficou morno. Cuca aproveitou para fazer mudanças na equipe e dar ritmo a alguns atletas. Entre eles entrou Jair, que acabou cometendo pênalti pouco depois. Após finalização do Remo, a bola bateu no braço do volante alvinegro. Na cobrança, Felipe Gedoz chutou no canto direito, mas Everson conseguiu defender e garantir o triunfo alvinegro no Mineirão.

ATLÉTICO 2 X 1 REMO

Atlético
Everson; Mariano, Gabriel, Réver e Dodô; Allan (Jair, 25/2°T), Tchê Tchê, Nacho Fernández (Sávio, 32/2°T) e Hyoran (Nathan, 25/2°T); Keno (Marrony, 25/2°T) e Hulk (Eduardo Sasha, 28/2°T)
Técnico: Cuca

Remo
Vinícius; Thiago Ennes (Wellington Silva, 31/2°T), Romércio, Rafael Jensen e Igor Fernandes (Marlon, 24/2°T); Anderson Uchôa (Arthur, 31/2°T), Lucas Siqueira e Felipe Gedoz; Jefferson (Gabriel Lima, 24/2°T), Dioguinho e Renan Gorne (Edson Cariús, 24/2°T)
Técnico: Paulo Bonamigo

Gols: Réver, 10/1°T; Romércio, 45/1°T; Hulk, 6/2°T

Motivo: jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: quinta-feira, 10 de junho
Horário: 19h

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Da Redação com Superesportes





Publicidade

Links patrocinados