Menu

Atlético-MG é derrotado pelo Atlético-GO em Goiânia e perde invencibilidade de 18 jogos no Brasileiro

O Atlético deu adeus à longa invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Galo foi superado pelo Atlético-GO, de virada, por 2 a 1, no estádio Antônio Accioly, pela 27ª rodada da Série A. Líder isolado, o Alvinegro não era derrotado na Série A há 18 jogos - desde 27 de julho, quando caiu para o Santos, na Vila Belmiro.

Foto: Pedro Souza/AtléticoFoto: Pedro Souza/Atlético

Com o resultado, o Atlético fica com 56 pontos e pode ter a vantagem na liderança encurtada caso o Flamengo vença o Cuiabá neste domingo, no Maracanã. Os cariocas estão a 11 pontos atrás do Galo. Já o Atlético-GO sobe para o décimo lugar, com 34 pontos. O Dragão não triunfava em casa há dez rodadas.

Na próxima rodada, o Atlético busca a reabilitação diante do Cuiabá, no domingo que vem, às 16h, no Mineirão. Antes, a equipe de Cuca inicia a decisão nas semifinais da Copa do Brasil, contra o Fortaleza, nesta quarta-feira, às 21h30, também no Gigante da Pampulha.

O jogo

O Atlético controlou o jogo amplamente durante o primeiro tempo. Apesar dos 67% de posse de bola, o Galo teve dificuldades para criar oportunidades de gol. Logo aos sete minutos, a equipe alvinegra teve um pênalti marcado após toque de braço de Gabriel Baralhas. No entanto, o árbitro consultou o VAR e anulou a penalidade.

Nacho Fernández e Hulk se esforçaram na criação, mas não brilharam como habitualmente. O Atlético-GO teve a principal oportunidade em finalizações em sequência de Janderson e Zé Roberto, ambas defendidas por Everson.

O roteiro no início do segundo tempo seguiu o mesmo, com controle e´pressão do Atlético na saída de bola do adversário. Arana chegou assustar o goleiro Fernando Miguel em chute de fora da área. Mas foi Nathan Silva, que atuou emprestado pelo Atlético-GO no início da temporada, o responsável por abrir o placar no Antônio Accioly. Aos 15 minutos, o zagueiro aproveitou cobrança de escanteio de Nacho, subiu na pequena área e testou firme para confirmar a 'lei do ex': 1 a 0.

O empate do Atlético-GO saiu apenas quatro minutos depois. Marlon Santos interceptou saída errada da defesa alvinegra e serviu Janderson, livre na área, que mandou para as redes: 1 a 1. O gol animou o Dragão. Empurrado pelos gritos da torcida, os goianos conseguiram a virada aos 35 minutos. Em lance de escanteio, Oliveira ficou com a sobra na área e definiu o placar: 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 2 x 1 ATLÉTICO-MG

Data: 17 de outubro de 2021
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia
Horário: 18h15 (de Brasília)
Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima (SP);
VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)
Cartão amarelo: Zé Roberto (AGO)

GOLS:
ATLÉTICO-MG: Nathan Silva, aos 13 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-GO: Janderson, aos 19, e Oliveira, aos 35 minutos do segundo tempo.

ATLÉTICO-GO 

Fernando Miguel; Arnaldo (Oliveira), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas (Marlon Freitas), Willian Maranhão e Janderson; André Luís, Zé Roberto (Montenegro) e Ronald (João Paulo)
Técnico: Eduardo Souza.

ATLÉTICO-MG

Everson, Guga (Hyoran), Alonso, Nathan Silva, Arana; Allan, Tchê Tchê (Borrero), Zaracho (Calebe), Nacho, Keno (Sasha) e Hulk.
Técnico: Cuca

Da Redação com Superesportes




Publicidade

Links patrocinados MGID