Menu

Cruzeiro bate Sport em casa, mantém 100% em seus domínios e segue soberano na Série B

Embora com enredo diferente, já que sofreu seu primeiro gol dentro de casa, o Cruzeiro venceu mais uma na Série B. O derrotado da vez foi o Sport, que saiu na frente do placar, com Kayke, mas viu a Raposa virar ainda na primeira etapa e garantir o triunfo por 2 a 1. Sabino contra e Daniel Jr também balançaram a rede do Mineirão na noite desta terça (28).

foto: Juarez Rodrigues/EM D.A Pressfoto: Juarez Rodrigues/EM D.A Press

Com o placar, o Cruzeiro alcança 34 pontos e volta a abrir quatro de vantagem para o vice-líder Vasco, que entra em campo às 21h30 desta quarta-feira (28), contra o Novorizontino, no interior de São Paulo. Em relação ao Sport, 5° colocado, a Raposa tem 13 de diferença.

Vale lembrar que a Raposa não entrou em campo na última rodada, uma vez que seu jogo contra o Ituano foi adiado para as 19h de 5 de julho (terça), no Novelli Júnior, em Itu.

O próximo compromisso da Raposa pela Série B será na sexta-feira, 1º de julho, às 21h30, diante do Vila Nova. A partida também será disputada no Mineirão. O Sport, por sua vez, entrará em campo no domingo (3), às 16h, contra o Vasco, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O jogo

Intenso e organizado, o Cruzeiro amassou o Sport em grande parte da etapa inicial - 14 a 3 no placar das finalizações e 60% de posse de bola. O time celeste criou inúmeras chances de abrir já a partir dos 3', quando Edu recebeu na área e obrigou Mailson a fazer grande defesa após tentativa pelo alto.

Aos 10', aos 11' e aos 12', em jogadas praticamente seguidas protagonizadas por seus atacantes, a Raposa também chegou com perigo ao gol do Sport. Bem diferente da última partida, quando foi superado pelo Fluminense pela Copa do Brasil, nesta terça o Cruzeiro foi agressivo.

Apesar do domínio, o time de Pezzolano viu o Sport abrir o placar do Mineirão em lance fortuito. Aos 18', após transição bem feita, Kayke apostou na jogada individual, driblou Zé Ivaldo e Oliveira, e acertou bonito chute, no ângulo esquerdo de Rafael Cabral. 1 a 0.

O Cruzeiro não mudou a forma de jogar e seguiu mais perto do gol adversário. Assim, o empate não demorou a sair. Aos 25', em construção que começou com o zagueiro Zé Ivaldo, Geovane cruzou da direita, o zagueiro Sabino cortou errado e marcou contra contra. 1 a 1.

Empurrado por seu torcedor, que voltou a marcar presença no Mineirão, o Cruzeiro usou os minutos finais do primeiro tempo para virar o jogo. Aos 40', Daniel Jr pedalou para cima de Ewerthon e finalizou de dentro da área. A bola desviou no lateral adversário antes de estufar a rede. 2 a 1.

Mais organizado, o Sport voltou para o segundo tempo conseguindo neutralizar o controle celeste. Embora tenha seguido com estratégia reativa, o Leão diminuiu os espaços dados na primeira etapa e viu o Cruzeiro errar além do normal - especialmente no setor defensivo.

Apesar do rendimento pior na etapa final, a Raposa conseguiu conquistar mais uma vitória na Série B do Campeonato Brasileiro e a manutenção dos 100% de aproveitamento dentro de casa.

CRUZEIRO 2x1 SPORT

Cruzeiro
Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Lucas Oliveira e Eduardo Brock; Geovane Jesus (Rômulo), Willian Oliveira, Neto Moura, Daniel Jr (Adriano) e Matheus Bidu; Luvannor (Rodolfo) e Edu (Vitor Leque). Técnico: Paulo Pezzolano.


Sport
Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Sander (Venegas); Fabinho, Bruno Matias e Thiago Lopes (Bill); Luciano Juba, Kayke e Alan (Blas Cáceres). Técnico: César Lucena (auxiliar).

Gols: Kayke (aos 18'1°T), Sabino (contra, aos 20'1°T), Daniel Jr (aos 40'1°T)
Cartões amarelos: Fabinho, Sander (Sport); Oliveira, Zé Ivaldo (Cruzeiro)

Público: 39.032
Renda: R$ 1.008.670,50

Motivo: 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 28 de junho de 2022 (terça-feira), às 21h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Da Redação com Superesportes



Publicidade

Links patrocinados MGID