Menu

Idoso de 81 anos é suspeito de injúria racial contra mulher: ‘macaca’

“Macaca”. Com esse xingamento racista, um idoso de 81 anos teria atacado uma mulher (41) durante uma viagem de ônibus entre Santos Dumont e Juiz de Fora, ambos municípios na região da Zona da Mata de Minas Gerais, nessa segunda-feira (02). Ela ainda o teria questionado sobre os dizeres agressivos, ao que o suspeito teria confirmado tê-la xingado.

Crime aconteceu em um ônibus, e a polícia foi acionada na rua Quinze de Fevereiro./ Foto: Street View/ReproduçãoCrime aconteceu em um ônibus, e a polícia foi acionada na rua Quinze de Fevereiro./ Foto: Street View/Reprodução

Outros passageiros ouviram a discussão e exigiram que o motorista parasse o ônibus ate a chegada da Polícia Militar (PM). O veículo permaneceu estacionado em Ewbank da Câmara, também na Zona da Mata, até homem ser detido e levado à delegacia de Polícia Civil da região.

Aos militares, a mulher contou ter embarcado no ônibus com destino a Juiz de Fora e se sentado em um banco próximo à roleta. Alguns minutos depois, o idoso também entrou no ônibus. Ele, então, teria parado na frente dela e dito que “queria se sentar, mas não podia”, como descrito no boletim de ocorrência. Depois de reclamar, o homem teria concluído chamando-a de “macaca”.

Ainda segundo ela, ao ouvir o xingamento, o questionou a respeito do que ele a teria chamado. O suspeito, então, teria assumido tê-la chamado de “macaca” e repetido a injúria. Os passageiros do ônibus relataram à polícia a mesma versão contada pela mulher.

Para tentar se defender, o suspeito relatou que “tem costume de brincar com as pessoas” e negou ter chamado a mulher de “macaca”. Após colher os depoimentos, os militares o prenderam em flagrante e o levaram à Delegacia de Polícia Civil.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados