Menu

Mortes por coronavírus em Minas passam de 200; 10 foram confirmadas nas últimas 24h

Um dia após ter quebrado o recorde de maior número de mortes em apenas 24 horas, Minas Gerais alcançou mais uma triste marca nesta sexta-feira (22). O balanço da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) aponta, pela primeira vez, mais de duas centenas de mortes causadas em decorrência da Covid-19. Apenas entre quinta-feira (21) e esta manhã, dez novos óbitos em decorrência da infecção pelo coronavírus receberam comprovação do órgão de saúde.

Foto: Rubia Cely/FunedFoto: Rubia Cely/Funed

O número de casos também não para de crescer aceleradamente – ainda na quarta-feira (20), o estado quebrou também o recorde de maior quantidade de pacientes com diagnóstico confirmado de um dia para o outro, 309 entre terça-feira e quarta de manhã. Entretanto, este recorde também acabou rompido nesta sexta-feira: nas últimas 24 horas, 399 novos casos de coronavírus foram confirmados pelo órgão estadual – este é o maior número desde o começo da pandemia, cerca de 16 casos por hora. Agora são 5.995 confirmados em 365 municípios de Minas Gerais.

A situação é preocupante em algumas dessas cidades, especialmente em Belo Horizonte que concentra a maior quantidade de casos e óbitos em decorrência da Covid-19. O número de novos pacientes diagnosticados subiu de 1.280, registrados nessa quinta-feira (21), para 1.312 nesta sexta-feira, 32 a mais. Os óbitos também aumentaram, são 39 em BH causados pela infecção. Os três novos que aparecem no relatório da SES-MG aconteceram nos dias 17 e 20 de maio, os pacientes dois homens com 76 e 91 anos e uma senhora de 71 anos.

As sete outras mortes que aparecem no documento referem-se a moradores dos municípios de Barbacena, Contagem, Divinópolis, Ibirité, Ituiutaba e São Francisco. Com apenas 23 anos, uma mulher moradora de Barbacena não resistiu às complicações após ser infectada pelo coronavírus e morreu em 17 de maio. Ela é a paciente mais jovem entre os dez que perderam a vida para a Covid-19 e que constam no balanço desta sexta-feira, todos possuíam comorbidades anteriores.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados