Menu

Hemominas recruta doadores voluntários curados da Covid-19 para pesquisa sobre a doença

A Fundação Hemominas está recrutando doadores voluntários que se curaram da Covid-19 para participar de um estudo que tenta buscar uma solução para a pandemia no Estado. Para a pesquisa ser feita, os médicos precisam da doação de sangue de, pelos menos, 30 voluntários.

Hemominas fará estudo em busca de solução para a pandemia do novo coronavírus no estado./ Foto: Reprodução/TV GloboHemominas fará estudo em busca de solução para a pandemia do novo coronavírus no estado./ Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo a entidade, o objetivo do trabalho é identificar a segurança da infusão do plasma de doadores que tiveram o novo coronavírus e se curaram da infecção como mais uma alternativa terapêutica, em adição ao tratamento padrão de pacientes que apresentam a forma grave da Covid-19.

Esse tipo de terapia tem apresentado resultados satisfatórios e já foi utilizado em outros surtos de doenças infecciosas, como em pacientes infectados por H1N1 e Ebola. O estudo que vai ser feito pela Fundação Hemominas pode mostrar se a técnica também tem efeito positivo nos pacientes que estão internados nos hospitais por causa da Covid-19. “Para obter o plasma necessário para o estudo é preciso que aqueles que já se curaram da infecção e foram liberados do isolamento obrigatório estejam dispostos a participar do processo e ceder o sangue”, explica a presidente da Hemominas, Júnia Cioffi.

Para participar, o doador precisa ser do sexo masculino; ter entre 18 e 60 anos; ter um resultado de PCR positivo para SARS-Cov-2 (novo coronavírus); não apresentar sintomas da Covid-19 há, pelo menos, 14 dias; já ter sido liberado do isolamento obrigatório pelo médico; e estar apto, segundo os demais critérios de doação regular de sangue.

O coordenador do projeto, Marcelo Froes, explica o motivo de não ser coletado plasma de doadoras do sexo feminino neste primeiro momento. “As mulheres são consideradas grupos de risco para doação do plasma porque, caso já tenham estado grávidas, podem desenvolver anticorpos que podem causar reações pulmonares graves em pacientes com Covid-19”.

Os voluntários que se enquadrarem nos quesitos devem agendar a doação de plasma no Serviço de Aférese do Hemocentro de Belo Horizonte pelo telefone (31) 3768-4524, nos seguintes dias e horários: segunda a quinta-feira, das 7h às 18h; e sexta-feira, das 7h às 12h.

Com Hoje em Dia




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados