Menu

Confirmado primeiro caso de varíola dos macacos em Minas Gerais

O primeiro caso de varíola dos macacos em Minas Gerais foi confirmado nesta quarta-feira (29). Trata-se de um homem de 33 anos, que chegou da Europa na segunda-feira (26). Ele está estável e em isolamento domiciliar em Belo Horizonte.

Foto ilustrativa/Reprodução: InternetFoto ilustrativa/Reprodução: Internet

O caso foi notificado em BH ontem e o Ministério da Saúde confirmou a presença do vírus da doença nesta quarta. A investigação constatou que se trata de um caso importado. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) monitora as pessoas que tiveram contato com o paciente, mas não houve identificação de nenhum outro episódio relacionado.

Além da infecção comprovada, Minas investiga três casos suspeitos. Eles foram constatados em moradores de Varginha, Pará de Minas e Juiz de Fora. Nenhum deles viajou ao exterior, mas vale lembrar que já há a comprovação de transmissão local da varíola dos macacos no Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, outros 21 casos foram confirmados no país. A SES-MG já descartou 7 suspeitas da varíola dos macacos no estado: três de Belo Horizonte, dois de Ituiutaba, um de Ribeirão das Neves e um de Ouro Preto.

Causada por um vírus da mesma família da varíola humana, a variação 'monkeypox' é menos nociva à saúde. Os sintomas costumam ser leves e duram apenas cerca de três semanas.

Com Estado de Minas



Publicidade

Links patrocinados MGID