Menu

Operação da PF contra exploração sexual infanto-juvenil é realizada em Sete Lagoas e outras 3 cidades

A Polícia Federal (PF) cumpre quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Belo Horizonte e Sete Lagoas, Conselheiro Lafaiete e Santa Maria de Itabira, na Região Central do estado.

Foto ilustrativa: Reprodução/InternetFoto ilustrativa: Reprodução/Internet

Foi preso em flagrante, na manhã desta quinta-feira (17), em Conselheiro Lafaiete, na Região Central de Minas Gerais, um homem de 29 anos suspeito de armazenar arquivos de pornografia infanto-juvenil.

A prisão foi feita durante a operação “Pega-Pega IV” que combate a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos equipamentos eletrônicos possivelmente utilizados nas condutas criminosas, os quais serão submetidos à perícia técnica, com o objetivo de verificar a existência de armazenamento e compartilhamento de material pornográfico infanto-juvenil.

A PF informou que a ação policial coíbe também a produção, o armazenamento e a divulgação na internet de imagens e vídeos de exploração sexual de crianças e adolescentes. Dez policiais federais participam da ação.

Investigação

Uma parte da investigação foi iniciada em maio deste ano e, a partir de relatórios produzidos por unidade especializada da PF que identificaram dois suspeitos que usavam um aplicativo de mensagens que faziam a transmissão de arquivos com conteúdo de abuso sexual infanto-juvenil.

Outra parte da investigação teve início por meio de monitoramentos do qual foi possível identificar dois usuários de internet que baixavam e compartilhavam arquivos com esse tipo de conteúdo ilícito.

Com G1MG




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados