Menu

Homem preso por atear fogo em ônibus confessa ter matado detento no presídio de Sete Lagoas

Um rapaz identificado como D. R. B. (32) confessou à Polícia Civil ter sido o autor do assassinato de outro homem, reconhecido como W. P. R. (43). O crime aconteceu na madrugada da última terça-feira (11), dentro do Presídio Promotor José Costa, em Sete Lagoas.

O homem foi preso no fim de janeiro, após atear fogo a um ônibus./ Foto: Reprodução/Redes SociaisO homem foi preso no fim de janeiro, após atear fogo a um ônibus./ Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo informações, a vítima foi espancada e encontrada já sem vida em uma das alas do presídio, onde estavam mais oito detentos. D. R. B., que sofre de problemas mentais, confessou a autoria do crime durante depoimento. Porém, a polícia trabalha com a possibilidade de que outros indivíduos também possam ter participado do homicídio.

Outro crime

D. R. B. também foi o responsável por outro crime na cidade. Na manhã de uma quarta-feira, dia 29 de janeiro, ele ateou fogo em um ônibus na Rua Equador, no bairro Santa Maria, em Sete Lagoas (relembre o caso clicando aqui).

Após a ação, o homem permaneceu no local observando as chamas consumirem o coletivo. Posteriormente, ele foi detido pela Polícia Militar (PM) ainda no endereço.

Ninguém ficou ferido.

Da Redação




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados