Menu

Gerente de banco e família são feitos reféns por 14h e R$ 1 mi é roubado em MG

O gerente de um banco e a família dele foram feitos reféns por cinco suspeitos e passaram momentos de terror durante toda a noite e madrugada de terça-feira (2) para quarta-feira (3), quando ficaram sob a mira de dois revólveres na cidade de Caldas, no Sul de Minas Gerais.

Parte do dinheiro roubado foi recuperado pela polícia — Foto: Polícia Militar / DivulgaçãoParte do dinheiro roubado foi recuperado pela polícia — Foto: Polícia Militar / Divulgação

O caso passou a ser investigado pela Polícia Civil nesta quinta-feira (4). Os criminosos conseguiram levar um milhão da agência bancária do Banco do Brasil, mas foram capturados pela polícia e parte do dinheiro foi recuperado.

De acordo com a Polícia Militar, o gerente do banco foi rendido em casa por volta de 18 de terça-feira. Ele, a mulher e as duas filhas ficaram com os criminosos por mais de 14h.

Às 8h da manhã de quarta, o gerente, de 54 anos, foi levado para a agência bancária com dois criminosos enquanto a família dele foi levada por um outro carro com outros dois suspeitos até perto da cidade de Congonhal, também no Sul de Minas. As vítimas foram abandonadas.

Na agência, os criminosos obrigaram o gerente a sacar R$ 1 milhão e fugiram. Um outro gerente também chegou ao banco e foi rendido. O botão de pânico foi acionado e a Polícia Militar começou a fazer um rastreamento.

Os suspeitos dois de 26 anos, os outros com 47, 27 e um adolescente de 17 anos foram encontrados em um carro na cidade de Alfenas, na mesma região. Os quatro adultos foram presos, o adolescente apreendido e todos encaminhados ao sistema prisional.

Dentro do carro, os policiais encontraram duas pistolas calibres .38 e .32 e ainda R$ 688.297,00 em dinheiro. O restante da quantia roubada ainda não foi encontrada e a Polícia Civil vai investigar se mais suspeitos participaram do crime. Apesar do susto, nenhuma das vítimas se feriu. A reportagem procurou a assessoria de imprensa do Banco do Brasil e aguarda retorno.

Assalto em Carbonita

Também nesta quarta-feira, o gerente de uma agência bancária da cidade de Carbonita, no Vale do Jequitinhonha, foi feito refém junto com a mulher dele. Era por volta de 18h, quando dois homens encapuzados e armados invadiram a casa das vítimas.

O homem foi rendido na garagem, teve o celular confiscado e, com o aparelho, os criminosos enviaram uma mensagem pedindo que a mulher dele fosse a garagem. Como se passaram pelo marido dela, a mulher foi até o local.
O casal foi rendido e colocados dentro do carro do gerente que foi obrigado a dirigir até uma plantação de eucalipto. No local eles mandaram o gerente ir ao banco e sacar o dinheiro sozinho, enquanto a mulher dele ficou feita de refém. O gerente não conseguiu fazer o saque por causa do horário. Ele ligou e avisou os criminosos

Os suspeitos pediram que o saque fosse feito na manhã desta quinta, mas o alarme do banco foi acionado e a polícia começou o rastreamento. Os suspeitos fugiram e abandonaram a mulher na plantação. Ela foi resgatada pelos policiais e o marido dela. Não foi informada a agência bancária do crime. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados