Menu

Homem começa confusão em bar e acaba esfaqueado em Sete Lagoas

Um tumulto em um bar terminou com um homem de 47 anos gravemente ferido após ser esfaqueado na noite desse domingo (2) em Sete Lagoas. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas disseram que a confusão foi provocada pela vítima, que chegou ao local agredindo pessoas e causando um distúrbio. Dois homens foram detidos.

Suspeitos detidos foram levados a uma delegacia de Sete Lagoas — Foto: Reprodução da internet/Google MapsSuspeitos detidos foram levados a uma delegacia de Sete Lagoas — Foto: Reprodução da internet/Google Maps

O estabelecimento onde o caso ocorreu fica no cruzamento das ruas Wilson Tofani e Coronel Randolfo Simões, no Bairro Boa Vista. A PM foi chamada por volta das 19h20. A dona do bar estava acompanhada do marido e de clientes quando a vítima chegou.

De acordo com a PM, as testemunhas disseram que o homem entrou no estabelecimento visivelmente alterado, provocando os clientes. Ele saiu de lá e começou a atirar pedras em outro imóvel. Em seguida, entrou no Gol prata que conduzia e o atravessou na via, impedindo o trânsito.

O marido da comerciante tentou acalmá-lo, mas foi ameaçado e levou uma pedrada na cabeça. O homem ainda foi para a casa onde mora e pegou duas facas. Ele tentou atacar uma pessoa e outros clientes intervieram. Segundo a PM, um homem de 41 anos disse que foi até o carro buscar um facão após ver a vítima tentar atacar uma mulher e o filho dela. Esse homem teria dado pelo menos um golpe de facão na vítima, segundo outra pessoa que estava no local. Outro homem, de 36 anos, o atacou com facadas nas costas.

De acordo com a PM, foi um motociclista que avisou sobre a confusão que ocorria em frente ao estabelecimento. Quando a viatura chegou ao local, os militares se depararam com a briga envolvendo várias pessoas. O carro ainda estava atravessado na via. Mesmo ferida, a vítima correu na direção dos militares pedindo socorro e depois se deitou no chão. Com perfurações nas costas, ele foi levado em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao hospital municipal da cidade. O estado dele era grave.

Os policiais pediram reforços e o homem de 36 anos acabou abordado por uma viatura das Rondas Ostensivas Com Cães (Rocca) ao ser visto correndo e jogando um objeto em um lote vago. Tratava-se de uma faca suja de sangue. As duas pessoas detidas foram levadas à Polícia Civil de Sete Lagoas. A ocorrência foi registrada como homicídio tentado.

Na manhã desta segunda-feira, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sete Lagoas informou que, após uma ação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o município foi obrigado a aderir às regras do programa Minas Consciente. Assim, somente serviços essenciais podem estar abertos. No caso de bares e restaurantes, o atendimento deve ser feito por delivery ou retirada dos produtos na porta. A ocorrência da Polícia Militar não especifica se os clientes estavam dentro ou fora do estabelecimento no momento do tumulto.

Com Estado de Minas




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados