Menu

Dono de sacolões em BH e Região Metropolitana é assassinado com 12 tiros em Santa Luzia

Doze disparos de arma de fogo atingiram o empresário dono de sacolões da rede Abastecer em BH e Região Metropolitana, Luciano José dos Santos, enquanto ele encerrava o expediente dessa quinta-feira (10). O homem, de 43 anos, não resistiu aos ferimentos, e morreu após ter sido socorrido. O crime aconteceu em frente ao estabelecimento dele, no bairro São Benedito, em Santa Luzia.

Foto: Reprodução Redes SociaisFoto: Reprodução Redes Sociais

A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada a UPA Cristina, mas depois de ser reanimado várias vezes, acabou falecendo.

Testemunhas disseram à Polícia Militar que um homem efetuou os disparos de dentro de um carro, que ainda não foi localizado. De acordo com a PM, Luciano já tinha passagens pela polícia por porte ilegal de armas.

Um funcionário do estabelecimento contou aos militares que dias antes dois homens foram até o local usando um Renault Clio, de cor preta, e um deles teria pedido desculpas a Luciano. Ainda segundo o funcionário, o patrão disse ter "gelado", pois para ele, os homens não sabiam seu endereço de trabalho. 

A testemunha disse também que o patrão participava de grupos de compra e venda de ouro, e que a dupla poderia ser de agiotas.

Outra testemunha que não quis se identificar disse à reportagem que ouviu mais de dez tiros e, ao sair para rua, já viu o homem caído. "Ele vinha todos os dias, era conhecido de todos. A gente fica assustado, né?", relatou.

De acordo com o major João Xavier, do 35° Batalhão da Polícia Militar, a vítima já tinha passagens por ameaça, agressão e posse ilegal de munição e acessórios de arma de fogo. "Ele ficou preso em São Joaquim de Bicas e saiu em 2016. Ainda estamos apurando, vamos analisar as imagens e tentar chegar aos suspeitos", disse.

Até o momento, ninguém foi preso.

Nota de esclarecimento

A Rede Abastecer de Sete Lagoas/Paraopeba divulgou nota de esclarecimento afirmando que não possui qualquer vínculo com os demais sacolões filiais da rede em outras cidades mineiras. Veja a nota: 

Nota de esclarecimento

A Rede Abastecer de Sete Lagoas e Paraopeba informa que não possui nenhum vínculo com outras redes de mesmo nome espalhadas por outras cidades de Minas Gerais.

Assim sendo, reforçamos que o crime ocorrido em Santa Luzia não tem qualquer ligação com os proprietários da nossa rede de sacolões.

Rede Abastecer Sete Lagoas/Paraopeba

 

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados