Menu

Homem suspeito de estuprar jovens após contratá-las como babás das filhas é preso em BH

Um homem de 20 anos foi preso, na manhã de quinta-feira (14), suspeito de praticar pelo menos dois estupros no bairro Taquaril, Região Leste de Belo Horizonte. Segundo a polícia, até o momento, duas adolescentes, de 15 e 18 anos, foram identificadas como vítimas.

Polícia Civil prende suspeito por contratar serviços de babá para cometer estupros em BH — Foto: Cláudia Mourão/ TV GloboPolícia Civil prende suspeito por contratar serviços de babá para cometer estupros em BH — Foto: Cláudia Mourão/ TV Globo

Segundo informações divulgadas pela Polícia Civil durante entrevista coletiva para a imprensa, na manhã desta sexta-feira (15), o suspeito utilizava-se de um aplicativo para contratar serviços de babá para escolher as vítimas.

O homem tem duas filhas, uma de 1 ano e outra de 4.

"Nos dois crimes ele usava o mesmo "modus operandi". Ele iniciava contato com estas vítimas pelo aplicativo de contratação de babás e, a partir dali, já iniciava contato com elas e começava a troca de mensagens pelo WhatsApp. O suspeito contratava as profissionais para prestar o serviço para olhar os filhos", explicou a delegada Isabella Franca.

Segundo a delegada, depois de combinar como seria o serviço de babá, o homem acionava um aplicativo de transporte para buscar a vítima por volta das 18 horas. No caminho, o suspeito avisava a jovem que um primo ia pegar carona com ela e, por isso, o motorista do aplicativo teria que fazer uma parada.

A delegada explicou que, na verdade, o próprio suspeito entrava no carro e, quando chegava em um local ermo, próximo à casa dele, o homem encerrava a corrida.

"A vítima era conduzida para um mata, onde acontecia o estupro. Ele usava a camisa que a jovem usava para amarrar os braços dela, em seguida ele abandonava a menina no local e fugia", contou a delegada.

As duas vítimas procuraram a Polícia Civil e registraram a ocorrência.

De acordo com a polícia, os abusos sexuais aconteceram em dezembro de 2020 e janeiro de 2021.

A delegada Isabella Franca ainda informou que, de acordo com as investigações, o criador do aplicativo para contratar babás e os motoristas que buscavam as vítimas não teriam envolvimentos com o crimes.

"Ele agia sozinho", disse a delegada.

Prisão em casa

Após investigações, policiais civis cumpriram mandados de busca e apreensão na casa do suspeito, também no bairro Taquaril.

"Era por volta das 6h e ele estava dormindo. O suspeito confessou os crimes e disse que fez isso porque 'não consegue segurar"', disse o delegado Sérgio Andrade.

Mulher e filhos estavam na casa no momento da prisão e, segundo a polícia, a esposa não sabia da prática dos crimes.

A Polícia Civil disse que o homem não tem outras passagens pela polícia e está em prisão temporária.

Ele pode pegar de 8 a 12 anos pelo crime contra a vítima menor de idade e de 6 a 10 pelo estupro da jovem de 18 anos.

Com G1

 





Publicidade

Links patrocinados

 
O SeteLagoas.com.br utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência!