Menu

Promotor é preso por suposto envolvimento na morte da mulher em BH

A Policia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu o promotor André Luis Garcia de Pinho na manhã deste domingo (4), em meio à investigação sobre a morte da esposa do oficial, Lorenza Maria Silva Pinto. Ele foi detido na manhã deste domingo (4), na casa onde a esposa morreu na madrugada de sexta-feira (2), no bairro Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte.

Foto: Reprodução / IlustrativaFoto: Reprodução / Ilustrativa

Os cinco filhos menores de idade do casal também estavam em casa quando os policiais chegaram acompanhados por dez atiradores de elite da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), segundo um deles. A PCMG não confirmou a prisão à reportagem, mas o avô materno das crianças disse ter sido informado pela delegada responsável pelo caso sobre a detenção e um dos atiradores também confirmou a ordem de prisão.

Por volta das 9h20, quase dez carros da Polícia Civil chegaram à rua Engenheiro Alberto Pontes, onde vive o promotor. Havia, inclusive, um carro da perícia policial. O quarteirão foi bloqueado pelos policiais, com um carro em cada extremo da rua.

Da Redação com OTempo





Publicidade

Links patrocinados