Menu

Polícia prende homem suspeito de atear fogo na companheira após suposta crise de ciúme por esmalte

Um jovem, de 23 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira suspeito de atear fogo na companheira dele, de 35 anos, na Vila Real, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. O crime teria sido cometido após uma crise de ciúme.

 Foto: Chiara Ribeiro/ItatiaiaFoto: Chiara Ribeiro/Itatiaia

O casal estaria junto há cerca de cinco meses. De acordo com a vítima, os dois passaram a noite bebendo e na madrugada desta sexta-feira o homem teria ficado incomodado com o esmalte que ela usava. Após uma crise de ciúmes, ele teria tentado tirar o esmalte da unha da mulher e teria pegado a acetona, jogado no corpo da companheira e ateado fogo.

A vítima foi encaminhada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII pelo próprio suspeito. Ela teve queimaduras nas costas, no ombro e na axila e, em princípio, não corre risco de algo mais grave.

Em conversa com a Itatiaia, o suspeito negou a autoria do crime e disse que a própria mulher estava manuseando a acetona quando acabou ateando fogo em si.

Segundo a Polícia Militar, a mulher é usuária de droga. O homem tem passagem por tráfico de drogas.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Mulheres no Barro Preto.

Com Itatiaia





Publicidade

Links patrocinados