Logo

 Mulher recebe imagens do marido abusando da filha de 3 anos e chama a polícia

Uma criança de 3 anos foi vítima de abuso sexual no bairro Boa Vista, em Belo Horizonte. A mãe dela registrou o boletim de ocorrência neste sábado (12), depois de receber fotos e vídeos que mostram os supostos crimes cometidos pelo pai da menina.

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher ligou para o 190. Aos militares, ela contou que é casada com o suspeito há cinco anos, mas que eles estão juntos há oito. O casal tem uma filha, que começou a se comportar de modo estranho na última semana, demonstrando medo de ficar sozinha com o pai.

Até então, a mãe nunca havia desconfiado de nada. No sábado (12), a mulher atendeu a ligação de um tio que mora no interior do estado, avisando que um homem havia pedido o contato do casal.

Em seguida, ela recebeu mensagens no celular, enviadas por este homem, dizendo que o marido lhe devia R$ 200 e que, por este motivo, iria enviar imagens comprometedoras. Segundo o boletim de ocorrência, chegaram fotos e vídeos mostrando o pai cometendo abusos contra a filha e também contra um sobrinho.

A mãe da menina avisou ao marido que chamaria a polícia e ele fugiu. Até a última atualização desta reportagem, o suspeito de 37 anos não havia sido preso.

A menina foi levada para o Hospital Municipal Odilon Behrens, onde ficou internada e passou por exames. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, ela será acompanhada por psicólogos e assistentes sociais.

O caso foi encaminhado para a 1ª Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente. Procurada, a Polícia Civil disse que instaurou inquérito para apuração dos fatos. O suspeito ainda não tinha sido ouvido até as 13h desta segunda-feira (14).

"Os envolvidos serão ouvidos e a criança passará por escuta especializada na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente. Outros detalhes serão repassados em momento oportuno, considerando que as investigações estão em curso e a divulgação antes da conclusão do procedimento pode prejudicar o andamento do feito", afirmou a polícia.

A mãe também relatou aos militares que, depois do fato, ficou sabendo que o marido já possuía uma passagem por abusar de outra criança, em 2008, em Betim, na Grande BH. A Polícia Civil confirmou a informação ao G1 e disse que, na ocasião, ele foi condenado judicialmente a uma pena de seis anos pelo crime.

Com G1





Publicidade

© Copyright 2008 - 2021 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks