Menu

Polícia Civil apreende 75 Kg de crack na zona rural de Matozinhos; homem de 27 anos foi preso

Cerca de 75 quilos de crack foram apreendidos na zona rural de Matozinhos. O responsável pela droga, um homem de 27 anos foi preso. Além do crack, também foram apreendidos, aproximadamente, dois quilos de cocaína.

Foto: Ascom PCMGFoto: Ascom PCMG

As apreensões e a prisão ocorreram na última sexta-feira (16). No entanto, a Polícia Civil apresentou o resultado da investigação nesta segunda-feira (19). Conforme a própria polícia, esta foi a maior apreensão de crack realizada neste ano pelo Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc). A carga equivale a cerca de uma tonelada e meia de maconha.

Segundo a Polícia Civil, após dois meses de investigação eles chegaram a residência de um importante receptador e distribuidor de crack na capital e na região metropolitana.

Ainda conforme a polícia, foi difícil chegar até o homem porque a residência em que ele guardava a droga era simples e livre de qualquer suspeita.

“Na casa, aparentetemente humilde, o homem morava com diversos familiares, tios, tias, criança. A droga estava muito bem escondida em um cômodo à parte da casa. O crack e a cocaína foram encontrados prontos para venda em um buraco feito no concreto. O buraco estava tapado com uma cerâmica e tinha entulhos em cima”, detalhou o delegado Rodolpho Teixeira.

O delegado Teixeira ainda contou que o homem vende a droga somente em grandes quantidades, ou seja, ele reforça o estoque das bocas de fumo.

“Estimamos que na última semana esse homem movimentou cerca de 300 quilos de crack, abastecendo diversas bocas da capital e da região metropolitana. Ele sempre vendia o material no atacado”, explicou.

Carga milionária

A Polícia Civil não mensurou o valor da droga por questões éticas, para nem a polícia e nem o Estado servirem como referência de quem descreve os valores de referência da substância no mercado ilegal. Mas a carga foi avaliada supercialmente como milionária.

"Essa carga equivale a acerca de uma tonelada e meia de maconha. Foi uma prisão muito substanciosa. A carga apreendida possui um preço elevadíssimo", avaliou Teixeira.

Mais investigações

Os entorpecentes foram apreendidos, e o homem foi preso. Ele possui diversas passagens pela polícia, inlcusive por associação criminosa.

A Polícia Civil informou ainda que será investigado se os familiares do homem têm envolvimento com o tráfico de onde vem as drogas comercializadas por ele.

Da Redação com PCMG





Publicidade

Links patrocinados