Menu

Criminoso mais procurado de Minas é preso nesta segunda

Procurado por pelo menos dois homicídios, como mandante e chefe do tráfico de drogas, Bruno Vieira Januário da Silva, de 31 anos, conhecido por “Brunin”, um dos 21 homens mais procurados de Minas Gerais, de acordo com uma lista da Secretaria de Justiça do Estado de Minas Gerais, Polícia Civil e Polícia Militar, foi preso na manhã desta segunda-feira (13), no Bairro Palmital, pela PM.

 Foto: Sejusp / DivulgaçãoFoto: Sejusp / Divulgação

Tudo começou com uma denúncia anônima, recebida pela Polícia Militar, segundo o capitão Alvarenga. “O denunciante informou que ele estaria na casa de sua mãe, no Bairro Palmital, em Santa Luzia, a quem teria ido visitar, depois de estar foragido há mais de um ano, desde que determinou a morte de dois outros traficantes, também no Palmital.”

Com as informações,a guarnição do capitão Alvarenga foi até a casa da mãe do traficante, no Bairro Palmital. “A família se recusou a permitir a nossa entrada na residência. Exigiam um mandado de busca. Foi então que comunicamos com o comando da PM na área e outras viaturas foram enviadas e iniciamos o cerco do quarteirão”, conta o capitão.

Nesse instante, no entanto, percebendo que haveria um cerco, por ver muitas viaturas da PM chegando no local, “Brunin” resolveu fugir. Saltou um muro, no fundo da casa, no entanto, um policial militar viu e emitiu o alerta, que fez com que os policiais iniciassem a perseguição. Os policiais o pegaram dentro da casa de um vizinho, quando tentava se esconder.

Depois de preso, “Brunin”, que segundo o capitão Alvarenga, mesmo estando foragido ainda comandava o tráfico de drogas no Palmital, foi levado para a Delegacia de Homicídios de Santa Luzia, onde foi autuado. Até o final do dia, será transferido para o sistema prisional.

Da redação com Estado de Minas





Publicidade

Links patrocinados