Menu

Homem é flagrado esquartejando cadela viva porque corria atrás de galinhas

A Polícia Militar prendeu em flagrante nesta segunda-feira (13/9), em Timóteo, um homem de 38 anos suspeito de esquartejar uma cadela, ainda viva. A crueldade praticada contra a cadela, que se chamava Maria Bonita, foi vista por um vizinho desse homem, na Rua dos Industriários, no Bairro Santa Terezinha.

Foto: Ascom PMMGFoto: Ascom PMMG

Esse vizinho contou aos policiais que estava indo trabalhar, em João Monlevade, quando ouviu o choro desesperado da cadelinha Maria Bonita. Resolveu olhar para dentro do quintal da casa, que fica em frente à sua, quando viu o homem esquartejando Maria Bonita, ainda viva. Imediatamente, o vizinho chamou a Polícia Militar e fez a denúncia.

Uma guarnição da PM seguiu imediatamente para o endereço onde o homem esquartejava a cadelinha. O sargento Clistenes Silvestre Alves disse que, quando a PM chegou à casa do suspeito, ele estava segurando uma faca, ferindo a cadela. “Ele estava esquartejando o animal ainda vivo, numa prática clara de maus-tratos”, explicou.

Segundo o policial, uma das patas traseiras de Maria Bonita estava amarrada em uma corda, com o animal de cabeça para baixo. Revoltados com a crueldade do esquartejador, outros vizinhos contaram aos policiais que esse homem estava há vários dias prometendo matar Maria Bonita, alegando que ela estava correndo atrás de suas galinhas.

E contaram que, há duas semanas, o homem que esquartejou a cadela teria ateado fogo em uma vegetação, que fica nos fundos de sua casa. O fogo se alastrou e chegou próximo de outros imóveis.

Preso em flagrante, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Timóteo, juntamente com duas facas que foram apreendidas na cena do crime. A cadela foi recolhida pelos profissionais do Departamento de Zoonoses da Prefeitura de Timóteo.

Da Redação com Estado de Minas





Publicidade

Links patrocinados