Menu

Homem é preso por maus-tratos depois de arrastar cadela em reboque de carro em Contagem

Um homem, de 53 anos, foi preso por maus-tratos a animal depois de amarrar e arrastar, em uma caminhonete, a cadela dele por ruas do bairro Industrial, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime ocorreu na tarde dessa quarta-feira (22).

Foto: Instagram/ReproduçãoFoto: Instagram/Reprodução

Testemunhas relataram à Polícia Militar que viram a cachorrinha presa ao carro pelo reboque sendo arrastada pela rua Coronel Gabriel de Andrada. Durante todo o trajeto, o animal sangrava e aparentava estar bastante cansado. Quando finalmente conseguiram alcançar o condutor, elas desamarraram e socorreram a cadela.

O motorista disse aos policiais que levou a cachorra para cruzar com outro cão. Na volta, como não havia espaço no interior do veículo, decidiu amarrá-la no reboque. A PM informou que ele ainda estava com a CNH vencida.

No local, compareceu uma mulher, responsável por uma ONG que cuida de animais nessas circunstâncias, e a levou para uma clínica veterinária.

O vereador Miltinho CGE esteve no local e acompanhou a ocorrência. Segundo ele, o condutor afirma ter problemas mentais, mas isso não justificaria a agressão. “Esse crime não pode passar impune. Vamos lutar até o fim para que seja cumprida a lei”, afirma.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil para saber se a prisão do homem foi ratificada e aguarda retorno.

Cachorra passa bem

O vereador informou que a cachorra está bem e que passou por uma veterinária, que fez a limpeza dos machucados e administrou os remédios. A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a clínica Clipet, para a onde a cachorra foi levada, que confirmou que a cachorra está bem, estável e se alimentando normalmente.

Após se recuperar completamente, o animal será levado para um lar temporário, onde passará por um processo de adoção.

Grupo de resgate pede ajuda

O grupo Amor em Quatro Patas, que resgatou a cadela, pede ajuda para pagar a clínica que cuidou da cadela. "Já estamos devendo mais de R$ 2 mil a clínica e precisamos pagar! Não podíamos estar levando mais animais sendo que já temos outras contas pendentes para pagar… Por isso, insistimos tanto para nossos seguidores ajudar", afirma em publicação.

 Com O Tempo





Publicidade

Links patrocinados