Menu

Jovem é torturada por 6 horas na frente das filhas pelo ex-marido

Uma jovem de 26 foi agredida e torturada pelo ex-marido, de 35, por mais de seis horas na frente das duas filhas. O caso foi registrado no bairro Vila Celeste, em Ipatinga, na região do Vale do Aço, nessa terça-feira (21).

Caso foi encerrado na Delegacia de Plantão de Ipatinga — Foto: Reprodução / Google Street ViewCaso foi encerrado na Delegacia de Plantão de Ipatinga — Foto: Reprodução / Google Street View

A vítima contou que estava dormindo quando foi surpreendida pelo homem que começou a enforcá-la. A mulher gritou pedindo por socorro e acabou sendo agredida com tapas no rosto. As duas filhas da jovem acordaram assustadas, mas isso não impediu a continuidade da violência por parte do suspeito.

Para tentar impedir a continuidade das agressões, a jovem gritou novamente por socorro, no entanto, o ex intensificou a violência. Conforme registrado na ocorrência, o homem começou a torturar a mulher utilizando faca, chave de fenda e pedaço de espelho quebrado. Os objetos eram pressionados em várias partes do corpo da mulher enquanto ela era violentada com socos e tapas.

De acordo com a Polícia Militar (PM), tudo isso aconteceu na frente de duas crianças, que não tiveram as idades divulgadas. Em determinado momento, o homem golpeou a mulher com uma faca no peito e na sequência cortou o cabelo da vítima.

As crianças choravam bastante por presenciar tamanha crueldade. Segundo relato da vítima, o homem teria dito para as crianças chorarem mesmo, pois ele ainda iriar cortar a cabeça da mãe delas.

A agressão e tortura só foi terminar por volta das 7h quando um conhecido do suspeito informou que a PM havia sido chamada. O homem então fugiu, mas alertou que voltaria para “terminar o serviço”.

Medo impediu denúncias

Em conversa com os militares, a mulher disse ser violentada frequentemente pelo ex. Ela nunca o havia denunciado pois temia que ela e as filhas fossem mortas. Só que desta vez optou pela denúncia já que deseja vê-lo na cadeia para a segurança da família.

Durante rastreamento pela cidade, o suspeito foi localizado. O homem tentou fugir entrando em uma casa, no entanto escorregou em uma escada molhada e acabou caindo.

Vítima e suspeitos deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O homem acabou sendo levado para a Delegacia de Plantão de Ipatinga.

Com O Tempo

 



Publicidade

Links patrocinados MGID