Menu

Vingança: Suspeito de estupro de vulnerável é espancado até a morte em BH

Um homem de 33 anos foi espancado até a morte com paus e pedras na noite do sábado (25), no Aglomerado do Índio, região de Venda Nova, em Belo Horizonte. De acordo com as informações da PM, o crime foi uma vingança, já que a vítima era suspeita de ter cometido um estupro de vulnerável recentemente contra uma adolescente de 14 anos. Ninguém foi preso.

Agressões tiveram início na Rua do Comanches, segundo a Polícia Militar — Foto: Google Street View/ReproduçãoAgressões tiveram início na Rua do Comanches, segundo a Polícia Militar — Foto: Google Street View/Reprodução

Em conversa com os agentes, populares informaram que diversos indivíduos, sendo a maioria menores de idade, abordaram a vítima na Rua dos Comanches, onde iniciaram as agressões. Depois, eles arrastaram o homem até um local conhecido como "chiqueiro", onde prosseguiram o espancamento até a morte.

A vítima foi encontrada pelos agentes com diversos hematomas pelo corpo e com o rosto desfigurado. O homem também estava sem roupa.

Após receberem informações da motivação do crime, a PM constatou que há uma ocorrência de estupro de vulnerável que teria sido cometida pela vítima em 18 de junho deste ano. O homem também tinha três passagens por tráfico de drogas.

Os agentes se deslocaram até a residência do homem e também da mãe da vítima do estupro, mas ninguém foi localizado. Os suspeitos do crime seguem foragidos.

Em nota, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou que ao ser acionada, deslocou equipe de policiais da Delegacia Especializada de Homicídios, realizou perícia técnico-científica no local dos fatos, para identificar, localizar e prender os autores do crime. Um inquérito foi instaurado para investigar o caso e elucidar os fatos.

Com g1



Publicidade

Links patrocinados MGID