Menu

Investigador expulso da Polícia Civil é principal suspeito do assassinato de ex-delegado em Sete Lagoas; veja BO na íntegra

O principal suspeito do assassinato de Hudson Maldonado é um ex-investigador da Polícia Civil que foi expulso da corporação há cerca de 18 anos. Na época, Hudson Maldonado atuou como seu advogado.

Na quarta-feira (22), o ex-investigador aparentemente buscou vingança contra Maldonado, a quem ele culpa diretamente por sua expulsão da Polícia Civil, um ressentimento que parece ter culminado no recente ato de violência.

Foto: Reprodução Internet/Vídeo Câmera SegurançaFoto: Reprodução Internet/Vídeo Câmera Segurança

Hudson Maldonado foi encontrado morto em sua residência, no bairro CDI. Segundo as primeiras investigações, ele foi queimado com gasolina. O suspeito, ao render a cuidadora de um idoso que estava no local, declarou: “Meu problema é com ele que está me devendo tem dezoito anos!”.

As autoridades estão apurando os detalhes do caso e a matéria será atualizada conforme novas informações forem disponibilizadas.

Veja na íntegra Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, que detalha o fato:

"CASO HUDSON MALDONADO

Acionados via Copom, deslocamos ao local dos fatos onde, segundo informações, um cômodo de uma residência estaria em chamas e que o morador possivelmente teria sido vítima de homicídio.

Ao chegar no local, identificamos duas mulheres na porta da residência que se encontrava com o portão aberto, sendo identificadas como a solicitante W.L.D.A. e a sra. L.C.N., sendo possível identificar uma grande quantidade de fumaça advinda do interior da residência. a sra. L.C.N., apavorada pela situação, informou que Doutor Hudson estaria no interior.

A guarnição, imediatamente, adentrou ao imóvel identificando que as chamas advinham de um quarto próximo à entrada da residência. pode-se notar um cilindro de oxigênio na parte externa e, devido à proporção das chamas e risco de explosão, os militares realizaram a contenção do fogo através de extintor de incêndio veicular e água.

Após, foi identificado um indivíduo, homem, deitado sobre a cama com o corpo queimado. A guarnição acionou o Samu e o Corpo de Bombeiros Militar. Compareceu a equipe do BM e realizaram os trabalhos, posteriormente a equipe do Samu , que informou que o paciente estava em óbito, identificado como o Sr. Hudson Maldonado Gama, com corpo carbonizado.

Foi realizado o acionamento da perícia, isolamento do local imediato e mediato, para os trabalhos da polícia judiciária. Compareceu a perita, que realizou os trabalhos de praxe, juntamente com equipes da polícia civil qualificadas, que apontaram cheiro forte de substância análoga a gasolina e identificaram uma caixa de papelão de cerca de 30x20, vazia, em cima de um móvel.

No local há câmeras de monitoramento na área externa e interna da casa, de modo que foram arrecadados pela equipe da polícia civil um gravador digital de vídeo (dvr) e um aparelho celular. Nas proximidades foram identificadas câmeras em comércios nos numerais 5348, 5360.

Segundo a sra. L.C.N., cuidadora do senhor Hudson, testemunha dos fatos, que informou que chegou ao trabalho pela manhã, não identificou nada de atípico ou anormal, que por volta das doze horas um indivíduo interfonou apresentando-se como entregador da farmácia lobato e que teria uma encomenda para o Dr. Hudson, que relutou a abrir o portão, porém, ao aproximar foi ameaçada com os seguintes dizeres: "abre aqui se não vou te matar".

E que, após a ameaça, abriu o portão da residência e em complemento teria dito: "meu problema não é com você, sai daqui, meu problema é com ele que está me devendo tem dezoito anos". A sra. L.C.N. não soube apontar características do autor, apenas limitando-se a dizer que era um homem de quarenta anos, pardo, aproximadamente 1,8m de altura, que usava um capacete aberto, levantado sob a cabeça e portava uma garrafa similar a desinfetante e uma caixa em uma das mãos e na outra uma faca tipo facão.

Relatou que no momento que o autor adentrou a residência, escutou um som de grito de dor, evadindo para procurar socorro posteriormente. A sra. L.C.N.apontou que o autor subtraiu dois aparelhos celulares pertencentes à vítima. A sra. W.L.D.A. informou que estava no horto municipal e escutou os pedidos de socorro, que a sra. L.C.N. solicitou ajuda, informando o acontecido. afirmou que tão logo realizou o acionamento da Polícia Militar. Relatou que visualizou uma motocicleta pequena, tipo 125 cc, evadindo do local por volta das 12:15. acrescentou que poucos minutos depois observou a chegada da viatura policial. Informou ainda não conhecer a vítima.

A sra. B.S.S. compareceu ao local, sendo apontada pela cuidadora como sendo a esposa da vítima. A sra. B.S.S. permanecia no interior do seu veículo até o primeiro contato dos militares. Solicitou adentrar ao imóvel para confirmar o óbito, sendo informada pelos militares da importância de preservar o local para os trabalhos periciais. As chaves e o portão da residência foram entregues ao fim da ocorrência em mãos. A sra. B.S.S. relatou que é companheira da vítima há cerca de dezenove anos, que saiu da residência para ir a um comércio próximo e que tomou conhecimento da situação via telefone.

Relatou que a vítima, advogado, delegado aposentado, encontrava-se em situação delicada de saúde após um derrame no mês de outubro, e que estava em reabilitação física, mas era dependente de apoio. acrescentou que o sr. Hudson era acompanhado por quatro cuidadoras, 24 horas por dia, e que tinha determinação clara para não abrir o portão em caso de pessoas desconhecidas."

Questionada, informou que a vítima era pessoa reconhecida na região, que não possuía desavenças e nem dívidas, acrescentou que não sofria ameaças e nem soube apontar possíveis suspeitos. Restringiu-se a dizer apenas que iria identificar o autor. A sra. B.S.S. informou que a vítima possuía um celular da marca iphone, aparelho este não localizado pela perícia e apontado pela testemunha L.C.N. como subtraído da residência. A sra. B.S.S. não soube informar o e-mail ou quaisquer dados que possibilitem identificar o aparelho, sendo orientada a realizar o bloqueio via CBLOC, caso possível.

Compareceu no local a funerária Agebras, que realizou a remoção do corpo para o IML."

Da Redação com Plantãoregional24h

Clique e siga as redes sociais do SeteLagoas.com.br para ficar bem informado: InstagramTwitterThreadsYouTubeTikTok e Facebook

Receba as notícias do SeteLagoas.com.br via Whatsapp AQUI



Publicidade

+ Polícia

EXCLUSIVO: mãe de adolescente abusada por professor de dança fala pela primeira vez

EXCLUSIVO: mãe de adolescente abusada por professor de dança fala pela primeira vez

Foi através de um acaso que a professora Eliane Oliveira descobriu que seu companheiro, um professor de dança, estava ...

Motocicleta roubada é recuperada pela PM em Sete Lagoas; condutor foge após perseguição

Motocicleta roubada é recuperada pela PM em Sete Lagoas; condutor foge após perseguição

Na noite de quarta-feira (19), por volta das 21h, a Polícia Militar (PM) recuperou uma motocicleta Honda Fazer vermelha...

Intruso é detido após tentativa de invasão em casa à venda em Sete Lagoas

Intruso é detido após tentativa de invasão em casa à venda em Sete Lagoas

Na madrugada desta quarta-feira (19), um homem foi detido pela Polícia Militar após tentar invadir uma residência à ...

Homem é morto após ameaçar comerciante no interior de Minas

Homem é morto após ameaçar comerciante no interior de Minas

Um homem de 29 anos foi morto durante abordagem policial em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, na noite de terça-feir...

Furto em empresa de Pedro Leopoldo: Polícia prende suspeitos e recupera parte dos itens roubados

Furto em empresa de Pedro Leopoldo: Polícia prende suspeitos e recupera parte dos itens roubados

Na tarde de segunda-feira (17), no bairro Andyara em Pedro Leopoldo, a Polícia foi acionada para atender a um furto na ...

Corpo encontrado na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte nesta segunda-feira (17)

Corpo encontrado na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte nesta segunda-feira (17)

Na manhã desta segunda-feira (17), um corpo foi encontrado na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte. O cadáver de um ho...

Ladrão pede R$ 2 para cachaça e acaba roubando carteira

Ladrão pede R$ 2 para cachaça e acaba roubando carteira

Um indivíduo, com a desculpa de pedir R$ 2 para comprar uma dose de cachaça em um bar, acabou roubando a carteira de u...

Corpo é encontrado em carro incendiado  na região metropolitana de Belo Horizonte

Corpo é encontrado em carro incendiado na região metropolitana de Belo Horizonte

Um corpo carbonizado foi encontrado dentro de um carro incendiado na manhã deste sábado (15) no bairro Granjas Primave...

Homem em situação de rua é esfaqueado durante a madrugada em Belo Horizonte

Homem em situação de rua é esfaqueado durante a madrugada em Belo Horizonte

Um homem de 44 anos, em situação de rua, foi esfaqueado enquanto dormia na madrugada deste sábado (15 de junho). O cr...

Adolescente atira em homem e é apreendido com arma e drogas em Sete Lagoas

Adolescente atira em homem e é apreendido com arma e drogas em Sete Lagoas

Um homem de 26 anos foi vítima de tentativa de homicídio na noite de quinta-feira (13) no bairro Canadá, em Sete Lago...