Menu

Canal da Rádio Câmara de Sete Lagoas já está no ar

Quem gosta e escuta rádio todos os dias já percebeu uma novidade no dial da cidade. O canal 103.5 FM já está no ar, operando em caráter experimental, com muita música de qualidade. Essa, inclusive, vai ser a linha adotada pela Rádio Câmara quando entrar no ar, em definitivo, em breve, com programação que terá, ainda, muita informação para os ouvintes. Sete Lagoas, depois de Itamarandiba e Pouso Alegre, é a terceira cidade de Minas a ter concessão da Câmara Federal para operar um canal de rádio FM da Rede Legislativa.

Foto: Ascom CMSLFoto: Ascom CMSL

A Rádio Câmara entra no ar para consolidar um projeto iniciado ainda em 2015 quando a concessão do canal foi liberada para Sete Lagoas. A atual Mesa Diretora colocou o projeto como uma prioridade e entrega o estúdio que começou a ser montado ainda no início do ano, antes da pandemia. “Era mais uma meta da nossa gestão que estamos concluindo e entregando para a cidade depois de muito trabalho”, disse o presidente da Câmara, Cláudio Caramelo (PP), em apresentação do estúdio para a imprensa nesta quarta-feira (8).

Na oportunidade Caramelo adiantou que o marcante radialista Guará será homenageado com o nome do estúdio. Na programação os ouvintes terão muita música nacional e de cantores locais, além de notícias do dia a dia da cidade e do trabalho dos parlamentares. No canal serão transmitidas, também, as Reuniões Ordinárias e demais eventos do Legislativo. O presidente Caramelo acredita que “é mais um importante veículo para nos comunicarmos com a população da cidade. Estamos oferecendo mais uma possibilidade para o cidadão acompanhar tudo o que acontece na Câmara”.

A chegada da Rádio aliada com a TV e mais recentemente o lançamento do aplicativo coloca a Câmara em todas as plataformas para que o trabalho dos vereadores chegue em todas as regiões da cidade por imagem, som ou tela dos celulares. “Como já disse não pecamos por omissão e oferecemos agora todas as possibilidades possíveis de os moradores acompanharem as informações da Câmara”, concluiu Caramelo.

Com Ascom CMSL




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados