Menu

Pauta com quase 30 itens é aprovada pelos vereadores na Câmara Municipal de Sete Lagoas

Mesmo extensa, a pauta da Reunião Ordinária, com 29 itens, que aconteceu nesta terça-feira (14) foi aprovada com bastante tranquilidade pelos vereadores. Apenas um texto não foi votado, o Projeto de Lei Ordinária 329/2021, do Executivo. O presidente Pr. Alcides concedeu vistas que foram solicitadas pelo vereador Ivson Gomes (Cidadania).

Foto: Ascom CMSLFoto: Ascom CMSL

O texto “altera a lei delegada nº 12 de 23 de setembro de 2013, que “cria nova estrutura administrativa da secretaria municipal de educação e dá outras providências, com base no decreto legislativo nº 1.211/2013”. O parlamentar deseja analisar melhor a proposta.

Líder do Executivo na Câmara, Rodrigo Braga (PV) questionou se “mais algum colega tem observações acerca da matéria. Vou encaminhar para os gabinetes porque o texto é de grande relevância e precisa avançar”, observou. Junior Sousa (MDB) pediu cópia da matéria para avaliação.

Na comunicação pessoal os destaques foram diversos e abaixo você acompanha o que de mais importante falaram os vereadores. A pauta votada e aprovada pode ser acessada pelo link que segue AQUI.

José de Deus (REP): Precisamos parar urgentemente com as queimadas e combater os incêndios, além de punir aqueles que colocam fogo de forma proposital. Evite colocar fogo em lixo, em mato seco. Precisamos melhorar a visibilidade na nossa cidade. Para piorar a situação estamos convivendo com a diminuição nos reservatórios de água. Precisamos evitar o desperdício de água. Muita gente ainda desperdiça água.

Janderson Avelar (MDB): Queria fazer um convite aos moradores do bairro Bernardo Valadares e região. Quero bater um papo com eles na praça do Bernardo Valadares a partir das 20 horas, no dia 28. Vamos inaugurar meu gabinete atuante, o gabinete no seu bairro. Obrigado ao pessoal da Nova Cidade, porque foi idade deles. Agradeço também ao convite para ser padrinho do projeto Acolhendo uma Criança.

Rodrigo Braga (PV): Gostaria de ressaltar a questão das queimadas criminosas na Serra de Santa Helena porque tem sido uma constante. Precisamos conscientizar a população quanto a isso. Quase 99% desses incendidos são criminosos. Sobre a vacinação, as pessoas não podem deixar de tomar a segunda dose. Quem tomou AstraZeneca está com medo de voltar por conta das reações, por favor incentive a todos a tomarem, é preventivo.

João Evangelista (PSDB): Ontem em reunião da Executiva do PSDB o partido fará uma prévia onde vai indicar um nome para concorrer à presidência ano que vem. O nome foi escolhido e o nome é o do governador Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul. Homem jovem e de fácil entendimento, uma força grande de articular e liderar. Esse nome irá para uma decisão junto com o governador de São Paulo, João Dória e outros nomes. O PSDB não aceita nem um e nem outro e vai entrar contribuindo para uma terceira via.

Gilson Liboreiro (SD): O Jornal O Tempo lançou uma reportagem especial sobre o Setembro Amarelo. A importância de se fazer coisas triviais para que possamos evitar que nossos jovens e adultos possam não caminhar para o suicídio. Uma reportagem emocional e que nos mostra que conscientizar é o caminho para a prevenção do suicídio. Sete de cada 10 jovens são socialmente fragilizados e suscetíveis a ideias suicidas. Muito importante a matéria.

Ismael Soares PSD): Tivemos uma reunião produtiva com deputado Oswaldo Lopes e conseguimos uma emeda de R$ 450 mil para o CCZ de Sete Lagoas. Já tem R$ 230 mil depositados e outros R$ 250 mil serão depositados em breve. Será implantada uma maternidade e outras ações. Visitei o castramóvel hoje e está atendendo no bairro São Francisco. No Itapuã foram mais de 200 cães e gatos castrados e até o fim do mês no São Francisco e mês que vem será no Manoa.

Ivan Luiz (Patri): Trazer as condolências para a vereadora Marli de Luqinha pelo passamento do seu cunhado. Quero destacar que iniciamos o Projeto Viver bem a 30 dias dentro das comunidades terapêuticas. Um profissional de educação física vai implementar o projeto dentro das comunidades, providenciamos até pintura e remarcação da quadra. Estamos levando desintoxicação e reabilitação aos internos com educação física, quem sabe assim, continuam restaurando a saúde aqui fora.

Junior Sousa (MDB): Quero falar sobre o PA Belo Vale, foi polêmico no fim de semana. Acho que temos que ter responsabilidade com a informação para que possa ser interpretado de forma correta. Presenciei na mídia esse caso de um possível fechamento da unidade. E não foi informado como disse o prefeito. Que seria uma mudança para UBS que não agrada. É muito bom discutir comunicação, é importante que a sociedade tenha a mesma informação porque assim saiba o que vai acontecer.

Sílvia Regina (PSC): Quero direcionar para a população da cidade, em especial para o bairro Emília, onde criei os meus filhos e circulo por mais de 40 anos. O PA Belo Vale não é importante só para aqueles da região, mas para todos os moradores. Sobre o PA Belo Vale não vai acontecer um fechamento, e sim uma mudança de gestão administrativa que não causará impacto negativo no serviço prestado. Hoje todas as despesas são custeadas exclusivamente pelo município, vai significar mais atendimento e mais vidas salvas.

Caio Valace (Pode): Dia que temos que comemorar, temos uma notícia muito boa porque aquele seminário que fizemos sobre o futuro do Cidade de Deus está começando a produzir seus frutos. Precisamos ter dimensão dessa cidade e dos seus problemas. Aquela região tem aproximadamente 16 mil pessoas e precisam ser melhores assistidos em suas atividades básicas, direitos sociais, acesso a saúde, a educação de qualidade, enfim. Temos a notícia que em julho ou agosto do próximo ano o TEN. CEL. Rodrigo Coimbra vai disponibilizar um contingente de 10 policias para que possamos instalar uma base móvel naquele local.

Ivson Gomes (Cidadania): Queria abordar para a população da cidade. Sobre o PA Belo Vale, estamos aqui para representar a população e estamos aqui para colher as demandas a levar para as autoridades. Queremos deixar claro que a demanda é da Câmara e vamos lutar pelos direitos de vocês, que vocês não percam o direito pela saúde. Vamos cobrar e esperar que o atendimento seja melhor do que era. Já que o PA não vai fechar vamos cobrar cada vez mais para que o atendimento possa melhorar.

Carol Canabrava (Avante): Minha fala é a respeito da comunicação do prefeito. O vídeo do Duílio devia ter passado para o secretariado. Estive em uma reunião ontem a noite com o conselho de saúde e foi falado o contrário do que no vídeo. Quando se fala em fechar não é fechar as portas, é a suspensão do serviço de pronto atendimento. Vou continuar fiscalizando para saber se o que está falando é mídia ou é verdade. Outros serviços continuariam e o pronto atendimento não funcionaria mais. Então não será isso que vai acontecer e vamos continuar fiscalizando.

Heloísa Frois (Cidadania): Temos trabalhado para a solução dos problemas do cemitério Santa Helena. Tivemos recentemente um assalto na cidade e o ladrão, armado, foi se esconder no cemitério Santa Helena. Temos pedidos e requerimentos, para conserto e vigilância segura até os coveiros estão sendo importunados por usuários de drogas que ficam na região. Sobre a retirada dos radares, ontem aconteceu a morte de um jovem. Perguntar se a prefeitura será técnica e civilmente responsabilizada por essas mortes.

Pr. Alcides (PP): Reiterar o convite para Reunião Especial onde estaremos debatendo assistência a saúde pelo poder público relacionado aos exames complementares para diagnóstico e tratamento e procedimentos eletivos como cirurgias que aproximadamente a um ano estão suspensas pelo município. Na prestação de contas do município tinham alguns procedimentos executados por força judicial. Então, vamos debater toda essa questão.

Com Ascom CMSL





Publicidade

Links patrocinados