Menu

Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo / Denúncias de irregularidades na atual diretoria do Cruzeiro vêm ganhando espaço na mídia nacional e internacional

1º Tempo
As denúncias de supostas irregularidades praticadas pela atual diretoria do Cruzeiro seguem ganhando espaço na mídia nacional e internacional.

 Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

A Polícia Civil de Minas Gerais instaurou inquérito para apurar denúncias sobre falsificação de documento particular, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Os investigadores já ouviram várias pessoas, todas elas relacionadas de alguma forma com o Cruzeiro, entre funcionários e ex-funcionários, dirigentes e prestadores de serviços que realizaram transações com o clube desde 2018.

São várias as denúncias, incluindo uma gravíssima, de suposta venda de parte dos direitos econômicos de um atleta de 11 anos das categorias de base. Todo o processo ainda está em fase de investigação e ainda não se sabe o que poderá acontecer com os envolvidos.

Mas, uma coisa é certa: O Conselho Deliberativo do clube não pode ser omisso neste momento. Precisa se posicionar e se as denúncias forem comprovadas, a atual diretoria precisa se afastar da direção do clube. A prioridade será sempre o torcedor, razão de ser do clube, e que acaba sendo o mais prejudicado com esse tipo de situação.

Portanto, se a situação realmente for essa, não há dúvidas, o clube vai precisar de gente nova na direção, até porquê, os problemas financeiros que assolam a agremiação poderão comprometer o rendimento dentro de campo.

Por falar nisso, surpreendentemente, após a conquista do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro entrou numa sequência de maus resultados e de péssimas exibições, sobre as quais ainda não foi possível detectar os motivos que culminaram com a queda de rendimento.

O torcedor aguarda esclarecimentos sobre tudo o que está acontecendo, dentro e fora de campo e que o clube seja passado a limpo!

2º Tempo
O América segue seu calvário no Campeonato Brasileiro da Série B. A diretoria confirmou a chegada de quatro reforços nos últimos dias: Airton, Thiago, Luiz Fernando e Willian Maranhão, além de Michel Bastos, o nome mais conhecido dentre os recém contratados. É o caminho que Maurício Barbieri buscará para tirar o time do "buraco" no início da Série B, ainda que uma das novas caras, o goleiro Thiago, tenha falhado na derrota para o Brasil de Pelotas, no último final de semana.

Barbieri chegou já com a Série B em andamento, para substituir Givanildo de Oliveira. No entanto, a má fase segue viva. O Coelho não vence há sete jogos, sendo seis derrotas e um empate. No Campeonato Brasileiro, são cinco rodadas e apenas um ponto somado, amargando a lanterna da competição.

Na próxima segunda-feira o Coelho tentará a sua primeira vitória no campeonato, jogando em casa diante do Coritiba. A essa altura dos acontecimentos, embora o sonho do acesso permaneça possível, a principal meta do clube é conquistar sua primeira vitória e sair da última colocação na tabela de classificação da Série B.

 

Copa Sete Lagoas de futebol feminino será decidida na Arena do Jacaré

Após uma primeira fase de grandes jogos e ótima presença de público nos campos da cidade e região, a Copa Sete Lagoas de Futebol Feminino, em sua primeira edição, chegou à fase semifinal. Duas partidas realizadas em Inhaúma decidiram os finalistas da primeira edição do torneio.

Após fazer grande campanha ao longo do torneio o Inhaúma decide a Copa Sete Lagoas de Futebol Feminino contra o Sete Lagoas na Arena do Jacaré - Foto: Reprodução/InternetApós fazer grande campanha ao longo do torneio o Inhaúma decide a Copa Sete Lagoas de Futebol Feminino contra o Sete Lagoas na Arena do Jacaré - Foto: Reprodução/Internet

Após muito equilíbrio durante os 90 minutos, Sete Lagoas e Botafogo Prudentino empataram em 1 x 1. Na decisão por pênaltis, melhor para Sete Lagoas, que venceu por 5 x 4 e se garantiu na final.

O segundo jogo não mostrou o mesmo padrão de equilíbrio da primeira partida. Sem maiores dificuldades, o Inhaúma goleou o Canários de Fortuna de Minas por 6 x 2 e garantiu presença na decisão de sábado.

A competição, que é organizada pela Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana, tem a seguinte programação para a Arena do Jacaré no próximo sábado, com entrada franca:

12:45 – Botafogo Prudentino x Canários de Fortuna de Minas (decisão do 3º lugar)
15:00 – Sete Lagoas x Inhaúma (decisão do título)

A cerimônia de premiação aos destaques da competição será feita após a realização dos jogos.


Copa América será oportunidade para o Brasil buscar 9º título da história

Estamos próximos a mais uma edição da Copa América. No dia 14 de junho, no estádio do Morumbi, em São Paulo, será dada a largada da 46ª edição da tradicional competição Sul-americana e pela 5ª vez teremos a Copa América no Brasil.

Para esse ano, a novidade é a participação das seleções do Catar e do Japão, que juntos com os 10 países federados da Conmebol, disputarão a competição de 14 de junho a 07 de julho, quando se jogará a final no estádio Maracanã.

A primeira edição da Copa América reconhecida pela Conmebol aconteceu em 1916, na Argentina, com a participação de apenas 4 seleções: a Argentina, o Brasil, o Chile e o Uruguai, sagrando-se este último, campeão da competição.

Curiosamente, a própria Conmebol foi fundada em meio a essa competição, sendo criada pelas seleções participantes no dia 09 de julho de 1916.

No ano seguinte, foi realizada a segunda edição da competição, dessa vez com sede no Uruguai e a celeste ficou novamente com o título.

O Brasil sediaria a sua primeira Copa América em 1919, na terceira edição, e conquistaria também seu primeiro título continental, ao vencer os bicampeões uruguaios pelo placar de 1 x 0.

Em 1920 foi a vez do Chile sediar a competição e o Uruguai voltou a ser campeão, chegando ao terceiro título, em 4 disputados.

A partir de 1921 iniciou-se então o ingresso dos demais países na confederação. O primeiro foi o Paraguai, em 1921, seguido do Peru em 1925, da Bolívia em 1926, do Equador em 1927, da Colômbia em 1936, e por fim a Venezuela em 1952.

Entretanto, após a primeira copa do mundo, realizada no Uruguai em 1930, houve divergências entre as federações da Argentina e do Uruguai e a competição deixou de ser realizada por vários anos. Posteriormente, a falta de organização e regularidade do torneio fez com que algumas edições fossem por muito tempo consideradas não oficias pela Conmebol, reconhecidas apenas décadas depois.

Depois da edição de 1967, a Copa América não foi realizada durante 8 anos. Em 1975, o evento foi retomado e não tinha país sede, sendo jogado em todos os países participantes. Esse formato permaneceu até 1987, quando a Conmebol decidiu retomar o formato com país sede definido.

Assim, entre 1987 e 2001, o torneio passou a serrealizado a cada 2 anos, sempre alternando o país sede entre as 10 confederações afiliadas a Conmebol.

Depois, entre 2001 a 2007, o torneio passou a ser disputado a cada 3 anos e, a partir de 2007, a cada 4 anos, tendo como exceção, o evento especial comemorativo ao centenário do torneio em 2016. Excepcionalmente em 2020 haverá uma nova edição da competição, para alinhar a realização da Copa América com a edição da Eurocopa.

O Brasil tentará sua nona conquista na história da Copa América.

Segue a relação completa de todos os campeões:

Uruguai – 15 títulos (1916, 1917, 1920, 1923, 1924, 1926, 1935,1942, 1956, 1959, 1967, 1983, 1987, 1995 e 2011).
Argentina – 14 títulos (1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945,1946, 1947, 1955, 1957, 1959, 1991 e 1993).
Brasil – 8 títulos (1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004 e 2007).
Paraguai – 2 títulos (1953 e 1979).
Peru – 2 títulos (1939 e 1975).
Chile – 2 títulos (2015 e 2016).
Colômbia – 1 título (2001).
Bolívia – 1 título (1963).

 

Róbston Imóveis é campeão da Copa Cortez

A última rodada de jogos da Copa Cortez de futebol society foi realizada no domingo passado e os campeões das Taças de Ouro e Prata foram definidos, após duas partidas muito movimentadas e com grande alternância de gols.

Róbston Imóveis conquista a Copa Cortez pela primeira vez na história - Foto: Reprodução/InternetRóbston Imóveis conquista a Copa Cortez pela primeira vez na história - Foto: Reprodução/Internet

Na primeira partida, decidindo a Taça de Prata, a Gelak não tomou conhecimento dos anfitriões do torneio e venceu por 8 x 4, mostrando, mais uma vez, que tinha time, inclusive, para disputar a final da Taça de Ouro.

Na segunda e decisiva partida, valendo o título da Taça de Ouro, Róbston Imóveis e Razena proporcionaram um jogo de muita entrega e fortes emoções para os torcedores que compareceram ao Sítio Cortez. No final, melhor para o Róbston Imóveis, que venceu por 5 x 3, conquistando o título pela primeira vez na história. Nos anos anteriores, os campeões foram: Torneamento Cortez (2017) e Razena (2018).

O campeonato foi realizado no Sítio Cortez, Condomínio Lagoa Nova, na região da Iveco. A iniciativa da competição, pelo terceiro ano consecutivo, foi do empresário Rodiney Cortez, o Rodinho, apoiado por vários amigos e parceiros comerciais.

Após os jogos, em todas as rodadas, aconteceu a tradicional confraternização entre os atletas, seus familiares e convidados, com shows sertanejos, mpb e muita animação. No último final de semana o comando da festa ficou por conta de Josi Lopes e Banda e depois Rodriguinho, num voz e violão que levou a galera ao delírio.

A Tv Sete Lagoas (canal 09 NET) e a TV Câmara (canal 46.2 – tv aberta) fizeram a cobertura do torneio, com filmagem de jogos e entrevistas especiais. Todo o conteúdo ainda está sendo exibido dentro do programa Tempo Esportivo, que vai ao ar diariamente, às 11:00 e às 19:00. O programa também pode ser assistido em tempo real através da internet, no aplicativo Sete Lagoas Play.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados