Menu

Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo / Cruzeiro vive momentos conturbados fora de campo

Enquanto aguardamos o desfecho da Copa América aqui no Brasil, cuja final será realizada domingo (7) no Maracanã, seguimos acompanhando a movimentação de bastidores dos clubes, com vistas à retomada da temporada 2019 do futebol brasileiro, marcada para o dia 10 de julho.

Foto: Light PressFoto: Light Press

As equipes se preparam para dias de fortes emoções, partidas eliminatórias que poderão definir muita coisa para a sequência da temporada, mas o assunto que segue em destaque é a situação jurídica envolvendo a diretoria executiva do Cruzeiro.

Vivendo dias conturbados fora de campo, com denúncias em rede nacional e muita crise institucional, recentemente o Presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, Zezé Perrella, criticou a entrega de documentos para a TV Globo. Ele gostaria que o assunto fosse tratado internamente, mas segundo informações de pessoas ligadas ao clube, ele não agiu como deveria na posição que ocupa.

Perrella recebeu, em 2018, uma notificação extrajudicial enviada ao Conselho Deliberativo do clube. Assinou o ofício o ex-conselheiro Marcelo Carabetti e ele questionava a administração de Wagner Pires de Sá, que colocou Itair Machado como vice-presidente de futebol da Raposa.

O documento continha a seguinte mensagem: “A Certidão Positiva de Débitos Trabalhistas do Tribunal Superior do Trabalho atesta a existência de registros do CPF de Itair Machado de Souza no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas, em virtude de inadimplência perante a Justiça do Trabalho. Para tanto, a nomeação de dirigente, especificamente do vice-presidente de futebol, deve obedecer às regras contidas no estatuto. Evidenciando que não foram cumpridas todas as regras previstas no Estatuto impõe-se o afastamento imediato do associado Itair Machado de Souza do carto de vice-presidente de futebol”. Sem uma tomada de decisões por parte do Conselho, outros assuntos polêmicos surgiram, até que se chegou às denúncias feitas, inicialmente, pelo Programa Fantástico, da TV Globo.

Dentre as principais denúncias que foram tornadas públicas, aquelas que realmente podem gerar problemas para o clube, podem-se destacar:

a) Direitos econômicos de jogadores da base e do profissional negociados com empresário para pagar empréstimo: A denúncia diz que o Cruzeiro pegou um empréstimo de R$ 2 milhões com o empresário Cristiano Richard em março de 2018. Um mês depois, a diretoria celeste assinou um novo contrato se comprometendo a quitar a dívida cedendo porcentagem dos direitos econômicos de dez atletas, incluindo nomes da base e do time profissional, como o zagueiro Murilo (7%) e os atacantes Raniel (5%) e David (20%), além do goleiro Gabriel Brazão (20%), negociado no início deste ano com o Parma-ITA.

Além dos atletas citados, há o caso de Estevão William de Oliveira Gonçalves, de 12 anos, que atua na base do Cruzeiro e teve 20% dos direitos econômicos negociados com Cristiano Richard, o que é proibido pela Fifa desde 2015 – apenas clubes e jogadores podem ter parte nos direitos.

Outra irregularidade apontada é que o adolescente não tem idade suficiente para ter os direitos negociados, pois só poderia ter contrato de formação com o Cruzeiro – contratos profissionais apenas a partir dos 16 anos.

Ainda segundo as denúncias, Cristiano Richard não atua no futebol – é sócio de firmas de locação de veículos e equipamentos para proteção individual – e sequer é credenciado pela CBF e pela Fifa.

b) Outro intermediário: Parte da denúncia cita o indício de pagamento de até R$ 369 mil no decorrer de 2018 a uma empresa de consultoria esportiva localizada na cidade de Itamarandiba, no Vale do Jequitinhonha. No endereço informado no CNPJ, o local abriga uma madeireira e no muro consta uma placa de “vende-se”.

c) Salários de dirigentes: De acordo com as denúncias, o vice-presidente de futebol, Itair Machado, teria recebido R$ 3,3 milhões do Cruzeiro, incluindo salários, prestação de serviços em 2017 – quando ainda não trabalhava no clube –, participação em ‘bichos’ distribuídos ao elenco profissional em caso de título. Sobre a remuneração de Itair, o Cruzeiro alegou que concedeu aumento ao vice de futebol porque ele foi procurado por outros clubes.

O diretor-geral Sérgio Nonato, o Serginho, também foi citado por receber sucessivos aumentos sem justificativas. Mas segundo o Cruzeiro, os reajustes se deram porque Serginho foi promovido de cargo, passando de diretor de comunicação para diretor-geral.

d) Repasse de dinheiro a torcidas organizadas: Os documentos de 2018 obtidos pelo ‘Fantástico’ também mostram pagamento de R$ 88 mil feito pelo Cruzeiro ao diretor de uma torcida organizada. Há suspeita de pagamento para outra torcida organizada. Seriam R$ 6 mil mensais a título de divulgação das marcas cruzeirenses em seus canais de mídia e redes sociais.

e) Pagamento a conselheiros: Ainda de acordo com a reportagem, o apoio à atual diretoria era obtido por meio de pagamentos a 18 membros do Conselho Deliberativo. Os depósitos foram encontrados no balancete contábil de 2018. Havia ainda a distribuição de ‘presentes’, como camisas e medalhas.

O Cruzeiro nega as denúncias e acusações. Contudo, é óbvio que a situação tem interferido na rotina de trabalho do clube. Até mesmo dentro de campo houve queda de produtividade e o torcedor acompanha tudo com apreensão.

Que venham dias melhores para o clube e que, se as irregularidades forem comprovadas, que a lei possa ser aplicada de forma dura e exemplar, servindo de lição para todos. Não se pode brincar com patrimônios públicos, como são os times de futebol. Há milhões de pessoas que sofrem com tal situação!

 

Definidos os classificados da Copa Promove de Futebol Society

Um evento que tem movimentado Sete Lagoas e região e que vai ganhando corpo a cada nova edição! Assim tem sido a Copa Promove de Futebol Society, em sua segunda edição. O torneio é uma realização das Faculdades Promove de Sete Lagoas, em parceria com o Colégio Promove e a Rádio Eldorado (ao lado do Jornal Hoje Cidade e Portal Sete) e reúne mais de 120 atletas, entre alunos e ex-alunos da Faculdade, funcionários, professores e estudantes do colégio.

O Kiwi Sem Pelo fez boa campanha na primeira fase da Copa Promove e finalizou sua participação de forma invicta - Foto: ReproduçãoO Kiwi Sem Pelo fez boa campanha na primeira fase da Copa Promove e finalizou sua participação de forma invicta - Foto: Reprodução

A exemplo do que aconteceu no ano passado, as partidas estão sendo disputadas no Espaço Gol de Placa, uma aprazível praça esportiva da cidade que fica localizada na rua Alcides Fonseca, 77, bairro Henrique Nery (atrás do Posto Castelo). Além de ter uma quadra moderna, que permite a realização dos jogos com muita qualidade, o local dispõe de atendimento de bar, música ao vivo e muito mais.

Participam do torneio vários universitários ligados aos mais variados tipos de cursos da Faculdade. O curso de Engenharia Civil é o que tem a mais representatividade. Ao todo são seis times, alguns deles com nomes bastante exóticos: Mercenários, Kiwi Sem Pelo, Reco Reco, Kd a Lista, Dinastia e Fanátikus. O curso de Direito é representado pelo Habeas Pernas. Os alunos dos cursos de Comunicação, Redes e Administração se juntaram para montar o time do Sapiens Futebol Clube. Da Administração também surgiu a equipe do Galácticos. O Riviera é formado por alunos e professores do Colégio Promove e os colaboradores, e professores das Faculdades Promove e Rede Eldorado de Comunicação se juntaram para compor o time do Administrativo / Rádio Eldorado, que por sinal, conquistou o título da primeira edição, em 2018.

Mesmo não tendo vencido nenhuma partida na primeira fase da Copa Promove, o Dinastia conseguiu a classificação pelo índice técnico. Vai enfrentar a equipe do KD a Lista, que fez a melhor campanha até agora - Foto: ReproduçãoMesmo não tendo vencido nenhuma partida na primeira fase da Copa Promove, o Dinastia conseguiu a classificação pelo índice técnico. Vai enfrentar a equipe do KD a Lista, que fez a melhor campanha até agora - Foto: Reprodução

As equipes foram divididas em três chaves, sendo que somente o último colocada de cada grupo será eliminado. Os oito classificados seguirão para a fase de quartas-de-final. A distribuição das 11 equipes nos grupos ficou assim:

Chave A: Riviera, Habeas Pernas, Fanátikus e Galácticos.
Chave B: Dinastia, Kd a Lista, Sapiens e Mercenários.
Chave C: Reco Reco, Administrativo / Rádio Eldorado e Kiwi Sem Pelo

No último sábado dia 29 de junho, foi realizada a última rodada da fase classificatória. Veja os resultados:

KD a Lista 08 x 06 Mercenários
Dinastia 06 x 06 Sapiens
Rádio Eldorado / ADM 05 x 05 Kiwi Sem Pelo
Galácticos 07 x 04 Habeas Pernas
Fanátikus 11 x 03 Riviera

Folgou na rodada: Reco Reco

A classificação geral após o encerramento da primeira fase, com base no índice de aproveitamento, ficou assim:

1º KD a Lista: 100%
2º Fanátikus: 100%
3º Mercenários: 66,66%
4º Rádio Eldorado / ADM: 66,66%
5º Galácticos: 66,66%
6º Kiwi Sem Pelo: 66,66%
7º Habeas Pernas: 33,33%
8º Dinastia: 11,11%
9º Sapiens: 11,11%
10º Reco Reco: 00%
11º Riviera: 00%

Os jogos do próximo sábado, válidos pela fase de quartas-de-final, são os seguintes:

14:00 – Fanátikus x Habeas Pernas
15:00 – Rádio Eldorado / ADM x Galácticos
16:00 – KD a Lista x Dinastia
17:00 – Mercenários x Kiwi Sem Pelo

A grande final da 2ª Copa Promove de Futebol Society está prevista para o dia 20 de julho, no Espaço Gol de Placa, quando haverá também uma grande festa, com show, homenagens, entrega da premiação aos finalistas e muita confraternização. O local é aberto para o público em geral sem cobrança de ingressos.

Em tempos de poucos eventos esportivos na Tv, em função da realização da Copa América aqui no Brasil, competições como essa são de grande importância para movimentar o setor esportivo da cidade, propiciando lazer e qualidade de vida para todos que participam, direta ou indiretamente.

 

Calendário de 2020 não prevê parada durante a Copa América

Uma notícia que certamente irá desagradar a muita gente! O Campeonato Brasileiro do ano que vem não será interrompido para a disputa da Copa América de 2020. O torneio será disputado entre junho e julho, em duas sedes , Argentina e Colômbia. A idéia da Confederação Sul-Americana de Futebol é ajustar o calendário local com o europeu, ou seja, Copa América e Euro Copa passarão a acontecer sempre nos mesmos períodos, em anos pares que não os das Copas do Mundo.

O calendário do futebol brasileiro só fica pronto no segundo semestre de 2019, mas este cenário é inevitável, segundo o GloboEsporte.com apurou com dirigentes da CBF.

Os jogadores que defendem clubes brasileiros e forem convocados para a Copa América de 2020 devem desfalcar seus times por pelo menos um mês, entre o período de preparação e o próprio torneio.

Vai se repetir, assim, a situação de 2016, quando os atletas convocados por Dunga para a Copa América Centenário, disputada nos EUA, desfalcaram seus times por seis rodadas do Campeonato Brasileiro.

A Conmebol, sim, vai paralisar suas competições. Tal qual ocorre em 2019, durante a Copa América em curso no Brasil, não haverá partidas da Sul-Americana nem da Libertadores.

Ao tomar posse como presidente da CBF, em abril deste ano, Rogério Caboclo prometeu em discurso que o Brasileirão seria interrompido nas datas-Fifa, períodos em que os clubes são obrigados a ceder seus jogadores para as seleções nacionais.

Para isso, os estaduais serão reduzidos a 16 datas (em vez das atuais 18). Há cinco datas-Fifa no ano que vem (março, agosto, setembro, outubro e novembro), períodos de nove dias em que as seleções se reúnem para disputar as Eliminatórias da Copa do Mundo ou amistosos.

Certamente ninguém duvida que o assunto ainda vai dar pano pra manga!

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados