Menu

De olho na volta do Módulo II, Democrata realiza jogos treinos na Arena do Jacaré / Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo

1º Tempo

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

A CBF e a maioria dos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro decidiram, em encontro virtual no último final de semana, manter o veto à presença de torcedores nos estádios durante a realização do campeonato nacional, conforme era previsto em diretriz que estabelece protocolos de prevenção à pandemia da covid-19, publicada no dia 24 de julho de 2020. O Flamengo não participou da reunião.

Além dos times da Série A, participaram da discussão os presidentes das federações estaduais de futebol que sediam jogos da competição.

A entidade e os clubes disseram ser favoráveis ao retorno gradual do público aos estádios, desde que haja o aval das autoridades de saúde locais, de forma isonômica e guiado por todas as medidas protetivas previstas no estudo encaminhado pela CBF ao Ministério da Saúde.

Desta forma, ficou acordada a retomada do debate do tema a cada 15 dias para reavaliação do cenário em âmbito nacional.

Com a decisão, até mesmo a partida da seleção brasileira contra a Bolívia, válida pela primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, marcada para o dia 9 de outubro, em São Paulo, será realizada sem a presença de torcedores.

Nenhum protocolo, por mais que seja cientificamente elaborado e contanto com a boa vontade de todos os envolvidos, dará 100% de garantias aos torcedores que se aventurarem a acompanhar suas equipes in loco. Somente com a chegada de uma vacina eficaz, que seja capaz de imunizar toda a população contra o a covid-19, é que a vida tenderá a reencontrar a normalidade. Até lá, por mais que os clubes precisem e por mais que muitos torcedores queiram, a volta das torcidas aos jogos, se acontecer, será um grande risco à saúde pública como um todo. Neste momento, o melhor é esperar um pouco mais e torcer muito para que os cientistas encontrem essa vacina tão aguardada por todos nós!

2º Tempo

O Atlético segue melhorando seus números no Campeonato Brasileiro. No último final de semana venceu o Grêmio, no Mineirão, por 3 a 1 e manteve os 100% de aproveitamento como mandante na competição. Foi a décima vitória seguida do Galo no Gigante da Pampulha, o oitavo triunfo em 11 possíveis na Série A. O time é o líder isolado, com 24 pontos e 72,7% de aproveitamento. Tem o melhor ataque e um jogo a menos (contra o Athletico-PR).

Os números, até aqui, são inquestionáveis e colocam o Atlético como forte candidato ao título. O desempenho também. O Galo não tem vencido por acaso. Tem jogado o futebol mais consistente do país e é dominante em quase todos seus jogos, tendo supremacia em quesitos importantes como posse de bola e finalizações. Quando perdeu, vendeu caro a derrota. Quando venceu, quase sempre convenceu. Contra o Grêmio, de novo, teve mais posse, mais finalizações e um maior controle do jogo. Teve Keno em mais uma jornada brilhante. O atacante, que veio do futebol do Egito, é hoje o melhor 1 x 1 do futebol brasileiro, ou seja, ninguém consegue superar mais adversários em jogadas individuais do que ele, naquilo que os mais teóricos chamam de “vitórias pessoais”.

Tem muito campeonato pela frente, é evidente que sim e o torcedor do Galo anda sempre com um pé atrás quando o assunto é Campeonato Brasileiro. Não existe nada ganho, há concorrentes fortes, além de uma série de variáveis para administrar. De toda forma, o atleticano não precisa evitar de brincar com o "segue o líder". O Galo, no Brasileirão, é o time a ser seguido, sim. Em números e em futebol apresentado. Pelo menos até aqui. Domingo o adversário será o Vasco, às 20:30 no Mineirão. Jogo que certamente será duro, como os anteriores, mas que, em caso de novo triunfo, pode alçar o Galo a uma condição na tabela de classificação que lhe dê, inclusive, alguma margem para futuros e possíveis tropeços num certame longo e de regularidade como é o Brasileirão.

De olho na volta do Módulo II, Democrata realiza jogos treinos na Arena do Jacaré

O Democrata reestreia no Campeonato Mineiro do Módulo II no sábado, dia 10 de outubro, às 15:30, diante do Ipatinga no Vale do Aço. A Inter temporada do Jacaré teve início no dia 8 de setembro, quando os jogadores do time começaram a se reapresentar ao clube para realizar os testes de covid-19.

Os treinos seguem em ritmo intenso, o treinador Paulinho Guará, começou a esboçar o time que deve iniciar os jogos neste retorno de campeonato. Alguns dos reforços vêm ganhando espaço com o treinador, enquanto outros velhos conhecidos também se destacam e devem ser mantidos na equipe. "Esse período de treinamentos é muito importante para a sequência da competição, chegaram novos jogadores ao elenco, é um período para eles se adaptarem ao que pretendemos fazer, nem todos os atletas estão no mesmo nível de preparação física, mas até o dia da estreia vamos estar 100%", Destacou Paulinho Guará. O Jacaré já realizou três jogos treinos no decorrer da última semana: O primeiro foi no sábado (19), contra a equipe do Betim que também disputa o Módulo II do Mineiro. Na quarta-feira (23), a equipe treinada pelo Paulinho Guará, recebeu o Próspera, time de Santa Catarina, treinado pelo Paulo Baier, que faz pré-temporada em Minas Gerais. O Democrata perdeu ambos os jogos por 1 x 3 e 1 x 2, respectivamente. Por se tratarem de jogos treinos os resultados destas partidas não dizem muita coisa. "Nosso principal objetivo nestes jogos treinos é observar a implantação das nossas ideias, estou gostando da evolução do grupo, vamos evoluir muito ainda". Frisou Paulinho Guará. A nota triste destes primeiros testes do Democrata foi a lesão sofrida pelo goleiro recém contratado Filipe Panek, jogador teve uma entorse no tornozelo no primeiro jogo treino e ainda segue em tratamento sem previsão de retorno.

No domingo (27) mais um jogo treino foi realizado na Arena do Jacaré, desta vez contra o União Luziense, de Santa Luzia, que se prepara para disputa da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Desta vez o Jacaré conseguiu vencer. O resultado final foi 3 a 2 e os gols foram marcados por Emerson Silva (2) e Carciano (1).

A maioria dos clubes que disputam o Módulo II optaram pela retomada dos jogos a partir do dia 10 de outubro e a primeira fase será concluída com partidas nos dias 10, 17, 21, 24 e 31 de outubro.

O quadrangular decisivo será disputado nos dias 07, 11, 14, 18, 21 e 28 de novembro.

Novos atletas poderão ser inscritos até o último dia útil anterior ao primeiro jogo do quadrangular final, respeitando todas as regras previstas anteriormente (limite de 30 atletas por clube, 7 jogadores acima dos 24 anos de idade, nenhum atleta pode jogar por mais de uma equipe ao longo da competição).

Conforme já destacado, o Democrata tem compromisso marcado contra o Ipatinga no dia 10 de outubro, às 15:30 no Vale do aço. Veja a rodada completa:

Sábado, 10 de outubro de 2020:

15:00 – Betim x Nacional de Muriaé - Betim
15:30 – Ipatinga x Democrata de Sete Lagoas - Ipatinga
16:00 – CAP de Uberlândia x Athletic - Uberlândia
19:00 – Serranense x Guarani – Nova Serrana

Domingo, 11 de outubro de 2020:

10:30 – Tupi x Democrata de Governador Valadares – Juiz de Fora
15:30 – Pouso Alegre x Mamoré – Pouso Alegre

Brasil tem estreia nas Eliminatórias confirmada para outubro

Após mais de seis meses de atraso, a trajetória da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 já tem data para começar. No dia 9 de outubro, a equipe montada pelo técnico Tite entra em campo na Neo Química Arena, em São Paulo, para iniciar o caminho rumo ao hexa.

O primeiro adversário será a Bolívia, e em seguida a seleção brasileira viaja a Lima para enfrentar o Peru na segunda rodada das Eliminatórias. A última partida, aliás, também deverá ser contra a Bolívia. Mas somente em março de 2022.

Depois da reformulação do calendário por causa da pandemia do coronavírus, já existe uma previsão para as datas dos 18 jogos da seleção brasileira nas Eliminatórias.

Antes da pandemia, a CBF já tinha divulgado os estádios dos jogos do Brasil como mandante. A princípio, os jogos não terão público. As datas previstas a seguir, no entanto, ainda podem ser alteradas pela Conmebol:

09/10/2020 – Brasil x Bolívia (21h30, Neo Química Arena, São Paulo)
13/10/2020 – Peru x Brasil (21h, Estadio Nacional, Lima)
12/11/2020 – Brasil x Venezuela (Estádio Mané Garrincha, Brasília)
17/11/2020 – Uruguai x Brasil
25/03/2021 – Colômbia x Brasil
30/03/2021 – Brasil x Argentina (Neo Química Arena, São Paulo)
03/06/2021 – Brasil x Equador (Arena Fonte Nova, Salvador)
08/06/2021 – Paraguai x Brasil
02/09/2021 – Chile x Brasil
07/09/2021 – Brasil x Peru (Beira-Rio, Porto Alegre)
07/10/2021 – Venezuela x Brasil
12/10/2021 – Brasil x Uruguai (Maracanã, Rio de Janeiro)
11/11/2021 – Brasil x Colômbia (Morumbi, São Paulo)
16/11/2021 – Argentina x Brasil
27/01/2022 – Equador x Brasil
01/02/2022 – Brasil x Paraguai (Arena da Amazônia, Manaus)
24/03/2022 – Brasil x Chile (Mineirão, Belo Horizonte)
29/03/2022 – Bolívia x Brasil

Onde assistir os jogos da Seleção Brasileira? Segundo algumas informações ainda não oficiais, a Rede Globo só adquiriu os direitos de transmissão dos jogos em que a seleção brasileira será mandante nas Eliminatórias. Assim, a partida de estreia contra a Bolívia, por exemplo, terá exibição na Globo e no SporTV.

No entanto, os jogos da seleção brasileira fora de casa nas Eliminatórias ainda não foram negociados, pois a Conmebol terceirizou a venda dos direitos para as confederações. Assim, a Rede Globo fechou contrato com a CBF, e por isso poderá transmitir todos os jogos em casa. Mas a única partida do Brasil como visitante com transmissão confirmada pela Globo será o clássico contra a Argentina. As outras seguem à espera de emissoras interessadas.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.





Publicidade

Links patrocinados