Menu

Segundona Mineira mostra equilíbrio na primeira fase / Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo

Primeiro Tempo

Sérgio Sette Câmara ainda é o presidente do Atlético e ficará no cargo até o dia 31 de dezembro, porém, após o período eleitoral do clube e a confirmação de Sérgio Coelho para presidir o alvinegro pelos próximos três anos, algumas situações já começam a ser externadas, com vistas para o ano de 2021. Na primeira entrevista após ser eleito, Sérgio Coelho comentou, inicialmente, sobre Jorge Sampaoli e Alexandre Mattos. A permanência do técnico argentino é um objetivo, inclusive com planos de renovação. Sobre o diretor de futebol, o presidente eleito disse que, não apenas o caso dele, mas de todos os diretores, serão avaliados.

 Foto ilustrativa/Reprodução: InternetFoto ilustrativa/Reprodução: Internet

Sérgio Coelho foi eleito presidente como candidato único, apoiado pelo grupo de empresários que deu suporte financeiro ao mandato de Sérgio Sette Câmara. O novo mandatário do clube falou sobre como será a relação com os “mecenas”. Deixou claro que a decisão final será sempre do presidente do Galo, mas ressaltou a presença de um "colegiado" formado pelos apoiadores.

“É um privilégio ter Rubens Menin, Rafael Menin, Renato Salvador e Ricardo Guimarães. Se eles quiserem tomar conta das minhas empresas, entrego hoje. Eles vão me ajudar sim, por meio de um órgão colegiado. Vamos debater os assuntos”.

O novo presidente também quer organizar as contas do clube. Ele garantiu que solicitará ao Conselho Deliberativo, como seu primeiro ato na presidência, a manutenção do trabalho de investigação nas contas do Atlético.

Sob o comando de Sette Câmara pelo menos quatro grandes empresas de auditoria e consultoria trabalharam para identificar problemas, e gerar soluções inteligentes, em processos administrativos no Galo.

Com as finanças em nível de estrangulamento o clube só ganhou fôlego em 2020 por se oxigenar com um aporte financeiro milionário na casa de R$ 200 milhões. Valor esse investido pelos mecenas, os chamadas 4 ‘erres” (Rubens Menin, Rafael Menin, Renato Salvador e Ricardo Guimarães), que garantiram ao Galo um time competitivo na temporada, tanto que o Alvinegro briga na ponta da tabela no Campeonato Brasileiro. Situação que poderia ser inversa sem o dinheiro aportado nos cofres pelos investidores.

Segundo Tempo

O ano está terminando e o América tem, pelo menos, mais 12 jogos na temporada. Dez para confirmar o acesso à Série A do Brasileiro e, no mínimo, mais dois pela semifinal da Copa do Brasil. É o prazo, neste momento, do contrato do técnico Lisca, que ainda não renovou com o clube mineiro e vem recebendo o assédio de outros clubes, tanto do Brasil quanto do exterior, em especial do mercado asiático.

Mesmo assim, o treinador trouxe a família para morar em Belo Horizonte na reta final da campanha do América na temporada. Para o torcedor do Coelho pode ser um bom sinal de que o treinador irá permanecer por mais tempo no clube.

Em novembro, o América ofereceu a Lisca um aumento salarial de mais de 100%, além de bônus pelo acesso à Série A e outras conquistas. Pela oferta do Coelho, o treinador seria disparado o maior salário de todos os comandantes da história centenária do clube. Entretanto, o interesse de outros clubes ainda dificulta o desfecho.

Segundona Mineira mostra equilíbrio na primeira fase

O Campeonato Mineiro da Segunda Divisão teve mais uma rodada equilibrada no final de semana e a disputa pelas duas vagas de cada grupo, para a fase final, segue acirrada e imprevisível.

Poços de Caldas, Uberaba e Aymorés de Ubá são as únicas equipes que permanecem invistas na competição, após a realização de três rodadas. Passense e Betis ainda não pontuaram.

Os resultados do final de semana foram os seguintes:

América-TO 06 x 00 Betis
União Luziense 03 x 00 Contagem
Poços de Caldas 03 x 00 Passense
Atlético de Três Corações 03 x 03 Santarritense

Segue a classificação atualizada:

Grupo A:
Posição Equipe PG J V E D GP GC SG %
1º POÇOS DE CALDAS 7 3 2 1 0 5 1 4 78
2º A. C. TRÊS CORAÇÕES 5 4 1 2 1 6 4 2 42
3º UBERABA 5 3 1 2 0 2 1 1 56
4º SANTARRITENSE FC 4 3 1 1 1 6 4 2 44
5º PASSENSE 0 3 0 0 3 0 9 -9 00

Grupo B:
Posição Equipe PG J V E D GP GC SG %
1º SC AYMORES 9 3 3 0 0 9 1 8 100
2º UNIÃO LUZIENSE 7 4 2 1 1 6 1 5 58
3º AMÉRICA TO 4 3 1 1 1 7 5 2 44
4º CONTAGEM EC 3 3 1 0 2 2 6 -4 33
5º BETIS F.C 0 3 0 0 3 0 11 -11 00
PG: Pontos Ganhos | J: Jogos | V: Vitórias | E: Empates | D: Derrotas | GP: Gols Pró | GC: Gols Sofridos |
SG: Saldo de Gols | %: Aproveitamento

A 5ª rodada marca os seguintes compromissos para o próximo sábado:

10:00 – Passense x Uberaba
10:00 – Santarritense x Poços de Caldas
10:00 – Betis x Aymorés
10:00 – Contagem x América-TO

Copa do Brasil paga premiação recorde em 2020

A CBF atualizou os valores das premiações para a edição da Copa do Brasil de 2020. O campeão da edição 2020 pode faturar até R$ 72,8 milhões. Nesta 32ª edição a competição reuniu 91 clubes participantes de todas as regiões e estados brasileiros.

Enquanto os valores das fases preliminares até a semifinal foram mantidos, as premiações para o campeão e o vice aumentaram de valor: de R$ 52 para R$ 54 milhões para o primeiro, e de R$ 21 para R$ 22 milhões para o segundo.

Nas fases preliminares, que ao todo são quatro, os valores pagos foram diferentes de acordo com os grupos formados pela CBF, em consonância com o ranking das equipes.

Grupo 1: Atlético, Bahia, Botafogo, Chapecoense, Cruzeiro, Fluminense e Vasco.
Grupo 2: Atlético-GO, Ceará, Coritiba, Goiás e Sport.
Grupo 3: demais equipes.

Eis as quantias de 2020:

1ª Fase: R$ 1,1 milhão (grupo 1); R$ 950 mil (grupo 2) e R$ 540 mil (grupo 3)
2ª Fase: R$ 1,3 milhão (grupo 1), R$ 1,03 milhão (grupo 2) e R$ 650 mil (grupo 3)
3ª fase: R$ 1,5 milhão
4ª fase: R$ 2 milhões

R$ 2,6 milhões foi o valor recebido pelas equipes que alcançaram esta fase. Disputaram esta fase os seguintes times: Fortaleza, São Paulo, Botafogo, Cuiabá, Santos, Ceará, Atlético-GO, Internacional, Athletico-PR, Flamengo, Corinthians, América-MG, Red Bull Bragantino, Palmeiras, Grêmio e Juventude.

Quem chegou às quartas garantiu mais R$ 3,3 milhões. Disputaram esta fase os seguintes clubes: São Paulo, Cuiabá, Ceará, Internacional, Flamengo, América-MG, Palmeiras e Grêmio.

As quatro melhores colocadas garantiram R$ 7 milhões aos seus cofres. Grêmio, Palmeiras, São Paulo e América.

O grande vencedor da Copa do Brasil irá faturar R$ 54 milhões, enquanto o vice-campeão ficará com o prêmio de R$ 22 milhões.

É a primeira vez na história que o América consegue chegar a uma semifinal de Copa do Brasil. A programação de jogos das semifinais já está definida:

Quarta-feira, 23 de dezembro:
21:30 – Grêmio x São Paulo – Porto Alegre
21:30 – Palmeiras x América – São Paulo
Quarta-feira, 30 de dezembro:
21:30 – São Paulo x Grêmio – São Paulo
21:30 – América x Palmeiras – Belo Horizonte
Vale lembrar que, por conta da pandemia do novo coronavírus, a Copa do Brasil 2020 também foi adiada. Por isso, a final da competição acontece apenas no dia 10 de fevereiro de 2021.

Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, ex-narrador e ex-repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.





Publicidade

Links patrocinados

 
O SeteLagoas.com.br utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência!